Como ir Morar nos EUA?


            Há uma grande quantidade de pessoas que aterrizam aqui no blog depois de pesquisar no Google sobre como viver nos EUA. Após ler um, dois ou até mesmo 1/2 post, algumas pessoas resolvem entrar em contato para fazer perguntas e pedir algumas "dicas". De cara dá para perceber que as pessoas não conhecem o conteúdo do blog. Nem mesmo leram o "Manual de Instruções" recomendado para quem "é novo aqui".

            Em 2010-2011 quando o Brasil estava no auge da propaganda "o Brasil é a bola da vez" e os EUA estavam no fundo do poço com a crise, até mesmo na página do Facebook, alguns diziam coisas como "Os EUA estão falidos, burro é quem vai pra lá". Hoje porém, a situação se inverteu e há um número incontável de pessoas querendo ir viver em algum lugar que ofereça melhor qualidade de vida e condições melhores de educação e segurança. Por este motivo, a quantidade de emails que eu recebo de pessoas pedindo dicas e perguntando absolutamente tudo o que alguém possa imaginar, multiplicou por 100. Mesmo que eu quisesse eu não teria tempo de responder a todos, ainda mais a perguntas como "como faço para tirar passaporte e visto?" Eu trabalho integral, recebo emails de interessados sobre imóveis todos os dias, atendo clientes e toco obras de reforma e decoração. No mês passado, recebi 1800 emails e respondi a todos. Além disso, aqui nos EUA, se a pessoa não é rica, ela tem que limpar a própria casa, lavar a própria roupa, cortar a grama, cozinhar, cuidar dos cachorros, etc.

            Não é má vontade, é simplesmente humanamente impossível. Além do fato de que, as informações estão todas na internet, é só fazer uma pesquisa detalhada. Portanto eu vou escrever um post geral para quem pensa em vir morar nos EUA. Há já neste blog, vários posts a respeito.

            Para quem deseja imigrar, um post geral explica basicamente isso. Clique aqui.

            Paraquem deseja ser corretor de imóveis nos EUA, saiba que é preciso primeiro conseguir o SSN (social security number - o CPF americano), que é o que 13 milhões de imigrantes tentam há décadas. Mesmo depois de ler o relato no post que eu escrevi, alguns ainda voltam e perguntam: "Mas não dá mesmo? Só com esse SSN? Como eu tiro este documento?" Se houvesse uma maneira não acha que eu teria dito? NÃO É POSSÍVEL SER CORRETOR NOS EUA SEM SSN! "Mas não posso entrar como turista e "dar entrada" no SSN"? Não pode. O dia que puder, 13 milhões de imigrantes se legalizarão e 300 milhões de pessoas irão se mudar para os EUA e sou eu que vou sair daqui.


            A minha trajetória de como eu consegui o SSN está escrita no blog. Tem que ler o blog do começo ao fim, para entender, inclusive o que não está escrito. E também é preciso ler outros blogs, a página da embaixada americana no Brasil, principalmente a parte sobre vistos e imigração, para depois sair perguntando. É claro que perguntas específicas sobre Orlando, podem ser difíceis de encontrar. Mas agora eu irei escrever sobre isso neste post.

            Há várias maneiras de vir morar nos EUA, a pessoa pode até pedir asilo. Mas as mais comuns continuam sendo o casamento, o visto de estudante (bacharel, mestrado ou doutorado - curso técnico e ou extensão não dá direito a ficar no país), o patrocinador (empresa que contrata um estrangeiro), o investidor (que aplica um certo valor em um negócio americano - 500 mil dólares ou mais) e a abertura de filial de empresa brasileira nos EUA. Para qualquer destas alternativas, com exceção do visto de estudante, é preciso consultar um advogado de imigração. A única pessoa que responde judicialmente por informações é o advogado. Havia um brasileiro em Orlando que se dizia "consultor", que está foragido pois várias pessoas se sentiram lezadas pela sua consultoria, perderam milhares de dólares e o delataram ao governo americano. Virou caso de polícia.

            Estas são as maneiras mais comuns que têm trazido os brasileiros aos EUA. Se alguém não se encaixa em nenhuma delas (um bom número entra em contato), a pessoa pode acabar por optar em entrar no país como turista e ficar ilegalmente depois de 6 meses. Como eu já disse no post sobre imigrar para os EUA, não é uma vida fácil, mas alguns preferem a ter que viver no Brasil. No entanto há muitos riscos que precisam ser considerados.

            Muitos pretendem entrar como turista depois trocar aqui o visto para estudante e "ir levando pra ver no que vai dar". Não me parece, de cara, um planejamento muito bem executado. Não podemos dizer, no entanto, que tal pessoa não seja corajosa. Porém, estas pessoas nem sequer sabem, que se trocarem o status do visto aqui, não podem mais voltar ao Brasil, pois ao tentarem retornar aos EUA, 90% são barradas e têm perdido o visto e possibilidade de entrar nos EUA nos próximos 10 anos. Esta informação não se encontra em nenhum lugar, mas este é o relato de várias pessoas que têm parentes aqui e não conseguiram entrar mais nos EUA. E cruzar a fronteira pelo México é a mesma coisa que nadar em uma lagoa com jacarés ou mesmo um mar infestado de tubarões. Outro dia mesmo uma brasileira morreu tentando cruzar a fronteira com auxílio de coiotes.

Entrar pelo México pode pôr fim a vida da pessoa
            Não é possível também estudar e pagar os estudos com dinheiro de trabalho ilegal. O salário de trabalho ilegal dá pra se sustentar, mas não dá para pagar a faculdade também. Um curso de inglês ruim pode ser que seja possível. Mas saiba que estudantes não podem trabalhar legalmente nos EUA com raríssimas exceções (caso algúem prove que passou por um revés financeiro ou o pai, que financiava no Brasil, perdeu o emprego, morreu, etc).

            Há trabalho ilegal nos EUA, até mesmo o governo sabe disso. Mas, geralmente, quem emprega estas pessoas são comerciantes ou empresários da mesma nacionalidade dos empregados. E eles fazem isso porque são bondosos e querem ajudar? Não. Para eles é uma ótima oportunidade de adquirir mão de obra a baixo custo, sem pagar impostos ao governo. É possível arrumar estes empregos em menos de uma semana, mas não dá para alugar uma casa, comprar e manter um carro, filhos na escola e ainda pagar 1500 a 2000 de faculdade por mês, além de material escolar e livros. Talvez morar com outros brasileiros, dividir quarto e trabalhar muito, pode ser que sobre para pagar um curso em uma faculdade.

