quinta-feira, 24 de julho de 2014

Como Comprar um Imóvel nos EUA.

Townhomes (casas geminadas) no Serenity - Clermont

            Atualmente estou trabalhando com uma carteira de 210 clientes brasileiros interessados em adquirir um imóvel nos EUA. Este ano tem sido muito bom para a compra, aliás, vendi em 90 dias 9 imóveis de temporada em condomínios onde são permitidos os aluguéis "short term".

            Mas foi somente esta semana que me dei conta da grande quantidade de emails que recebo todos os dias perguntando: "Como posso comprar um imóvel nos EUA sendo brasileiro, é possível? Como é o processo?" Então, em vez de explicar todas as vezes, resolvi escrever este post que seria como um manual explicativo, preparatório para uma conversa mais profunda e realmente a busca definitiva para a aquisição do imóvel.

            Como muitos leitores sabem, me tornei corretor licenciado na Flórida, desde o ano passado. Eu escrevi sobre o processo de adquirir a licença nos EUA, mais especificamente na Flórida aqui neste post.
            Vamos dividir o processo por partes:

1- Escolha do corretor e da imobiliára

2- Pré-aprovação com diversos bancos (sem custo)

3- Cadastro com a Empresa Money Corp

4- Busca do Imóvel

5- Imóvel encontrado, escolha dos upgrades, assinatura do contrato e pagamento do depósito.

6- Banco escolhido começa o processo de envio de documentos para o financiamento e faz-se o Testamento.

7- Contato com empresa de Design e Decoração.

8- Pesquisa de Seguro.

9- Pesquisa de empresas de administração de imóveis de temporada.

10- Entrega das chaves, pagamento das custas de financiamento e cartório.

11- Montagem da casa.

12- Assinatura de contrato com empresa de locação e administração.

13- Marketing do imóvel.

14- Abertura de empresa LLC (Limited Liability Company) e transferência do imóvel para o nome da LLC.

            A compra à vista tem menos passos e custa mais barato. Aliás, nem é preciso o comprador vir assinar os documentos no cartório. Tudo pode ser feito por email. Já para financiamento, é obrigatória a vinda do(s) proprietários para a assinatura.

1- Escolha do corretor e da imobiliária

            Este é um passo muito importante. Já ouvi de vários brasileiros que após receber suas comissões, alguns corretores simplesmente desaparecem. Não é o meu caso. Eu realmente me importo com meus clientes e vou com eles até o final no processo. Eu trabalho com a Drim Properties, cujos donos são meus amigos pessoais. Na Drim, temos uma equipe para cuidar de cada pare do processo e uma lista de parceiros brasileiros confiáveis que recomendamos. Há também uma longa lista de clientes satisfeitos que colocaram inúmeros testemunhos sobre o processo.


2- Pré-aprovação com os bancos.

            Toda a documentação brasileira tem que ser traduzida e preparada nos moldes que os bancos exigem. Este é o passo mais importante no processo, caso o comprador decida financiar o imóvel. A pré-aprovação é conseguida sem custo, e se o desejo é financiar, não adianta ir atrás de imóveis antes que se recebam as respostas dos bancos com os valores permitidos para financiamento. As respostas dos bancos vêm em menos de 3 dias. Para o financiamento, a documentação precisa ser toda traduzida, notarizada e formatada nos moldes exigidos por cada banco. É muito importante ter uma empresa que seja de confiança e faça isso, especialmente se os compradores não falem ou escrevam em inglês. A Drim Solutions faz este trabalho para nossos clientes.

3- Cadastro com a Empresa Money Corp

            Neste momento é a hora de fazer o cadastro com a empresa Money Corp. Empresa Inglesa, parceira, que tem no time deles, gerentes brasileiros. A Money Corp transfere valores do Brasil de maneira rápida, descomplicada e sem cobrar taxas para valores acima de 10 mil dólares. Com o cadastro aprovado, o cliente envia 10 mil e deixa na conta da Money Corp esperando encontrarmos o imóvel para ele.



4- Busca do Imóvel

            Com a pré aprovação em mãos, saímos atrás dos imóveis. Neste ponto há duas diferenças. Pode ser um imóvel para locação de temporada ou um imóvel para morar. Muitas famílias brasileiras estão se mudando para os EUA (para tanto, é preciso consultar um advogado de imigração). De qualquer forma, vamos atrás do imóvel baseado em um questionário enviado ao cliente, que muitos se negam a responder, pode acreditar, mas que é excencial para que possamos direcionar o cliente para a melhor compra.

