sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

O que é “White Trash”?



www.whitetrashnation.net
           O termo White Trash (literalmente lixo branco) não é fácil de definir. Em primeiro lugar, trata-se de um termo pejorativo associado a pessoas brancas, pobres e de conduta questionável. Procurando no Google por imagens de White Trash a confusão faz-se maior. VIP’s como Britney Spears e outros famosos aparecem como White Trash. Então não se trata somente da questão financeira, mas também comportamento.



        O mais remoto relato do termo data de 1830, onde escravos negros americanos referiam-se a brancos pobres como White Trash. Hoje em dia, o termo é usado em uma infinidade de situações. Mas saiba que chamar alguém de White Trash é algo sério e além de ofender, pode arrumar uma baita briga.
 
           A primeira vez que eu ouvi esse termo foi aqui em casa. Em um dos feriados em que eu planejava fazer uma mega limpeza na casa para receber os parentes da Louise. O Robert disse: “Não se preocupe, eles são White Trash, nem vão perceber a limpeza”. O quê? Como assim?? Daí eu perguntei o que era White Trash ao que eles me explicaram que era um termo usado para pessoas brancas, pobres e sujas. De cara já não gostei de ele se referir à própria família como sendo White Trash. No feriado entendi um pouco o que ele queria dizer e vou explicar por que.
A irmã da Louise veio para o Thanksgiving (o feriado mais importante nos EUA) vestindo uma calça velha, manchada e uma camiseta que poucas mulheres no Brasil usariam para faxinar a casa. Os filhos, ambos vestidos como Rapers, com tatuagens, bonés, bermudas longas e tênis de cano alto, só falaram besteira o tempo todo. O esquisito é que eles têm por volta de 40 anos e tem filhos No entanto, se vestem como adolescentes. A namorada de um deles tem os dentes escuros, quase pretos. E a esposa do outro acompanhou o modelito da sogra. Fiquei olhando para a Louise toda arrumada em comparação com a irmã e sobrinhos. Os carros deles então era um desgosto de olhar. Eu me lembro do carro da avó do Bobby a primeira vez que fui visitar a Loretta com eles. Embora a Loretta tenha 90 anos, viva sozinha em uma casa super arrumada e sem empregada, seu carro antigo estava em ótimas condições. Ela deu o carro para a filha (irmã da Louise) porque não podia mais dirigir devido à idade e por estar doente. Quando a irmã da Louise veio aqui com o carro 2 meses depois, o carro parecia um caminhão de lixo. A avó do Robert ficou muito decepcionada com a maneira como a filha trata o presente. Depois do feriado o Robert me perguntou “Viu o que é White Trash?” e eu não respondi absolutamente nada.




          Nesses dois anos ouvi novamente o uso do termo algumas vezes. Alguns na escola, se referindo a outros alunos e aqui em casa também. Na TV passou uma propaganda daqueles shows de caminhonetes com rodas enormes que estraçalham carros menores em uma arena e o Robert disse “isso é atração de White Trash”. Programas de televisão onde as pessoas vão lavar roupa suja e acaba em pancadaria é considerado programa de White Trash (embora o Robert assista e se mate de rir...). Pensando nisso White Trash pode ser brega também? Não sei...





          Há certo preconceito contra White Trashs. Muitos os consideram rebeldes, imprevisíveis, perigosos e metidos com algo ilegal. Mas como os americanos têm bom humor, há também festas “White Trash” muito engraçadas, onde as pessoas se fantasiam com roupas como de quadrilha, dentes pintados de preto, mulheres grávidas de 9 meses fumando e bebendo e por aí vai. No Natal eu vi uma decoração em um jardim completamente brega, em um bairro de classe média baixa. Uns 200 itens de Natal espalhados pela grama, luzes, renas, duendes, tudo o que se pode imaginar. O Robert disse “White Trash definitivamente” Aff! 


Festas White Trash, será verdade?


          Algumas visitas do Brasil ensinaram ao Robert a palavra “gentalha” que se tornou a palavra preferida dele em português e que agora ele substitui por White Trash. Quer ver White Trash em operação? Vá ao Wal-Mart!! Veja algumas fotos que eu vi no site People of Wal-Mart.