            Alguns perguntam se há empresas americanas contratando brasileiros. Sim há, o Best Buy mesmo, precisa de pessoas que falem português, mas exigem documentos americanos para tanto. Tem que ser brasileiro que tenha residência (documentos) nos EUA. Para uma empresa contratar um brasileiro é preciso que esse brasileiro seja único e que não haja similar igual a ele disponível no mercado americano. Além disso, é preciso que a empresa gaste por volta de 5 mil dólares para conseguir o visto para o estrangeiro. E mais, tem que entrar no sorteio dos vistos H1B que hoje não cobre o número de solicitantes. O tal estrangeiro tem chances se tiver mestrado, doutorado ou 12 anos de experiência comprovados na área desejada. Não é coisa fácil, mas quem tem qualificação consegue. Alguém recém saído da faculdade, é bem difícil, pois há americanos recém formados, desempregados, procurando esse tipo de posição.


            Talvez, no caso destes é melhor juntar dinheiro para fazer um mestrado aqui ou procurar um país em que o processo de imigração seja mais fácil como o Canadá e alguns países da Europa.

            Podemos concluir então que, quanto mais qualificação e dinheiro a pessoa tenha, mais chances tem de mudar-se para os EUA legalmente, e vice versa. Quanto menos dinheiro e menos qualificação, menores as chances de vir viver aqui legalmente. Se a pessoa é nova e solteira, há uma fila de americanos e americanas encalhadas esperando o príncipe de língua estrangeira aparecer na sua vida. É possível que esta pessoa venha como estudante e encontre o amor da sua vida. Aí tudo fica mais fácil...senão, como no caso de famílias novas que me escrevem, somente o caminho duro da legalização ou a ilegalidade.


            O meu conselho seria economizar, vender as coisas que tem e embarcar em uma especialização nos EUA. Um bacharel, um mestrado ou um doutorado. Além de enriquecer a vida e o currículo da pessoa, há grandes chances de viver aqui legalmente. 




Para quem deseja comprar um imóvel nos EUA clique aqui

Para quem deseja saber morar em Orlando clique aqui.

Para quem deseja saber os melhores bairros de Orlando, clique aqui.


115 comentários:

  1. Ótimo post, como sempre muito bem escrito! Se a pessoa deseja imigrar tem que pesquisar muito, se organizar e guardar uma boa grana. Porque as coisas não acontecem facilmente, principalmente as importantes. É preciso muito trabalho e dedicação, e passar por momentos difíceis para enfim conseguir o que deseja. Já acompanho seu blog há algum tempo, já li todos os seus post e sei que a sua jornada não foi fácil até chegar onde está hoje. Você é uma inspiração para muitas pessoas, inclusive para mim! Um abraço.
    Alana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É Alana, quem leu sabe né?
      Muito obrigado! Grande abraço!

      Excluir
    2. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

      Excluir
  2. Olá Renato! Parabéns pelas suas diversas realizações, que aliás em poucas horas já foi possível conhece-las.
    Acabei de conhecer seu blog, logo após assistir sua entrevista ao canal Perguntas do Paulo Paternes.
    Estou pesquisando obtenção de visto através de abertura de uma filial de empresa nos EUA, mas fiquei curioso com o que você comentou no post sobre os cursos. Para mim não ficou claro quando você diz que com um curso (bacharel, mestrado ou doutorado) é possível ter o direito de viver nos Estados Unidos. Esse direito é somente pelo período do curso correto? Não lhe dá a residência permanente né?
    No mais, parabéns pela forma de escrever também. Imagino que seja um leitor assíduo.
    Ah, sou Agrimensor e tenho uma empresa aqui em Floripa, futuramente, se Deus quiser, estarei trabalhando com topografia para obra aí. Quem sabe não venhamos a trocar figurinhas né?
    Abraço e fique com Deus.
    Samuk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Samuel
      Você pode ter direito a residência fazendo sim, se encontrar um sponsor
      Por favor, leia este post
      http://brasileirovivendonoseua.blogspot.com/2013/02/como-imigrar-para-os-eua_16.html
      Abs

      Excluir
  3. Olá Renato, meu nome é Paulo.
    Parabéns pelo blog, ótimos posts de completa utilidade.

    Li em seu post que o que é preciso para ser corretor é o SSN. Bom, eu estudei em uma universidade americana por 3 anos e obtive um SSN através da mesma para trabalhar part-time no campus, porém me formei em 2014 e retornei ao Brasil. Agora pretendo voltar aos Estados Unidos em busca de uma oportunidade.
    Meu SSN ainda é valido?

    agradeço a atenção.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O seu SSN tem uma escrita de restrição dizendo que vc só pode trabalhar com autorização da imigração. Se algum empregador ver, vai pedir a autorização e se vc não tiver, não será admitido.
      É melhor vc consultar um advogado de imigração ok?
      Abs

      Excluir
  4. Oi.... Me chamo Lucas, tenho 17 anos.... Ano que vem pretendo começar a estudar arquitetura e urbanismo e sempre quis trabalhar e morar nos EUA. Eu queria participar do programa Ciência sem Fronteiras, mas arquitetura saiu da lista dos " cursos contemplados". Estou pesquisado maneiras de validar meu diploma, mas, o que eu queria saber é: Qual é o melhor estado americano pra se trabalhar como arquiteto e também gostaria de saber se é muito complicado pra validar o diploma??
    Obrigado pela atenção, abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lucas
      Eu não sei. A única coisa que eu sei é que é muito difícil validar diploma. Se não der pra vc fazer a faculdade aqui é melhor fazer uma federal no Brasil e depois fazer mestrado aqui. Aí vc pode trabalhar
      Abs

      Excluir
  5. Oi, boa noite.. Você disse em um post que eu já perdi, não sei se é exatamente isso, que eu posso tipo ligar pra uma universidade americana, fazer todo o processo que eles disserem e estudar lá pagando uns 1500 dólares por mês é isso? Eu posso ligar e tento inglês pra ir, e comprovando que eu tenho dinheiro (que tem que ser mais ou menos quanto?) eu posso fazer a faculdade lá?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim pode
      Leia o blog inteiro, suas perguntas mostram que vc leu pouco. Já está tudo escrito aqui
      abs

      Excluir
  6. Olá, Renato! Você falou que a Best Buy está contratando brasileiros para lidar com clientes e demandas em português. Eles só contratam quem já mora aí legalizado? Ou há consideráveis chances deles fazerem uma oferta de trabalho a alguém daqui que esteja disposto a ir pra lá?