A Coconut Palm tem 6 quartos, 3 garagens com piscina aquecida.
É vendida no condomínio fechado Solterra por 395.000 dólares
com 40% de entrada e saldo financiado em 30 anos.
As diárias estão em torno de 220 a 350 dólares.


5- Imóvel encontrado, escolha dos upgrades, assinatura do contrato e pagamento do depósito.

            Uma vez achado e escolhido o imóvel, escolhe-se os upgrades (granito, azulejos, eletrodomesticos profissionais, etc) assina-se o contrato e paga-se o depósito que varia de 5-10 mil dólares (pedimos a transferência através da Money Corp que chega no mesmo dia). Em até 30 dias da assinatura do contrato, tem-se que enviar os 30 ou 40% da entrada para o imóvel, menos os 5 ou 10 mil de depósito. Neste ponto a construtora envia o pedido de licenças à prefeitura (o que demora de 4-5 semanas) e quando estas chegam casa começa a ser construída.

6- Banco escolhido começa o processo de envio de documentos para o financiamento e faz-se o Testamento.

            Nesta faze o cliente, já com o contrato de compra e venda em mãos, começa o processo em si de coleta de documentos para envio ao banco escolhido para finalizar o financiamento (as taxas de financiamento nos EUA estão entre 3.99% e 10% de juros "simples" ao ano). Mesmo financiado, o imóvel pode ser quitado, sem juros, a qualquer momento. 

7- Contato com empresa de Design e Decoração

            Durante a construção, recomendamos os clientes a contatar a Hudson's Vacation Interiors. Minha amiga Daniela Esteves (esposa do Diogo) trabalha já há alguns anos com eles e decorou diversas casas para brasileiros. Escolhe-se desde móveis, cores de paredes, quadros, edredons, tapetes, objetos de decoração e um pacote completo de roupa de cama, mesa e banho junto com objetos de cozinha. Quando a casa está finalizada, a Hudson's monta a casa inteira em 1 dia. No dia seguinte é possível a locação. Acredita? O proprietário também pode fazer ele mesmo a decoração ou me contratar :-) Já que sou formado em Arquitetura de Interiores nos EUA.

A casa inteira é montada em um só dia...



8- Pesquisa de Seguro

            O imóvel vai precisar de seguro então temos parceiros que podem ajudar na escolha da cobertura ideal e o melhor, em português. A escolha da cia e do seguro vai ser exigida pelo banco em algumas semanas antes da entrega das chaves e assinatura do financiamento. A parcela do seguro vem junto com a parcela do financiamento para ser paga todos os meses, assim como o IPTU.

9- Pesquisa de empresas de administração de imóveis de temporada.

            Neste momento é também sábio entrar em contato com pelo menos duas empresas de adm de casas de veraneio, no caso da aquisição deste tipo de imóvel. No site da Drim, há entre a lista dos parceiros, duas empresas que recomendamos.

10- Entrega das chaves, pagamento das custas de financiamento e cartório.

            Se a compra for à vista, paga-se o restante na entrega das chaves que é feita geralmente em um cartório. Paga-se também as custas do cartório, assinam-se documentos e pega-se as chaves da casa. Dia feliz! As custas totais podem ser de 3-8%, sendo 8% no caso dos financiamentos. Nunca sabemos ao certo. Na maioria das vezes, para financiamento, gira em torno de 5-6%, mas já houve casos de 8%.

11- Montagem da casa

             Com as chaves em mãos o dono tem a opção de montar a casa ele mesmo ou entregar uma cópia para Hudson's entrar e fazer a montagem da casa.



Não há milagre. Quanto mais bonita a decoração da casa, mais ela aluga.
Quanto mais cafona, mais dinheiro coloca-se do próprio bolso no negócio.

Decoração feita pela empresa Hudson's Vacation para o Serenity

12- Assinatura de contrato com empresa de locação e administração.

            Casa montada agora é preciso começar a receber os aluguéis. Hora de contratar a empresa de locação e administração e ver qual delas oferece o melhor pacote. A empresa cuida também da ligação da luz, TV à cabo, internet, etc (se o condomínio não tiver já incluído na taxa paga mensalmente).

13- Marketing do imóvel.