No youtube tem um desenho engraçado sobre um Natal White Trash :)

E você, tem alguma experiência ou uma definição melhor para compartilhar conosco?
Abs!

36 comentários:

  1. Nossa Renato! Tô passada na manteiga! Rs... Gostei muito desse post , aliás, estou bem surpresa. Não dá prá acreditar que as pessoas vivem assim né? Mas é bem como vc falou mesmo; é uma questão de comportamento. Apesar que em certos casos , a questão financeira e o mau gosto tb contribuem. Em todo o caso, esse post é bem interessante. Vou compartilhar no Facebook tá? Abs. Lana

    ResponderExcluir
  2. Nunca tinha ouvido essa expressão! Achei bem próxima do termo redneck que eles usam muito aqui. Qual será a diferença? Acho que talvez o redneck não esteja relacionado a perigo...sei não :). Gostei que você arrumou tempo para publicar tantos posts seguidos aqui!

    ResponderExcluir
  3. Obrigado Lana!

    Lorna, pesquisei também sobre isso. Os rednecks parecem ser mais fazendeiros pobres(que trabalham ao sol e tem pescoço vermelho), radicais e racistas
    Dá uma olhada aqui
    http://en.wikipedia.org/wiki/Redneck
    Bjs!

    ResponderExcluir
  4. Valeu pelo post! Lembrei da música "White Trash Wedding" das Dixie Chicks (um de meus grupos favoritos) e também do clipe "Why Don't You Get A Job?" do Offspring, onde um cara bem white trash assiste TV e joga mostarda de propósito na camiseta. aiuhaiuha

    ResponderExcluir
  5. Renato, digamos que essa explicação seja o conceito da expressão, mas ela é usada em todos os exemplos que você citou no post, menos em relação a serem perigosos. :)

    Fiquei pensando que talvez aqui na roça use-se mais o termo redneck, já que faz parte da cultura. Uma possibilidade, né?

    ResponderExcluir
  6. Povo bagaceiro ou gentalha.

    ResponderExcluir
  7. Ah, lembrei outra também: zé povinho.

    Vale lembrar que dinheiro não compra elegância.

    ResponderExcluir
  8. Me acabei de rir com as fotos, eu já tinha ouvido falar desse termo, e também já tinha visto um comediante americano que postou um video no youtube, fazendo uma piada sobre white trash.
    deprimente alguém viver assim.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  9. Boa tarde Renato
    Baixo nível total, me lembrou as fotos que as pessoas de gosto duvidoso postam no Orkut; no banheiro, na lage, na caixa de água...
    Um abraço
    Alessandra Haak

    ResponderExcluir
  10. oie Renato.
    Adorei seu novo post. Bom quanto ao White Trash, mistura de falta de educação, desmazelo, sei lá como dizer. É um termo polêmico, mas faz parte da cultura americana, e vc se propos a falar sobre ele e o fez com maestria. Parabéns!!!
    Ps1: as fotos do wal-mart são assustadoras.
    ps2: Como vai a Annabelle?
    ps3: vi o termo numa entrevista com o Dr. Rey no E! e ele foi considerado White Trash, quando estudante de medicina, por ser latino e pobre.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Regina
      A Annabelle está bem. Tá uma luta aqui pra livrar ela das pulgas. Ela adora o Dog Park mas pelo jeito não dá mais pra ir porque ela volta cheia de pulgas e tem alergia do shampoo anti-pulgas. A veterinária receitou Front Line (caro aqui também) uma vez por mês!! Vamos ver
      Bjs

      Excluir
    2. Renato, já usei Frontline aqui mas ñ resolveu. Minha filha é veterinária e recomendou Revolution (mesmo preço) e foi maravilhoso. Espero q vc se acerte c/ a Annabelle, bjs

      Excluir
    3. Obrigado Judy
      Vou procurar esse produto, porque parece que o frontline não está resolvendo mesmo.
      'bjs!!