    Eu sou graduado em Administração e estou concluindo uma pós-graduação em Finanças. Tenho inglês avançado e já morei 6 meses no Canadá. Possuo também um pouco de Francês (Faço curso porque pretendo tentar imigração para Quebec também). Tenho 25 anos, solteiro e sem filhos.

    Será que com essas qualificações eu conseguiria uma oferta de trabalho estando aqui no Brasil? Se eu soubesse que eles estavam contratando brasileiros, eu teria deixado meu currículo por dezenas de lojas da best buy enquanto eu morava no Canadá e visitava cidades no EUA. Eu estou desesperado para imigrar, não importa para onde e fazendo o quê, estou tentando cobrir todas as bases (até francês comecei a aprender pra tentar por Quebec).

    Você poderia, por gentileza, me responder sobre se há essa chance? Ou se você conhecer alguém que trabalhe na Best Buy aí, seja brasileiro ou americano, fazer essa pergunta informalmente ou me passar o e-mail de contato para que eu possa enviar o currículo?

    Desde já agradeço a atenção!


    Amaury Júnior
    amauryjr_36@hotmail.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não Junior
      É só pra quem tem documentos americanos. Sinto muito
      abs

      Excluir
  7. Excelente post!! Excelente!! Também moro nos EUA e vim com o visto L1. É inacreditável a quantidade de pessoas que acreditam piamente que será fácil esse processo. Se fosse, não existiriam os milhões de ilegais aqui e, como você disse, uns outros 300 milhões viriam. É interessante ver a mudança no perfil das pessoas buscando a realocação, há anos atrás não se viem mestres, doutores, profissionais experientes, nem mesmo recém formados buscando isso.

    ResponderExcluir
  8. Parabéns pelo Post. Você escreve muito bem, de forma clara e objetiva.
    Sou Corretor de Imóveis aqui no Brasil, e como o país está enfrentando grande crise, principalmente de confiança, estou a cada dia amadurecendo a idéia de viver em outro país, e o principal foco acaba sendo os EUA.
    Já li alguns post's sobre como se tornar Corretor de Imóveis nos EUA e vejo que não é simples, mas também não é uma coisa do outro mundo.
    Uma pergunta, que sei que você já deve ter ouvido milhares de vezes, é a seguinte:
    Caso eu tenha uma forma de fazer uma graduação nos EUA, é possível conseguir meu SSN? E caso positivo, à partir daí eu poderei me inscrever no curso para corretor em uma escola credenciada, fazer a prova estadual e passar a exercer a função legalmente? (claro que sei que não é tão simples como consta na pergunta e tudo demanda tempo, mas seria este o caminho mais simples?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi
      Sim, se você fizer um curso bacharel ou mestrado aqui recebe permissão de trabalho e SSN. Com ele pode fazer o curso de corretor
      Abs!!

      Excluir
  9. Oi Renato pesquisando sobre como migrar para Eua te encontrei e estou adorando seus posts e sua maneira inteligente de se expressar .o mundo precisa de mais pessoas como você inteligente esforçada,focada em objetivo,culta e acima de tudo sem egoísmo! Enfim...eu já morei no eua quando tinha 20 anos eu e meu namorado que hj é meu marido .foi uma experiência maravilhosa e que sempre pensamos em voltar um dia quem sabe,porém hj temos filhos(11 e 8 anos) e tb tenho pavor de não poder voltar ao Brasil pois tenho meus pais idosos . Sei que você passou por isso e não pode voltar pela sua mãe ...o que você me diria sobre isso ? Ao mesmo tempo queria poder pensar no melhor para meus filhos... Penso em fazer algum curso ou pós ou até mesmo mudar de profissão e levar minha família comigo claro . Uma dúvida é se eu estiver estudando marido e filhos tb conseguem o visto de estudante? Com este visto posso entrar e sair do país quando quiser?desde que dentro do período que estiver estudando? É mais difícil conseguir com a família o visto de estudante?
    Abraço Dani

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dani
      Se você vier com visto de estudante pode voltar quando quiser e a familia vem com visto de acompanhante. Pesquise mais, suas perguntas são bem básicas e tem uma centena de blogs na internet que dão o passo a passo desse processo. Na página da embaixada americana no Brasil também explica isso. Você deveria examinar lá também.
      abs e boa pesquisa

      Excluir
  10. Olá Renato, sou o Alexandre, nos encontramos na Ikea, lembra? Estou relendo o seu post e como te disse, um dia vou de vez morar nos EUA, caminho difícil, mais não impossível. Abraço

    ResponderExcluir
  11. Olá Renato, meu nome é Wagner, sou casado e moro no Brasil, poderia por favor, me informar sobre uma informação que recebi, mas que me gerou dúvidas? Vamos lá: Me disseram que caso minha esposa tenha um filho nos EUA, a criança nasceria como cidadã americana e os pais poderiam solicitar o green card através dos documentos da criança, isso procede? Outra dúvida que tenho é se existe algum curso americano que eu possa fazer daqui do Brasil (online talvez) que seja reconhecido por empresas americanas. Desde já Obrigado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amigo
      Você acha que se fosse fácil assim teriam 13 milhões de imigrantes ilegais no país? Era só fazer um filho e tudo se legalizava.
      A criança é americana, mas os pais não. Se deportados, a criança vai para o orfanato
      Abs

      Excluir
    2. Eu acho valido usar de transparência absoluta nas respostas para não iludir ou incentivar erroneamente ninguém. Se você tem uma página online, é por querer ter leitores, e por mais que as perguntas sejam repetitivas, existe realmente necessidade de ser tão mal educado? Você realmente não sabe de tudo, oriente-se melhor com alguém graduado e experiente, antes de responder que crianças nascidas nos EUA filhos de imigrantes ilegais vão para um orfanato e os pais são deportados. Por favor!!!! Informação errônea!!!

