quarta-feira, 30 de maio de 2018

Reforma de apartamento em Orlando

          Sem muita lenga lenga vou contar a história dessa reforma e design de um apartamento no condomínio Reunion Resort em Kissimmee. Um pouco antes de eu viajar para a Itália, essa cliente me ligou dizendo que visitou um apartamento que fizemos e que estava descontente com a decoração do apartamento dela.

            Segundo ela, eles adquiriram o apartamento em 2013 e só usavam para férias da família. Não tinham interesse em aluguel de temporada. Ela ainda me contou que o apartamento já tinha sido reformado e decorado por uma designer americana mas, depois que visitou o apartamento de um cliente que fizemos, ela voltou pra casa e odiou o seu apartamento. Perguntei a ela, você quer dar uma melhorada na pintura adicionar alguns acessórios, etc? Ao que ela me respondeu: "Não Renato, eu quero que você tire tudo isso daqui, doe, faça o que quiser e comece do zero" Meu queixo caiu...afinal, já tinham pago por uma decoração no estilo "pacote" que ela odiou. Os móveis pareciam bem Casas Bahia/Marabrás, laqueados, todos bambos, as camas baixas, colchas de mal gosto e por aí vai. 

             Assinado o contrato e estabelecido o orçamento, me danei para minha lua de mel e deixei minha equipe encarregada de "dar fim" em quase tudo, com exceção dos colchões, Tvs, roupa de cama. Quando voltei o apartamento já estava completamente diferente. Mas antes vamos ver como provavelmente o apartamento era antes da "designer" ter feito a nova decoração. Esses apartamentos do Reunion foram construídos e vendidos em 2006, antes da crise americana e quase todos pareciam como este que eu achei as fotos e que ainda mantém a decoração original:








         Esses apartamentos são ótimos. Quase 200 m² com 3 suites e lavanderia dentro de cada unidade. Mas a decoração...Acredita que em 2006 foram vendidos por 600 mil dólares? Xente...
    
          Infelizmente eu esqueci de tirar as fotos do "antes" quando fui visitar o apartamento. Mas o Alex tirou algumas fotos quando chegamos de viagem. Dá pra ter uma idea, mas não dá pra ver a decoração total. Por exemplo, o empreiteiro que fez os rodapés, pisos e pintura fez um trabalho de porco. Deu trabalho pra consertar e para esconder os buracos acima dos rodapés, tivemos que colocar um rodapé que era o dobro da altura do antigo. Única maneira de esconder o trabalho porco sem ter que tirar toda a textura do apartamento inteiro, que iria ficar os olhos da cara e meu orçamento não permitia. 







Esse "master suite" foi um choque pra mim. Designer?
Poxa vida...



          Agora algumas fotos da reforma. Pintamos os gabintes, adicionamos pastilhas na cozinha, que aqui se chama backsplash, pintamos todo o apartamento, todas as portas, trocamos esse piso horroroso e rodapés.

Aqui da pra ver um pouco a situação da parede
perto do rodapé. Péssimo trabalho.
          E olha só como ficou depois que instalamos o novo piso e o novo rodapé. Há um ditado americano que diz: "You get what you paid for" ou seja, você tem aquilo pelo preço que pagou. Não estou dizendo que ela pagou barato o empreiteiro dela, mas estou dizendo que, os profissionais que eu contrato são mais caros, mas a diferença é notável!



      E agora algumas fotos do fuzuê...













       Infelizmente não deu tempo de achar um Cristo fotógrafo disponível entre ontem às 4 horas da tarde e hoje de manhã quando eles chegaram de viagem. Sim, vida de designer é isso. Termina na véspera...geralmente. Se eu tive cabelos eles cairiam todos novamente. Por isso fiz algumas fotos com meu celular mesmo. Quando tiver as fotos profissionais eu posto. Abraços a todos e obrigado à toda equipe da Studio R Interior Design Inc - Alex, Denise, Gilberto, Ricarda, André e Shane. Participação especial de Juliana Nagi ;-)

O quarto do filho da minha cliente (acho que ele tem 10 anos)








 

 



















Studio R Interior Design Inc Orlando
studiorinteriordesign@gmail.com
ou
rs_alves@hotmail.com

+1-407-808-1878

15 comentários:

  1. Adorei a decoração!Transformou o apartamento da sua cliente em um lar agradável e com personalidade. (o quarto da decoração anterior me lembrou hotel americano,aqueles que você abre o armário e aparece um microondas rs rs).

    Abs,
    Luciana

    ResponderExcluir
  2. Muito bom. Uma diferença gritante.

    Gostei do piso.

    Renato, uma pergunta.
    Qual a diferença de um apto e uma townhouse?

    Estava olhando o Ziller e entrando nas fotos algumas vezes o que parece como apto parece uma townhouse e vice versa.

    Neulton

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Townhouse é casa geminada. Se há unidades uma em cima da outra, pode parecer casa geminada mas é apartamento. Outra diferença é que quando se pode adquirir o imóvel, o apto se chama "condo" que vem de condominium. Se não se pode adquirir, ou seja, o prédio inteiro pertence a um só dono e só se pode alugar aí é chamado "apartment"
      Para ser townhouse o imóvel não pode ter outro imóvel acima ou abaixo, só aos lados
      Abs

      Excluir
  3. 👏🏿 👏🏿 👏🏿 👏🏿 👏🏿 👏🏿 👏🏿

    ResponderExcluir
  4. Eu enviei um email ao USCIS xingando todos os funcionários do uscis. E eu disse que vou cometer crimes na América e vou defraudar todos os procedimentos de imigração. Mas eu não pretendo. Eu sou esquizofrênico. Eu pretendo casar com minha namorada americana e pedir o visto K1. Como posso continuar?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Em primeiro lugar você precisa pensar mais nas consequências e repercuções dos seus atos. Provavelmente você já está em uma lista de "perigosos". Agora, contrate um advogado

      Excluir
    2. Como vou fazer? Será que ainda tenho como ter o visto aprovado e conseguir Green Card?

      Excluir
    3. Vc sabe dizer se esses dados meus ficarão guardados por quanto tempo? Pois eu li outro dia que dados de imigrantes ficam guardados por 5 anos.

      Excluir
  5. Impressionante Renato, virou outra casa. Parabéns pelo seu trabalho, ficou show.

    ResponderExcluir

Etiqueta cai bem em qualquer lugar, até na internet. Seja educado ao comentar e perguntar. Olá..., meu nome é..., por favor e obrigado são palavras que ainda estão em uso e mostram cordialidade. Afinal, o blog não é balcão de informações de shopping e embora eu esclareça as dúvidas de todos de bom grado, não ganho nada para isso.
Obrigado por comentar e abração!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...