            Deixar o imóvel nas mãos da empresa de adm e locação e esquecer não é a melhor estratégia de locação. Os proprietários que têm mais de 90% de taxa de locação no ano fazem website para casa, cartões de visita, criam uma página no Facebook e anunciam em blogs. Quem compra comigo ganha um ano de anúncio grátis no meu blog. Todos os clientes do blog com anúncio com mais de 1 ano tem mais que 80% de locação, sendo que uma das casas (que não vou dizer qual é) tem taxa 96% e espera de 14 meses para locação. Sim, pode ser um negócio muito lucrativo se for feito da maneira certa. 


Anuncios do meu blog. Alguns de meus clientes informaram
que recebem em média 40 cotações por mês vindas daqui
O record vai para a Rita que recebe 10 emails por dia vindos
do blog.
14- Abertura de empresa LLC (Limited Liability Company) e transferência do imóvel para o nome da LLC.

           Hoje pode-se abrir a LLC antes mesmo de sair o financiamento e já comprar a casa financiada no nome da LLC. Se a compra for à vista, é bom abrir a LLC antes mesmo de fazer o contrato de compra e venda e já comprar no nome da LLC. Economiza-se a taxa de tranferência que é de 0,7% do valor do imóvel.

          O processo parece longo e complicado, mas saiba o leitor, que eu, da data que o cliente me contatou por email até a entrega das chaves e o imóvel já alugando, passando por todo esse processo, foram 18 dias. É lógico que a venda foi à vista de um apartamento já mobiliado. E com respeito à isso, o que é melhor? Um imóvel de revenda ou um novo? Falarei sobre isso em um post futuro.

              Há muitos outros casos, e cada cliente tem um necessidade diferente. Há os clientes, como já mencionei que estão se mudando para Orlando e região. Estes precisam, muitas vezes, residir em bairros que tenham boas escolas, pois não é permitido nos EUA, crianças estudarem em uma escola fora dos limites do bairro em que mora (no caso das escolas públicas). Estes clientes precisam viver em áreas residenciais. Se desejam que seus filhos estudem em escolas nota A, é preciso morar em um bairro nota A. Não há como conseguir um imóvel de 100 mil dólares em um bairro que tenha escolas nota A (pelo fato que grande parte do IPTU do imóvel vai para a escola). Para esses clientes, o processo é diferente. Procura-se primeiro as escolas, depois os bairros e depois as casas. Há novas comunidades em Windermere e Winter Garden com casas novas em áreas com escolas nota A começando em 220 mil até 800 mil dólares. 

                   Caso deseje investir em um imóvel em Orlando para morar, para férias ou mesmo para alugar, entre em contato comigo. Será um prazer poder ajudar

renato@drimproperties.com

Novas propriedades em condomínios que recomendamos

http://pt-br.drimproperties.com/featured-properites/  

Abs a todos!


sexta-feira, 18 de julho de 2014

Imóvel de 4 quartos e 3 banheiros em Orlando



            Mais uma opção de imóvel para alugar na Flórida aos arredores dos Parques da Disney. A residência pertence à Neusa Leoncini, que entrou em contato comigo no mês passado para fazer um anúncio no blog.

            No website da Neusa você encontra mais detalhes sobre a residência como preços das diárias, etc. No website também ela fala mais sobre as vantagens de ficar em uma residência nos EUA ao invés de um hotel. Coisa que já escrevi aqui no blog muitas vezes.

            A casa fica no condomínio Tuscan Hills em Davenport. Você pode ver no mapa abaixo:


            Algumas fotos do imóvel. Não deixe de visitar o website da Neusa para saber sobre outros detalhes do imóvel. Para alugar, como já disse 20 vezes: Contate o proprietário. Mesmo assim recebo emails de locação todos os dias rsrss
Eu sou corretor em Orlando, mas não faço aluguel, somente vendas.

                                                     Website da Neusa clique aqui

                                                         neusaleoncini@yahoo.com.br

                            Telefones da Neusa +55-19-388-7689 e +55-19-9-9287-4224
















            Abs a todos!

sexta-feira, 4 de julho de 2014

Cachorro com Medo de Trovão e Fogos de Artifício



          Recentemente temos tido um problema com o Dexter. O medo dele de trovões e fogos de artifício tem ficado pior com o tempo. Quando ele veio pra casa, com 10 semanas notamos que ele tinha medo de barulhos. Por exemplo, o medo do caminhão do lixo e outros caminhões que passassem na rua. No mesmo mês, começaram a construção de uma escola a uma quadra daqui de casa e toda vez que ele ouvia os sons de martelo ou outras coisas ele corria para a porta, querendo entrar em casa. Não havia o que ajudasse. Eu pensei que ele melhoraria com a idade. Por exemplo, o medo do caminhão do lixo passou à medida que ele vê toda semana o caminhão do lixo passar, da janela do escritório. No entanto, o medo de trovões e fogos de artifício tem ficado pior a cada dia que passa.