      Excluir
    3. Olá
      Você que está desinformado(a). Se os pais forem deportados isso é o que acontece. Você assisitu ao seriado Desperate Housewives? Lá o casal de empregados de uma delas é deportado e o serviço social levou a criança a um orfanato pois não tinham parentes nos EUA e não se deporta crianças nascidas nos EUA.
      Entendeu?

      Excluir
    4. Atenção: os pais são ilegais PORÉM a criança ao completar 21 anos pode dar o direito aos pais para aplicar para o green card, tornando-se assim residentes legais no país.

      Excluir
    5. Atenção: os pais são ilegais PORÉM a criança ao completar 21 anos pode dar o direito aos pais para aplicar para o green card, tornando-se assim residentes legais no país.

      Excluir
    6. O filho pode dar o direito aos pais de aplicar para o green card, mas ele tem de ter 21 anos.

      Excluir
    7. Somente se a criança nasceu nos EUA

      Excluir
  12. Oi Renato encontrei seu blog por acaso fazendo uma busca por restaurantes legais e baratos rs.Acabei lendo esse post tambem que me interessa, inclusive encaminhei um email para voce se tiver tempo para responder, senao fique a vontade!! Parabens pelo blog é muito bom e dinamico nas informaçoes! abs

    ResponderExcluir
  13. Boa Noite, Renato! Meu nome é Gabriela, meu pai é corretor aqui no Brasil, como ele pode conseguir um emprego em miami?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O primeiro passo é ler o post que eu sugeri no texto
      Abs

      Excluir
  14. Meu sonho é morar no EUA, eu simplesmente poderia arrecadar um dinheiro e ir pra lá a procura de um emprego e morar lá ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Letícia vou responder pelo administrador, se você conseguir arrecadar 500 mil dolares, para investir yes! you can. existem varias formas para quem tem dinheiro, eu a aconselho ler este post novamente, nele já tem a resposta para sua pergunta.

      Excluir
  15. Meu sonho é morar no EUA, eu simplesmente poderia arrecadar um dinheiro e ir pra lá a procura de um emprego e morar lá ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leticia
      Você leu o post sugerido no texto para quem quer imigrar?
      Senão, aqui vai o link novamente
      http://brasileirovivendonoseua.blogspot.com/2013/02/como-imigrar-para-os-eua_16.html

      Excluir
  16. Meu sonho é morar no EUA, eu simplesmente poderia arrecadar um dinheiro e ir pra lá a procura de um emprego e morar lá ?

    ResponderExcluir
  17. Olá Renato, meu nome é Camila, gostaria que tirasse uma dúvida minha.....
    Se eu vender tudo o que tenho no Brasil e ir para os EUA em busca de um emprego ou até mesmo de abrir o meu próprio negócio, legalmente isso seria possível?

    Att.

    ResponderExcluir
  18. Renato, tudo bem? Sou design, ilustrador e animador digital. Sou graduado em São Paulo e estou objetivando fazer uma especialização em Orlando. Tenho 47 e querendo dar uma reviravolta na minha vida. Fui comissário de voo por 10 anos. Conheço bastante Miami, Orlando e Fort Lauderdale. Tenho um inglês intermediário. Será que dá tempo para eu fazer esta virada. Seja sincero. Grande abraço.
    meus contatos:
    augustoilustrador@hotmail.com
    https://www.behance.net/augustosilva

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Claro Luiz
      Eu vim com 40 anos e não era o mais velho da minha classe. Havia pessoas de 50 até 65 anos de idade estudando design. A idade está na nossa cabeça.
      Não espere, mude já!

      Excluir
  19. Parabéns Renato pelo Blog! Eficiente, eficaz e prático. Já estou fazendo contato com o Dr. Sergio.
    Nero César

    ResponderExcluir
  20. Renato, parabéns pelo seu Blog. Sou Contadora e tenho uma empresa no Brasil. Tenho 42 anos, casada e com 3 filhos (19,16 e 14 anos), falo inglês intermediário. Gostaria de fazer outra graduação nos EUA, é possível? Tem algum post seu falando como podemos nos candidatar a graduação? Tenho lido bastante sobre o assunto, pois é uma ideia que eu e meu marido estamos amadurecendo bastante.

    ResponderExcluir
  21. Renato, parabéns pelo seu blog! Morar nos EUA é uma ideia que vem cercando a mim e meu marido a bastante tempo. Sou contadora, 42 anos, casada e com 3 filhos (19,16 e 14 anos) e tenho uma empresa no Brasil, tenho vontade de fazer uma outra graduação nos EUA. Sei que é muito difícil conseguir um green card, tenho lido muito a respeito, mas sempre paira algumas dúvidas. Seria melhor ir abrindo uma filial nos EUA da minha empresa? Qual o capital inicial para isso? Seria os U$ 500.000 ? ou ir como estudante? Tem limite de idade? Como faz pra se candidatar? Você tem algum post especifico para isso?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jurema
      Não, a abertura de empresa é um visto diferente do investidor de 500 mil. O visto chama-se L1. Pesquise sobre ele.
      Consulte um advogado brasileiro
      Eu indico a Érika Teixeira 321-594-0774

      Excluir
    2. Obrigado Renato. Vou ligar pra me informar.

      Excluir
  22. muita loucura ...e muita coisa que voces ainda nao conhecem que favoecem pra ganhar dinheiro nos estados unidos ..... para os pobres principalmente.... de uma boa olhada na internet .... se voce e residente nos estados unidos , nao falta oportunidade ,,,,, o extra que ganhar com seu tepo livre da pra pagar muita coisa ......... agora o tal brasileiro realmente ser preguisoso e quer tudo de bandeija ..... pracurem as oportunidades on line para ajudar eles estao ai para voces

    ResponderExcluir
  23. Quero me mudar pros EUA e trabalhar na área 51, como faço?

    ResponderExcluir
  24. Quero morar nos EUA e trabalhar na área 51 como faço?

    ResponderExcluir
  25. Quero morar nos EUA e trabalhar na área 51 como faço?

    ResponderExcluir
  26. Renato,
    Qual advogado você indicaria?