      Excluir
  11. Aqui na Holanda chamam quem é assim de "aso", abreviação de "asociaal" (anti-social, que não sabe viver em comunidade). Ou seja: quem tem a casa muito suja, está muito gordo, xinga, põe música no alto, aparência muito desalinhada. Veja o famoso filme "Flodder" dos anos 80, dá um google.
    E tem também a família real "Tokkie" cujos membros causaram tantos transtornos ao vizinhos, que eles passaram a chamar a polícia e isso rendeu um reality show com a incrível família porca. Dá uma goggada também.
    Há um psiquiatra inglês que depois de muito analisar o comportamento de "losers"em prisões, centros de internamento para adolescentes criminais e mães solteiras, etc. publicou um livro muito estrondoso a respeito. Dizendo que são preguiçosos e culpando o sistema de bem estar inglês que dá bercinho a essas pessoas. Ele chegou a se mudar com a mulher para o interior da Espanha para uma pueblocito bem tradicional por não suportar mais ver para todo lado na Inglaterra mães adolescentes solteiras cheias de dreadlocks, tatuagens, dente com ouro entrando em pubs cheio de fumaça com bebês no colo. Ou famílias que já estavam na terceira geração de desempregados que sobreviviam de auxílio desemprego. Eles justificavam o vçio ou o crime que praticavam como algo completamente separado da vontade e controle dele. Diziam: fui "sugado" para dentro do bar. A faca "escorregou" das minhas mãos para o peito do meu inimigo. Meu filho "pediu" para eu dar uma surra nele.
    Todos esses "white trash" pelo mundo dito "rico" nos devem fazer pensar em re-afirmar nossos valores de limpeza, cordialidade para com o próximo, disciplina, saúde, auto-controle, perseverança e fé nos sonhos. Caso contrário, a gente se deteriora como ser humano.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ana
      Adorei seu comentário. Como sempre muito esclarecedor! Vou googolar as coisas que você falou. Fiquei curioso. Concordo com vc. A gente tem sempre que ficar alerta porque eu acho que a mãe de todos os vícios, como aprendi no colégio de padres, é a preguiça. Aqui também tem gerações de pessoas vivendo do Welfare e tem muita gente puta com isso!
      Bjs

      Excluir
  12. Pois, é, Renato, o resumo da obra é que "povinho" ou "gentalha" tem em todo lugar do mundo, porque civilidade e educação é algo próprio de cada um. Quem procura ser uma pessoa melhor consegue sempre, independente do lugar onde viva, assim como consegue ser um porco, se quiser, ainda que tenha nascido num país de primeiro mundo. Momento bajulação: você seria um gentleman ainda que vivesse entre os vikings. Beijinho, aguardando o próximo post.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah Simone
      Obrigado! Adorei o momento bajulação! hehehe
      Vc tem razão, gentalha tem em qualquer lugar.
      beijao!

      Excluir
  13. O post saiu mais rápido do que imaginava! Muito bom o post.

    Acho que a diferença entre red neck e white trash é essa mesmo que falaram, white trash está mais ligado a um tipo de comportamento (gente sem nível e caráter), enquanto red neck está mais ligado à cultura (gente que nasceu no interior e não tem educação).

    Uma curiosidade sobre o termo white trash, é que ele é altamente pejorativo porque na visão racista não existe black trash, os negros já seriam trash por natureza... se algum dia vc se perguntou porque só existe white trash, eis a resposta.

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. tb nao existe mexican trash , asian trash.... pelo mesmo motivo

      Excluir
  14. Eu já tinha ouvido falar nessa expressão por que gosto de assistir seriados americanos. Quando alguns mencionam os white trash e os rednecks é sempre de modo pejorativo. Tem um seriado chamado My Name is Earl que acho que mostra bem o que é ser white trash.

    Acho que a maioria dos rednecks são white trash. Mas nem todos os white trashes são rednecks.

    Erika

    ResponderExcluir
  15. Oi Renato, acho que white trash pelo que vi nas fotos em português ficaria tipo "favelado". como vai a vida ai nos States?

    ResponderExcluir
  16. Pelo o que eu entendi, white trash deve ser algo parecido com o "nem" aqui do Rio de Janeiro, pra ser mais específico!
    Abraços e excelente blog!

    ResponderExcluir
  17. Oi, só para esclarecer... redneck significa caipira.
    Um sinonimo para redneck é hick. Chamar alguém do interior de redneck ou hick, é bastante ofensivo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. um filme que retrata bem esse universo toscos dos rednecks é Gummo e Deixe-me Viver com Michelle Pfeiffer!