Dexter é um Cocker Spaniel Inglês
Quando veio pra casa, ele tinha 10 semanas

            No mês de Junho tivemos terríveis tempestades em Orlando. Chegou a um ponto que o coraçãozinho dele bate tão forte que tenho medo que ele vá ter um ataque. Ele também respira como se tivesse corrido por um quilômetro. A veterinária disse que é um ataque de ansiedade/pânico. O quê fazer?

            Os leitores sabem que eu sou um "animal lover". Sou também bug (inseto) lover, etc. Eu até salvo abelhas, bezouros e outros insetos que caem na piscina! Imagina eu ver meu cachorro sofrendo desse jeito sem poder ajudar. Eu costumava abraçá-lo e falar com ele durante a tempestade, mas mal sabia eu, que este tipo de comportamento só faz piorar a fobia que ele sente destes barulhos.

            Hoje, 4 de Julho vai ser o pior, pois os fogos já começaram durante o dia. Ele sequer quer ir ao quintal brincar ou fazer pipi. Por isso acordei hoje e tive a ideia de ir pesquisar sobre isso na internet. Gente...bendita internet! Como vivemos tanto tempo sem ela?

Para o Dexter não vai ser Feliz coisa nenhuma... :-(

            Neste site aqui, de todos os que li, encontrei os melhores conselhos para tratamento da fobia. Eu não quero dar ao Dexter nenhum tipo de medicamento pois eles tratam a consequência e não a causa do sofrimento dele. Deve haver coisa melhor e há. Mas o interessante e preocupante é que a fobia de barulhos, se não tratada só tende a piorar e é o que está acontecendo com o Dexter no momento.

            O site inclusive comenta, o que eu desconhecia, que há um número enorme de fugas de cachorros e gatos durante festividades, principalmente fogos de artifício. Um cão pode pular uma cerca de 1 metro e meio se estiver com um ataque de pânico. A seguir as dicas de O Quê Fazer e do que não fazer se seu cão sofre de medo de fogos de artifício ou trovões:

            1- Crie um lugar seguro.

Compre uma casinha com porta, ou faça uma cabana para ele. Algum lugar que ele possa se esconder durante os ataques de pânico. Se ele tentar se esconder debaixo da cama, deixe. Abra inclusive a porta do quarto para que ele possa se esconder. Jamais deixe seu cão sozinho no quintal durante festividades onde haverá fogos de artifício e jamais na chuva ou tempestade. Sinceramente? Deixar o cachorro na chuva é crueldade. Aqui na Flórida é considerado "abuso" e a pessoa pode ter o animal tomado por autoridades e posto para adoção.
A ideia aqui é cria um "esconderijo" onde ele ou ela se sinta seguro. Quanto mais tecidos melhor pois eles abafam os sons vindos de fora.



            2- Crie outros sons.

Coloque uma música ou som de TV médio-alto que confunda os sons da tempestade ou dos fogos.

            3- Distraia seu cachorro.

Brinque com ele ou faça atividades que ele goste. Alimente-o (se puder, porque o Dexter nem quer comer nem nada) ou dê recompensas enquanto brinca com ele quando perceber que ele vai começar a ficar ansioso. Se não conseguir distraí-lo ou se ele ou ela começar a ficar muito ansioso, páre o processo. Não vai adiantar.

            4- Treine seu cão com o método "Modificação do comportamento".

Tome cuidado. Se não feito direito este método pode piorar a situação do cão. Falo deste método mais adiante.

            5 - Feche todas as janelas e cortinas.

Feche todas as possíveis passagens do som como janelas e portas. Cortinas absorvem o som também. Se tiver, é bom fechar.

            6 - Consulte o veterinário.

Pode ser que seja preciso algum medicamento para ajudar o tratamento. Mas lembre-se, o melhor é o treinamento associado com a medicação. Com o tempo, se treiná-lo bem, ele ou ela não precisará do medicamento.

O Quê Não Fazer:

            1- Não faça carinho ou agrade o cachorro durante os fogos ou trovões.