    ResponderExcluir
  27. Respostas
    1. Erika Teixeira
      mande um email
      rs_alves@hotmail.com

      Excluir
  28. Oi, Bom dia.
    Meu nome é Lionel Tau, sou nascido em Madison, Wisconsin , e resido no Brasil há 15 anos. Estou numa união estável há 9 anos com Luciana, brasileira de São Paulo, que possui no seu passaporte brasileiro visto de turista ( vencido ). Também ela possui a cidadania italiana.
    Temos um filho de 4 anos nascido no Brasil.
    Gostaríamos de ir morar nos Estados Unidos e escolarizar o nosso filho lá .
    Qual é a melhor forma para obter as residências ( Ou visto permanente ) para minha família ?? casar Aqui no Brasil ou nos estados unidos ??? Como ???? Quais os documentos necessários ???
    É verdade que casar nos EUA é menos burocrático?
    Qual seria o melhor caminho para podermos viver nos Eua legalmente, escolarizar o nosso filho, poder trabalhar e tudo, sem burlar as autoridades americanas ?.??

    Desde já fico agradecido pela atenção.
    Muito obrigado e fico no aguardo.
    Lionel Tau.
    liontau@hotmail.com

    ResponderExcluir
  29. Renato, eu não tenho parentes ou amigo nos eua, tenho como ir pra la ?

    ResponderExcluir
  30. Tambem gostaria de saber quanto levar junto para mim pagar aluguel ou depender comprar, etc...

    ResponderExcluir
  31. Você disse que se uma pessoa pudesse ter o SSN, milhares de imigrantes se legalizariam, certo? Eu acho que você está bem equivocado, pois conheço pessoas que tem o SSN, aliás, tem todos os documentos que um residente tem, menos a residência, ou seja, o green card. Pagam suas taxas certinho. Falta apenas o direito de poder ir e sair do país. Fora isso, eles tem todos os documentos!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi
      Sim, o que eu quis dizer é que os ilegais sonham com o SSN para poder trabalhar legalmente. Somente o SSN pode fornecer isso. Algumas pessoas antes do 11/09 tiraram SSN pois o governo permitia. Nestes casos a pessoa tem o SSN e não o Green Card. Mas hoje é diferente, não se pode ter SSN a não ser se abrir empresa aqui, se casar, se cursar uma faculadade ou se for contratado por uma empresa americana.
      Abs

      Excluir
  32. Ola Renato, adoro suas dicas, porem queria me programar com algo especifico para ir morar nos EUA, tenho 02 filhos, vou me aposentar daqui 02 anos.Meu marido teria que trabalhar em algo voltado para ar condicionado, ele é especialista nisso, ja tem muita experiencia, e eu queria ir pra ser dona de casa mesmo..rs e educar meus filhos nesse pais. Me de alguma dica de iniciação.. devo ir com ele ver se acha algo ja pra trabalhar e depois eu vou? Procuro uma advogada que tenha indicações? Muito grata se me ajudar. Att
    Simone

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Simone também estou com essa dúvida. Meu marido trabalha com ar condicionado no Brasil. ...mas parece que lá as exigências são enormes p trabalhos nessa área

      Excluir
  33. Olá, Renato, eu e meu marido (já temos 60 mais alguns...rsrsrs), estamos voltando para o Brasil, depois de uns dias aqui na casa de uns primos. Vimos até algum mas casas boas em algumas ns condomínios por aqui na Flórida. Gostamos daqui. Já tínhamos vindo aqui em outra epoca, qdo éramos mais novos. Agora com nossos filhos casados morando na Europa, de repente pensamos em.morar aqui na Florida, q tem o tempo bem parecido com o Brasil. Somos aposentados. Vc vê possibilidade? Temos recursos para nos manter e condições de.xomprar uma casa, um carro...
    Aguardo seu retorno. Desde já, obrigada.

    ResponderExcluir
  34. Trabalho com ar condicionado no Brasil. ..tenho chances de abrir uma empresa EUA?

    ResponderExcluir
  35. Olá, Muito boas as informações expostas neste blog.

    ResponderExcluir
  36. Olá, sou formado em Direito e estudo Engenharia de Produção, sou domiciliado em SÃO Paulo-BR. A minha pergunta reside em saber se aos 47 anos de idade, vale tentar ingressar nos EUA como bacharel ou tentar terminar o curso de Engenharia de Produção em alguma universidade deste País, Oque é mais indicado para permanecer neste lugar?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Sergio claro!!!
      Pesquise as universidades e fale com os representantes. Eles irão te dar o caminho das pedras que para cada universidade é diferente
      abs e boa sorte

      Excluir
  37. Oi. Td bem? Sou advogada. Casada. Tenho dois filhos, um com 2 anos e um com 5 meses. Meu marido tem uma empresa de segurança eletrônica. Tivemos a ideia de morar fora pelos nossos filhos, no Brasil não se pode contar com segurança ou saúde. Qual seria a melhor forma? Ele poderia montar uma filial da empresa lá? Qual melhor local para morar e ter uma boa educação para meus filhos? Saúde descente, e segurança? Eu teria q fazer um novo curso para atuar como advogada? Obrigada

    ResponderExcluir
  38. Oi. Td bem? Sou advogada. Casada. Tenho dois filhos, um com 2 anos e um com 5 meses. Meu marido tem uma empresa de segurança eletrônica. Tivemos a ideia de morar fora pelos nossos filhos, no Brasil não se pode contar com segurança ou saúde. Qual seria a melhor forma? Ele poderia montar uma filial da empresa lá? Qual melhor local para morar e ter uma boa educação para meus filhos? Saúde descente, e segurança? Eu teria q fazer um novo curso para atuar como advogada? Obrigada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Juliana
      O melhoré você consultar um advogado de imigração em Orlando. Uma vez decidido o plano de imigração, daí você pensa no bairro, escola, casa, etc.
      Eu recomendo a Erika Teixeira Advogada 321-594-0774

      Excluir
  39. Renato, bom dia. Excelente informações q voce passa.
    Uma duvida, se eu for pros EUA com o visto de work experience, eu vou ter o SSN correto? Sendo esse SSN pro resto da vida, no terceiro mês lá eu querer mudar o status pra estudante, vou permanecer com o SSN, sendo que meu visto sera de estudante. Nesse caso, eu ficaria legal nos EUA, mas conseguiria trabalho ''ilegal'' mesmo com SSN,correto?