      Beatriz Firmino Koerich - Forum do Bufalo

      Excluir
  18. Oi Renato, achei em um site a descrição de um White trash


    Gíria para pessoas brancas que normalmente vivem em um parque de trailers. Com baixa renda que gastam as suas declarações fiscais em coisas como TV de tela grande, em vez de roupas para seus filhos. Essas pessoas tendem a ser bombástico e lutar com freqüência. Geralmente essas pessoas são ignorantes e têm pouca preocupação com a higiene pessoal. Para ver essas pessoas no seu melhor relógio Jerry Springer.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. a propria Britney Spears e um exemplo classico de White Trash--- dê uma busca na palavras Britney ugly que vcs vão se arrepiar!

      Jucy de jeovah

      Excluir
  19. ola renato.
    acho que aqui é o local adequado para a minha pergunta.
    fiquei curioso com relação aos bairros pobres. sei que é covardia, mas, gostaria de saber quais as heliopolis, paraisopolis de orlando.
    por favor, site alguns bairros para que eu possa bisbilhotar via street view.
    grande abraço.
    att. ronaldo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ronaldo, aqui não tem favelas mas tem bocadas
      A pior delas chama-se Pine Hills, procure no google
      Abs!!

      Excluir
  20. Olá Renato, achei muito interessante este post, assim como outros mais que tirei um tempo pra ler, não sei se vc conhece ou já ouviu falar, mas, Honey Boo Boo seria considerado white trash tbm né? E apesar de ser um tipo de visão negativa, é mt interessante conhecer essa cultura americana, se eu tivesse que apresentar um trabalho sobre isso, seria muito legal rs.

    Abraçs.
    Flávio R.

    ResponderExcluir
  21. Oi Renato, já estou me preparando pra ver essas "figuras", mais em Orlando tem esse tipo de gente, nos WalMart da vida? Sei que vou ver pessoas de pijamas, isso você comentou em outro post. Se esbarrar com alguém assim, com certeza vou tentar tirar uma foto rsrsrsrsrrs.
    Abraço
    Alexandre

    Ps.: Estou indo dia 16 de setembro, não vejo a hora, como minha esposa diz, "já estou com pico no suvaco" hehehehe

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahaha
      Sim verá, principalmente no Walmart!
      Abs

      Excluir
  22. Renato, antes de tudo, parabéns pelo texto.
    Após algumas visitas aos EUA, conheci o termo white trash. Realmente esse termo, como outros, que generalizam e classificam um grupo, pode ser empregado em diferentes situações, mas impreterivelmente, para se referir às pessoas de forma pejorativa e, fundamentalmente, preconceituosa.
    Vejo muita semelhança aos termos usados no Brasil como BREGA, CAFONA, GENTALHA, SUBURBANO, FAVELADO, FAROFEIRO, PARAÍBA, geralmente, mas nem sempre, pobres. Com a diferença de que, no Brasil, especificamos mais "nosso repúdio" para determinados grupos.
    Acontece que, o americano "autentico ou típico", pode se encaixar no termo white trash, no mínimo em BREGA. Mas quem é o verdadeiro americano? Os índios APACHES, COMANCHES, NAVAJOS, CHEROKEES, SIOUXS, entre outros ou os IMIGRANTES?
    Percebi que, todos os imigrantes, independente de suas origens, hipocritamente, requerem para as suas etnias o título de verdadeiros americanos e se referem preconceituosamente em relação as outras.
    Cada vez mais, vamos precisar conviver com a diversidade cultural, sob o risco de, ao não fazermos isso, reeditar projetos bem semelhantes ao nazismo.
    Em qualquer etnia existem grupos mais ou menos engajados na ditadura dos "bons costumes" e, sendo assim, poderíamos identificar os black trash, yellow trash, latinos trash.
    Extrapolando, poderíamos considerar os russos como o white trash mundial?
    Finalmente, considerando meu poder aquisitivo, ADORO O WALMART!!!
    Abraços.
    Wagner

    ResponderExcluir

Etiqueta cai bem em qualquer lugar, até na internet. Seja educado ao comentar e perguntar. Olá..., meu nome é..., por favor e obrigado são palavras que ainda estão em uso e mostram cordialidade. Afinal, o blog não é balcão de informações de shopping e embora eu esclareça as dúvidas de todos de bom grado, não ganho nada para isso.
Obrigado por comentar e abração!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...