Haja NORMALMENTE! Agradá-lo ou fazer carinho, segundo os especialistas em comportamento animal só agrava a fobia. Ele interpreta como sendo um perigo real e a situação pode ainda piorar. Pode chegar a um ponto que ele até se machuque ou machuque outros por causa do medo.

            2- Não coloque seu cachorro em uma gaiola.

Eu nem vou comentar isso porque colocar o cachorro em uma gaiola ou coleira é algo realmente inaceitável. Eu já arrumei briga e até perdi amizades por causa disso.

            3- Não puna o cão pelo comportamento ou medo.

Precisa falar alguma coisa? Se alguém já sentiu medo, medo mesmo, se tiver um pouco de empatia pode imaginar o que o cão passa nestes momentos. Animais sentem medo, ansiedade, alegria e tristeza como a gente. Não o tranque no closet ou no banheiro.

            4- Não tente expor seu cão ao barulho colocando ele para ver os trovões e raios ou mesmo os fogos de artifício.

Segundo os especialistas, isso agrava mais o problema. Eu mesmo tinha pensado que se fosse para melhorar eu ficava com ele lá fora na chuva, mas pelo que li, isso pode causar danos sem reparos ao animal.

Modificação do Comportamento

            Especialistas em comportamento animal garantem que se, feito com paciência, em algumas semanas ou até mesmo meses é possível amenizar a fobia de barulhos ou até mesmo curar o cão do mal. Outros nomes para este treinamento são "Desensibilização" ou "Condicionamento Contrário.

            O método consiste em expôr seu cão aos poucos a sons que ele tem medo. Por exemplo, o Dexter não tem mais medo do caminhão do Lixo pelo fato de que vê todas as semanas pelo menos 3 vezes. Duas do caminhão de lixo e uma vez pelo caminhão dos reciclados.

            - Comece com sons de Fogos de artifício ou trovões em um volume bem baixo. Veja qual é o volume que ele nota, que chama sua atenção, mas que não seja assustador.

            - Durante as sessões da "terapia" faça com ele sua atividade favorita ou algo que cause prazer a ele (o cão, cansei de escrever ele ou ela). Correr pela casa, brincar, jogar bolinha, jantar,  etc. Coloque alguns ossinhos no bolso e recompense de vez em quando. Se ele começar a ficar com muito medo é porque o volume está muito alto.

            - A cada sessão aumente um pouco mais o volume. Só troque para o próximo volume quando o cão já não se importar mais com os sons do volume anterior. Isso pode demorar um tempo, mas se funcionar, você pode até mesmo ter salvado a vida do seu cão. Alguns cães morrem durante ataques de pânico.

            - Pare a sessão se o cão ficar com medo e se esconder. Comece de novo depois, um outro dia em um volume mais baixo e vá aumentando durante as sessões.

           - Há um colete à venda nos EUA chamado Thundershirt (camisa de trovão). Você pode ver aqui. Há um porém. Segundo o que li, é melhor não agradar o cachorro ou fazer carinho. No entanto, este colete diz dar a sensação de um abraço. Será que funciona?

http://www.thundershirt.com/
            Durante o processo, o cão vai começar, aos poucos, associar os sons com algo prazeroso como brincadeiras ou "treats" (ossos ou o que for que você dê para ele comer). O tratamento pode durar algumas semanas ou até mesmo alguns meses, mas pode realmente funcionar. E se não funcionar?

            Se nada funcionar, está na hora de consultar um especialista em comportamento animal e fazer terapia com ele J Já que você não quer fazer terapia você, prefere gastar o dinheiro em um par de tênis novos, dê este presente a seu melhor amigo. O treinamento do Dexter começou hoje e foi muito bom. No futuro contarei o resultado...

Nas palavras do Criador de todas das coisas escritas na Bíblia:

"O justo preocupa-se com a vida do seu animal de estimação...mas o agrado dos ímpios é cruel"



             Eu encontrei no Youtube dois vídeos fantásticos para o treinamento. Há muitos outros, escolha o que achar melhor.


Trovões e chuva


Fogos de artifícios


 
Eu sei que a foto está borrada mas eu adoro essa foto.
A Annabel não tem medo de nada, pode?
          

            

segunda-feira, 23 de junho de 2014

Decoração de uma casa em Celebration - em 15 dias!!!!