    ResponderExcluir
  40. por favor me ajudem eu quero morar nos eua por uns dois anos com uma familia americana pois sou menor (tenho 13) so encontro propostas de high scool e nesse programa so ficamos la 1 ano ou 6 meses e quero muito fazer isso por favor me ajudem

    (ignorem erros de portugues)

    ResponderExcluir
  41. por favor me ajudem eu quero morar nos eua por uns dois anos com uma familia americana pois sou menor (tenho 13) so encontro propostas de high scool e nesse programa so ficamos la 1 ano ou 6 meses e quero muito fazer isso por favor me ajudem

    (ignorem erros de portugues)

    ResponderExcluir
  42. Olá, meu nome é Lucio Costa, li o seu post e me veio a cabeça uma dúvida que já tinha pesquisado antes e não encontrei. Em caso de um brasileiro querer comprar um imóvel nos EUA ele terá alguma facilidade na aquisição de visto permanente, independente de possuir esses outros critérios mencionados no post. Não sei se tem algum outro post sobre esse assunto especificamente, mas como funcionaria nesse caso para compra de imóveis e permissão de residência legalizada? Obrigado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lucio
      A compra do imóvel aqui não ajuda nem atrapalha no processo de imigração. É algo totalmente independente e não te dá vantagem nenhuma, nem facilidade nem dificuldade. A imigração não olha e o imóvel não influencia a decisão deles.
      Abs
      http://brasileirovivendonoseua.blogspot.com/2013/02/como-imigrar-para-os-eua_16.html

      Excluir
  43. Oi tudo bem, eu tenho 16 anos e quando eu terminar os estudos eu queria ir morar aí no EUA para trabalhar e fazer uma faculdade como vc acha q devo fazer para conseguir ir morar ai?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu acho que vc deve começar por ler este post e o blog inteiro e outros blogs além do site da embaixada americana no Brasil
      http://brasileirovivendonoseua.blogspot.com/2013/02/como-imigrar-para-os-eua_16.html

      Excluir
  44. Renato, Obrigado pelas informações. Tenho uma duvida, atualmente tenho meu visto de turismo e estou em busca do meu Green Card, Tenho uma irmã que se casou nos EUA e mora lá a mais de 6 anos, gostaria de saber se pelo fato dela já ser uma cidadã americana eu tenho algum direito em solicitar o meu?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não. Ela pode pedir um green card pra vc mas demora 12 anos pra sair.
      COnsulte um advogado de imigração
      Abs

      Excluir
    2. Obrigado pela atenção, nesse período tenho que aguardar no Pais se sim ficaria Ilegal ?

      Excluir
    3. Eu também tenho uma irmã que tem o visto de americana e mora em Las Vegas há mais de 6 anos, gostaria de saber se eu (que tenho 17 anos) conseguiria estudar em uma escola puclica lá, para fazer o 3° ano, nesse caso o Senior High School?

      Excluir
  45. Renato,
    Estou maravilhada com seu blog!
    Nossa! Como é bom ver um brasileiro vencendo na Terra do Tio Sam!
    Parabéns!
    Estou cursando o técnico de Design de Interiores e tenho experiência como projetista e vendedora de móveis planejados ha 14 anos.
    Saberia me fizer como anda o mercado aí pra essa área? Sei que existem diversas empresas brasileiras abrindo filiais em Miami e teria interesse em recomeçar minha vida em outro país.
    Comecei a te seguir no instagram e espero manter contato.
    Estarei me inspirando nos seus projetos rsrsrs
    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Kary!!
      Móveis planejados não é muito coisa de americano, mais de brasileiros mesmo pois as casas aqui já são vendidas com tudo de banheiro e cozinha e americano não tem guarda roupas e sim closets embutidos. Você precisa tentar arrumar emprego em empresas de reforma de cozinhas e banheiros. Eles sempre precisam de projetistas!
      Abraços!!

      Excluir
  46. Olá Renato, muito bom seu blog, parabéns! Tenho uma dúvida e não encontrei alguém que pudesse sana-la.
    Sempre que pesquiso algo como "trabalhar e morar nos EUA" vejo a questão da possibilidade emprego em uma empresa americana, que deve ver em mim a pessoa que eles tanto buscaram a ponto de contratarem a mim ao invés de um nativo. Isso me soa muito corporativo, como se eu estivesse me aplicando a uma vaga em empresas grandes em Houston. Como sou tatuador, conseguir um contato com algum estúdio de tatuagem (mesmo que pequeno) me traria a possibilidade de um visto permanente de trabalho? Indago isto, pois um artista é diferente de outro, logo o fato de preferirem um artista estrangeiro (eu) a um americano seria bem aceitável. O estúdio, por sua vez teria que estar disposto a lidar com toda a burocracia de levar um estrangeiro para trabalhar lá, e ai entra minha segunda pergunta: Seria, de fato, burocrático este processo de contratação?

    Desde já quero agradecer-lhe por abrir este espaço para ajudar os que possuem dúvidas. Muito Obrigado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Luan
      O visto H1-B que é para constratação de mao de obra estrangeira, pela lei, só pode contratar empregados com diploma bacharel e somente na área de formação. Artistas, etc não se enquadram nesta categoria portanto não podem receber visto de trabalho. Só quem tem faculdade mesmo, infelizmente.
      No entanto há brechas. Se vc tiver 12 anos de experiência e tiver algo que a empresa não encontra nos locais, pode tentar.
      NO final a melhor opção é contatar os studios, mostrar seu trabalho, vir e consultar um advogado de imigração.
      Abs

      Excluir
  47. Olá Renato, gostaria de tirar uma dúvida. Sou formada em direito e tenho o sonho de morar me Miami. Então comecei a pesquisar sobre o curso de paralegal, e li que após o término do curso, a pessoa tem direito de ficar apenas um ano trabalhando como paralegal, ou seja, se você não conseguir achar um empregador que queira ser seu “sponsor” , a pessoa perde todo o investimento, certo? Aguardo respostas.. Parabéns pelo blog!!

    ResponderExcluir
  48. Olá Renato, gostaria de tirar uma dúvida. Sou formada em direito e tenho o sonho de morar me Miami. Então comecei a pesquisar sobre o curso de paralegal, e li que após o término do curso, a pessoa tem direito de ficar apenas um ano trabalhando como paralegal, ou seja, se você não conseguir achar um empregador que queira ser seu “sponsor” , a pessoa perde todo o investimento, certo? Aguardo respostas.. Parabéns pelo blog!!

    ResponderExcluir
  49. Muito bom o blog..só li alguns posts..mas é bom mostrar a realidade desses dois mundos..eu sei muito bem oq é viver estudar e ralar nos eua...morei 7anos concluí meu 2 grau lá..e fiz um curso de design de interiores no instituto de artes em boston..voltei para o brasil pq o advogado errou no meu processo e perdi o green card(tinha visto religioso) e 15mil também..bem qse um ano formado em arquitetura na PUC Go claro que não se compara a uma faculdade nos eua..mas as vezes paro para pensar será que é melhor ganhar pouco para ser desenhista nos eua ou passar qse um ano sem conseguir um projeto..por causa da crise e dos engenheiros que podem fazer meu trabalho mais barato..é tenso..mas ja trabalhei em todas as áreas em construção e até demolição nos eua..trabalhos que muitos não fariam..mas não me envergonho de nada...até agradeço pq..muitas coisas que aprendi..me ajudaram na faculdade e até em achar estágio em um bom escritório da capital...mas hoje a realidade é outra..como morei ai 7 anos...eu amo esse lugar..a educação das pessoas..a limpeza das cidades..e msm no rush do trânsito de boston não ficava estressado..oq resta é tentar juntar uma graninha para tentar voltar e ser feliz..não sei se trabalhando na minha área..mas vou tentar..e se me permite..já que o renato não é meu concorrente aq..kkk vai meu portfolio digital

    https://issuu.com/eas.arqstudio/docs/eas_arqstudio

    A coisa ta feia pra todo mundo...e uma dica qr ir para os eua..vai...mas não vá pensando que é fácil..tem que ralar e não tenha medo...pergunte..lute..trabalhe..respeite...vc tb tem direitos..não seje brasileiro que pensa pequeno..seja esperto..mas não malandro..esses não tem sorte...é minha dica..

    ResponderExcluir
  50. Renato,

    Tenho casa em Orlando e estarei indo com minha família no início de 2017. Moro no Rio de Janeiro. Estou com uma advogada de imigração contratada para dar entrada no meu visto de H1-B em primeiro de abril de 2017. Minha esposa fará o curso de inglês em um College de Orlando para podermos ficar com o visto de estudante enquanto não obtenho o H1-B.

    Nesse período, como não posso trabalhar, mas posso permanecer como acompanhante de minha esposa, vou abrir uma empresa LLC para obter uma renda extra. Pergunta: posso abrir uma LLC enquanto estiver com o status de estudante e auferir renda com essa empresa? Posso contratar empregados para a LLC legalmente ?

    Por quanto tempo minha esposa podera ficar como estudante ? Após dois anos de inglês ela pretende aplicar para um College na área de saúde, já que possui pós-graduação nessa área no Brasil. Durante o período em que ela estiver no College, assim como minhas filhas, eu posso permanecer legalmente nos EUA, certo ?

    Após muito tempo com a LLC funcionando com empregados americanos legalmente contratados, pagando todos os impostos corretamente, existe alguma forma de tentar a residência permanente ?

    Agradeço sua atenção e os posts que tem colocado.

    Atenciosamente,

    João Ribeiro

    ResponderExcluir
  51. Caro Renato,

    Resido no Rio de Janeiro e possuo uma casa em Orlando. Estou com uma advogada de imigração contratada para dar entrada junto a empresa patrocinadora americana no meu visto de H1-B em primeiro de abril de 2017. Minha esposa estará cursando a partir do início de 2017 um curso de inglês em um College em Orlando para aprimorar o idioma e podermos, eu e minhas filhas, permanecermos legalmente nos EUA até que saia a decisão do H1-B.

    Apesar de estarmos com uma disponibilidade financeira boa para iniciarmos essa nova fase nos EUA e de já possuirmos residência própria em Orlando, desejo abrir uma empresa LLC para auferir uma renda adicional, já que, no status de estudante, não poderei trabalhar como contratado legal. Pergunta: posso abrir a LLC, inclusive contratando mão de obra legal local, auferindo os resultados financeiros da empresa, mesmo com o status de estudante ?

    Minha esposa após o curso de inglês -estimado em dois anos- pretende aplicar para um College na área de saúde, já que possui pôs graduação aqui no Brasil e gostaria de ter o bacharel nos EUA, com posterior mestrado tb nos EUA, visando uma possível colocação no mercado americano futuramente, quer seja como H1-B quer seja como investidora na área de saúde.

    Durante o período em que minha esposa e filhas estiverem no College, poderei manter ativa minha LLC ou uma Corporate nos EUA ?

    Apos bastante tempo da LLC ou Corporate funcionando, contratando americanos e pagando as taxas e impostos devidos corretamente, existe alguma possibilidade de solicitar residência permanente ?

    Grato pela atenção e pelos posts que tem colocado.

    Cordialmente,

    João Ribeiro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. João, você pode. Qualquer um pode, até mesmo imigrantes ilegais podem abrir uma LLC pois o governo não vai negar o IR que vem delas, seja lá quem for o sócio ou proprietário.
      No entanto, se você estará em um processo de visto H1-B ou qualquer outro visto de trabalho. Se a imigração consultar seu nome e ver que vc possui uma LLC no país, seu processo de visto é automaticamente cancelado.
      Converse com seu advogado!
      Abs

      Excluir
  52. Obrigado Renato. Conversarei com meu advogado.

    Grato pelo retorno.

    ResponderExcluir
  53. Renato, uma ocasiao, more I nos EU e a Universidad me deu o Social Security, porem nao tenho o numero. Sabe como faco para recuperar?

    ResponderExcluir
  54. Renato, boa tarde! Minha situação é parecida com a do Gabriel. Eu fui trabalhar na Disney em 2003 e eles emitiram um Social Security para mim, porém como fiquei só 3 meses, não deu tempo de chegar o cartão e eu não tenho o número. Você saberia me orientar como recuperar o Social Security? Outra pergunta, se eu estiver com esse documento em mãos eu consigo obter um emprego legalmente, mesmo que o meu visto seja de turista? Obrigada! Boa sorte!

    ResponderExcluir
  55. Olá Renato...muito informativo o seu blog...gostei muito.
    Pergunto...tenho 46 anos e minha esposa 35...acabamos de chegar de Miami e ficamos maravilhados com as duas semanas que passamos lá...deu até tristeza voltar para o RJ...eu sou autônomo aqui e minha esposa é pensionista com uma renda de aproximadamente 15.000 reais (aproximadamente 4.200 doares)...se vender o que tenho aqui...chego a uns 40 mil dólares...nessa situação, o que vc me indica pra tentar aí...sendo que bem ou mal já partiria de uma renda de 4200 dólares certos...obrigado...abçs.