       
Casa adquirida em Celabration pelo casal Rinaldi e Nádia   
         Quando alguém me chama de "decorador" eu tenho a mesma reação do Clodovil quando era chamado de "costureiro". Ele dizia na lata: "Costureira é a sua mãe!" Dá vontade de dizer a mesma coisa. Mas como eu sou uma pessoa paciente, entendo que muitos não sabem a diferença de um Arquiteto de Interiores (ou Designer de Interiores) e um decorador. Se quiser saber, neste post aqui eu expliquei a diferença. A diferença básica, no entanto, é que o Designer tem um bacharel de 4 anos e estuda estruturas, códigos e normas e a "ÚLTIMA" coisa que este está preocupado é com a decoração e beleza do ambiente. Em primeiro lugar vem a "segurança" e "funcionalidade" e, por último, a estética.

            Ué, mas você não decora então? Sim, claro que decoro. Se o cliente pagar o que vale um estudo e decoração, eu faço. Mas não gosto, porque dá muito trabalho e as pessoas não reconhecem...pechincham e mesmo com desconto acham caro. Acham que podem fazer elas mesmas sem os 4 anos de faculdade. Mesmo decoradores têm que estudar! Algumas pessoas sem formação específica têm o dom, mas é difícil. Já entrei em cada casa aqui que a pessoa me diz: "E aí o que você achou?" E eu digo o quê? A verdade?

           Existe um estudo sério da arquitetura da construção, estilo, segurança, funcionalidade, circulação, ergometria, etc antes mesmo de começar a falar em cores, detalhes arquitetônicos e móveis. Somente sobre o estudo das cores, há pelo menos, 7 livros da faculdade que tivemos que estudar. Sem falar nas teorias do design...


Add caption

Estudos preliminares para o projeto de Celebration.

            O que eu gosto mesmo é de arrancar uma cozinha velha e planejar uma nova em folha. Reformar um banheiro como fiz aqui em casa neste post e outras reformas e projetos. Mas se o cliente pagar um preço justo, porque não? O que preciso é, conciliar com os meus 205 clientes da minha outra atividade que é a de corretor de imóveis. Ocupado não é uma boa palavra que descreve minha situação agora. Chego ao ponto de ter que desligar o computador e o telefone senão recebo texts e emails mesmo no meio da noite, provavelmente de alguém com insônia e muita ansiedade.

Antes e depois de uma cozinha que fiz em Miami, quando ainda era estudante.

  
Reforma do banheiro aqui de casa. Este eu fiz com minhas próprias
mãos! Veja o post aqui
          
    
               Sem mais blá blá blá, faz tempo que eu queria contar esta experiência interessante, estressante que tive 6 meses atrás e depois eu explico o por quê que não a contei antes.

            Estava eu aqui no sossego da minha residência quando recebo um email vindo da Pátria mãe pedindo um orçamento de decoração de uma residência recém adquirida em Celebration Flórida, cidade em que o mestre do "Baú da Felicidade" tem sua casa. Naquela manhã quente de Dezembro lí o email que dizia mais ou menos assim: "Olá, meu nome é XXX e encontrei você pelo blog. Compramos uma casa em Celebration e desejamos decorá-la. Você poderia fazer um orçamento?" Entrei em contato com "a" cliente e depois de emails, conversas no skype fechamos a decoração da casa. Quando eu peguei as chaves e entrei na residência eu pensei: "Me f....!!" O prazo era 1 mês e as coisas que precisavam ser feitas, mesmo antes de começar a pensar em decoração, levariam, pelo menos, umas 3 semanas. Acontece que eu sou teimoso, acabei aceitando e daquele dia até o dia 29 de Dezembro eu sofri de palpitações, ataques dos nervos, de ansiedade, de arrependimento, de insônia e outros males associados à uma coisa quase impossível de se fazer em 1 mês.

            Todos os males foram multiplicados 2 quando o dinheiro para reforma e compra de tudo só chegou aos EUA no dia 15 de Dezembro e "a cliente" já tinha passagens compradas para dia 29 do mesmo mês.

            Foi uma "missão impossível" (que no filme sempre se torna possível) arrumar profissionais disponíveis e o pior dos pesadêlos - mobília que pudesse ser entregue em menos de 10 dias e que "eu gostasse". A lista das coisas a fazer na casa eram:

            - Troca de carpete
            - Troca de todos os eletrodomésticos
            - Pintura interna (paredes, molduras, rodapés, batentes, etc)
            - Mobília e decoração.

           O pintor me pediu um prazo de 20 dias, afinal a casa tem 420 metros quadrados em 2 andares. Disse a ele que a contratação estava atrelada a ele entregar a casa em 10 dias. Você devia ter visto a cara que ele fez...Vários não quiseram pegar o projeto até que um brasileiro aceitou o "desáfiu". Brasileiro é porreta mesmo!

            Além dessas coisas, ainda havia exigências! Quarto do menino com tema Sports, quarto da menina de Princesa, master elegante. Papel de parede obrigatório. E que tudo fosse de acordo com a arquitetura da casa que é em estilo "Vitoriano". Tem ideia do que é isso?

            Outras coisas simplesmente eram impossíveis dentro do orçamento e 15 dias de prazo. Troca dos armários da cozinha, bancadas, reforma dos banheiros, estantes feitas sob encomenda, troca dos lustres e ventiladores de teto e instalação de piscina. Não dá pra fazer mágica...

               Veja estas fotos da casa "antes".

Cozinha

Sala de estar formal

Sala de TV ou Loft

Quarto do rapaz

Sala de jantar

Sala em frente à cozinha - aqui se chama
Family Room

Eletrodomésticos do ano 2000

Quase caí de costas ao abrir com o cheiro que veio do interior

Ventilador embutido no fogão que vai, pelo piso para fora da casa
Quarto da menina
Escritório

Master Bedroom

        No dia 15 de Dezembro começou a desmontagem, pintura, retirada de eletrodomésticos, carpete, etc. A minha correria a mais de 15 lojas de móveis e decoração atrás do que estivesse disponível tornou-se uma verdadeira "romaria" sem fim. O que estava disponível eu não gostava, o que eu gostava demorava 4-6 semanas para a entrega. A vontade era de tomar uma pílula do desaparecimento, entrar em um máquina do tempo e cair em uma outra era. Perguntei se a cliente gostaria de desistir da viagem e me dar mais 3 meses ao que ela disse: "De jeito nenhum!"

            A lei de Murphy diz "Se há uma probabilidade de algo sair errado, então fatalmente sairá" E assim se deu...Inúmeras coisas apareceram no meio do projeto. Foi preciso limpar os dutos de ar condicionado, contratar especialistas para instalar os eletrodomésticos dificílimos de instalar. Após instalado, eletrodoméstico "RISCADO e AMASSADO" que o FDP do instalador (americano!) instalou mesmo assim e depois cobrou para DESINSTALAR e INSTALAR novamente quando o novo chegou. Detalhe: Na véspera da chegada da família.

            A moça designada para a limpeza, no dia da chegada da família, foi aspirar o carpete novinho e uma linha enroscou no aspirador de escova e foi arrancando essa linha por aproximadamente 2 metros. Quase tive que prometer sexo selvagem para alguém vir consertar o carpete no mesmo dia da chegada da família. Aliás, 4 horas da tarde deste mesmo dia, havia mais ou menos 12 pessoas na casa. Pessoal da limpeza, pintor e ajudantes, montadores de diversas coisas, profissionais arrumando o carpete, entregadores, instalador de eletrodoméstico. Era uma MAD HOUSE a ponto que eu tive que apartar discussões e dizer "Olha aqui gente, todo mundo precisa trabalhar. Cooperem uns com os outros senão NINGUÉM VAI RECEBER UM PUTO!!"

            Ficaram mansinhos depois disso. Às 10 horas da noite, o último tapete foi colocado na sala de jantar. A família ia chegar ao aeroporto internacional de Orlando à meia noite. Do lado de fora, um mundo paralelo de caixas de papelão. As mais de 40 caixas de papelão foram todas rasgadas em pequenos pedaços e graças ao pintor, que vou citar o nome, meu agora amigo Gilberto da Fortal Constructions, colocou tudo em seu caminhão e deu sumiço nelas. O Gilberto mostrou-se um profissional impecável, perfeccionista, extremamente limpo e foi como um mestre de obras durante o processo, tomando conta e até mesmo inspecionando o trabalho de outros quando eu não podia estar na casa. A partir de agora, pintura eu só faço com ele.

             Eu ouvi de muitos: "Coloque só a mobília e pronto!" Mas eu não sou assim, tinha que trocar carpete, pintar e arrumar tudo que estava quebrado


Fotos do "durante"

Instalação das molduras em meia parede. Aqui nos EUA isso se chama
Wainscoting









Dia da instalação do Carpete




Carpete novo, cheiroso!