    ResponderExcluir
  56. Olá Renato...gostei muito do seu blog...gostaria de te perguntar uma coisa...tenho 46 anos e minha esposa 35...eu sou autônomo e como tal não teria vaga garantida no mercado de trabalho americano...mas minha esposa tem uma pensão vitalícia mensal de 15.000 reais líquidos (4.200 dólares aproximadamente)...se vender o que tenho aqui...iria angariar uns 40 mil dólares...já tenho visto de turista por 10 anos e autorização pra dirigir por quatro anos...o que vc me indicaria pra ir morar aí...sendo que já iria com no mínimo $4.200 dólares mensais para manter a mim e minha esposa...desde já agradeço...abçs.

    ResponderExcluir
  57. Complicada essa questão, mas parece que isso deve mudar com a entrada de Trump no governo no próximo ano.

    ResponderExcluir
  58. Gostei do blog, obrigado por este conteúdo.

    ResponderExcluir
  59. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  60. Boa tarde!
    Estou pensando seriamente em ir morar nos EUA. Tenho 48 anos e possuo a nacionalidade norte americana, mas vivo no Brasil desde o cinco anos. Sou Engenheiro Civil e tenho Mestrado em Administração, sempre trabalhei como gerente na área de engenharia e manutenção hospitalar, mas infelizmente desde 2013 estou fora da área. Venho dando aulas de Edificações e Topografia numa faculdade de Engenharia.
    Sou casado e tenho dois filhos, um de nove e outro de sete anos e minha esposa trabalha na área de hotelaria, e ela tem um pouco de medo de mudar de país.
    Gostaria de receber informações e opiniões de pessoas que talvez tenham passado por experiência parecida e resolveram mudar para os EUA.
    Obrigado,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Marcio
      Se você precisa de um relato meu já está tudo escrito aqui no blog
      Boa leitura e abs

      Excluir
    2. Oi Renato!
      Conheço seu blog há algum tempo e me foi muito útil na última viagem que fiz para Orlando.
      Já havia lido seu relato, mas foi muito bom ler novamente pois percebi algumas similaridades, Vila Mariana, Engenharia, Professor, agora só falta eu ir morar em Orlando e comprar um imóvel contigo,
      Parabéns pelo Blog e Obrigado.

      Excluir
    3. Que legal!!
      Grande abraço!!

      Excluir
  61. Oi Renato .Boa tarde , Gostaria que você me tirasse uma dúvida,é o seguinte,eu e minha familia, esposa e duas filhas de 11 e 14 anos. estamos a qualquer momento receber a legalizaçao para entrar nos estados unidos atraves do green card;do qual já esta em processo a varios anos que foi concedido atraves da minha irmã que se encontra lá legal a muitos anos;vale a pena largar tudo aqui no brasil para morar e trabalhar legal nos estados unidos, obrigado pela atençao abraços

    ResponderExcluir
  62. Ola Anonimo
    Leia alguns dos meus posts aqui no blog que vc tera sua resposta
    abs e boa sorte

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OI Renato; li os seus posts no blog;mas nehum deles se encaixam na minha situação e não achei respostas para o meu caso mesmo assim agradeço pela atençao muito obrigado ... Anonimo

      Excluir
  63. Olá Renato...meu e Ana Cláudia,muito claro e objetivo seu post! Li que ir com o visto de turista para os EUA e depois trocar para o de estudante não é seguro.Fiquei preocupada,pois minha filha pretende fazer isso.Desculpe,mas gostaria de me certificar se é isso mesmo.Sou ignorante neste assunto!Obrigada

    ResponderExcluir
  64. Olá Renato, tudo bom?
    então... Estou pensando em fazer faculdade nos estados unidos, mas já faço recursos humanos aqui no brasil e terminarei no ano que vem. Vi que há opções mais baratas para cursar faculdade aí nos EUA, como as community colleges, já falei com amigos americanos, que não souberam me ajudar, também já procurei em sites, mas achei vários que falam coisas bem diferentes, fiquei na dúvida em qual confiar, e acabei ficando com mais perguntas do que respostas. Você poderia me ajudar? As vezes você, brasileiro, que já esteve na minha situação de procurar a melhor opção de faculdade ai nos eua, tenha melhores informações.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Suyane
      Cada faculdade tem um processo diferente, cada estado, etc. Eu só sei mesmo como era o processo aqui na minha faculdade, pois só tentei uma. E ela nem existe mais
      Você precisa:
      Escolher o curso
      Daí escolhe a faculdade e o estado e cidade
      No site da faculdade vai ter tudo o que vc precisa saber
      Pode perguntar. Se eu já não tiver escrito aqui respondo
      Abs

      Excluir
    2. Oi Renato,
      primeiro, eu super agradeço pela sua compreensão!
      E na verdade, já escolhi faculdade e tudo, mas eu tenho uma perguntinha que não consta no site da faculdade e nem em outros, e que talvez você saiba.
      então... eu já vou ter um diploma de uma universidade brasileira quando aplicar para a americana, que seria muito parecido com um associate degree aí, poderia no caso diminuir os meus créditos nos eua?
      Ao invés de fazer 4 anos de bacharelado, faria só os dois que restam, como se fosse realmente um processo de associate degree.

      Excluir
    3. Então, como eu te falei, no site da faculdade vai ter essa informação. Geralmente a resposta é SIM. No entanto você tem que trazer aos EUA o seu histórico completo e para que eles te dêm o crédito tem que especificar exatamente quantas horas de curso você teve e EXATAMENTE DETALHADO TODO O CONTEÚDO ESTUDADO.
      Traduzido, juramentado aí eles podem olhar.
      Eu não tinha isso e me ferrei
      Abs e boa sorte

      Excluir

Etiqueta cai bem em qualquer lugar, até na internet. Seja educado ao comentar e perguntar. Olá..., meu nome é..., por favor e obrigado são palavras que ainda estão em uso e mostram cordialidade. Afinal, o blog não é balcão de informações de shopping e embora eu esclareça as dúvidas de todos de bom grado, não ganho nada para isso.
Obrigado por comentar e abração!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...