            Eu gostaria muito de ter ficado para receber a família. Mas quando eles me mandaram uma mensagem no celular, às 2 da manhã, dizendo que chegariam por volta das 4 ou 5, pois houve diversos atrasos, eu tive que ir embora. Eu estava acordado por quase 21 horas, e não conseguiria esperar mais um minuto sequer. Deixei os abajures da casa inteira ascesos e a chave, debaixo do tapete de entrada. Aqui ainda se pode fazer isso.

            Ao acordar no dia seguinte, recebi um email dos proprietários dizendo o quão gratos estavam. Embora tivessem pedido fotos do processo, não enviei nenhuma pois cliente é assim - vê uma peça e não gosta, vê uma cor e não gosta, depois vê tudo junto e ADORA. Devido ao tempo curtíssimo, tiveram que confiar totalmente no meu trabalho. Geralmente o cliente participa.
          
           Foi uma total surpresa para eles. Nas palavras deles: "Esperávamos que ia ficar bom, mas você superou nossas espectativas, não tínhamos ideia de que estava desse jeito. A cada cômodo que entrávamos era uma surpresa e uma gritaria!" 

            A cereja do bolo foi quando, após chegarem cansados, exaustos, famintos, abriram a dispensa e a geladeira nova pra olhar como era por dentro e viram uma infinidade de coisas, que a minha querida amiga Janaína, comprou no supermercado. Diversas bebidas, frios, pães, bolos, café, manteiga, leite, bolachas, geléias, queijos, diversas coisas para lanches rápidos, salsichas, macarrão instantâneo, etc, etc, etc. 

         Além disso comprei todos os eletrodomésticos como batedeira, liquidificador, mini-forno, torradeira, cafeteira, aspirador de pó, slow coocker, etc. Também toda louça, frigideiras, panelas, abridores, toda roupa de cama, mesa e banho. Pá de lixo e vassoura...
Tudo isso e ainda fiquei dentro do orçamento.

            Algumas fotos da casa a seguir. Infelizmente só tirei fotos de celular e perdi meu celular antigo, só possuo algumas fotos de alguns ambientes. Por isso demorei tanto tempo para escrever este post. Que o leitor saiba que se houvesse tempo disponível, o design teria ficado um pouco diferente. Algumas peças, alguns cômodos, eu tive que comprar o que tinha e não o que eu queria.


A casa ainda está em projeto. Ainda faltam a troca de todos os
lustres e um "update" na cozinha.
Foi difícil encontrar mobília disponível para uma casa Vitoriana.


Eletrodomésticos novos em folha!

Quarto do rapaz


Desculpe, eu ainda estava aprendendo a fazer fotos panorâmicas
heheh
Quarto da menina


Eu JURO que aquele colchão não estava no chão quando eu tirei a foto!


Sala de estar formal ou parlor


Molduras e papel de parede para acompanhar o estilo e arquitetura da casa.




Depois de alguns dias chegou o sofá cama
panorâmica fail


Quarto do Casal










                


Quarto de hóspedes
Escritório antes


Disney movies era requisito nos quadros

Escritório resolvemos ir mais moderno porque ele serve de dormitório também.
Móveis antigos são muito grandes e pesados para mover caso haja
hóspedes no escritório
Os clientes queriam sofá camas em todos as salas e escritórios
para receber visitas.

Sem estas pessoas, este projeto não teria sido feito em 15 dias:

Daniela Esteves 
  Ajuda na escolha de móveis, compras em geral e montagem.
Janaína e amigos
Supermercado, compras no Target e ajuda na montagem.
Gilberto e ajudantes
Mestre de Obras, pintor, carpinteiro, montador, etc
Arlindo e filhos
Handyman, caseiro, montador, etc
Robert 
Montador e instalador.
Denise e ajudantes
Limpeza e organização

              Estas pessoas fizeram muito mais do que receberam, algumas nem quiseram receber! Ficaram além do horário, desempenharam papéis que não eram deles, colocaram suor, horas de trabalho e tempo adicional que poderia ter sido usado com a família, dedicação e carinho neste projeto. Os demais profissionais envolvidos, fizeram somente o que foi lhes contratado e alguns deixaram a desejar. A estes, meu obrigado. Aos acima, meu obrigado e meu reconhecimento e dívida de coração. A vocês eu chamo de amigos.

                  Recentemente retomamos o projeto para trocar os lustres, talvez fazer a cozinha, fazer as estantes sob medida e a piscina que eu já projetei e o projeto foi aprovado por eles e pela prefeitura de Celebration. Here we go again!! :-)







Acompanhe a instalação dessa piscina fantástica!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...