sábado, 17 de novembro de 2012

Comprar um carro nos EUA



            O Robert dirigia uma Toyota 4 Runner 1996 já por 6 anos. Incrivelmente ele pagou 4 mil dólares pela Toyota. A kilometragem na 4 Runner já estava em 255 mil milhas, ou seja, 408 mil km!! Desde que eu moro aqui com eles, a Toyota quebrou 2 vezes. Uma vez o conserto ficou em 1400 e a outra vez 600 dólares. Muito pouco para um carro já com mais de 400 mil km. Palmas para a Toyota.

            Nos EUA é muito fácil comprar um carro. Em primeiro lugar os preços nem se comparam com os praticados no Brasil. Se quiser saber mais sobre as diferenças, leia este post aqui, ou consulte os preços dos carros no www.autotrader.com. A única coisa necessária para financiar um carro nos EUA é que você tenha um Credit Score bom. Mas o que é o Credit Score?

            O Credit Score é um sistema que avalia a capacidade de pagamento. Não somente isso, mas também mostra se a pessoa é boa pagadora, cumpre com seus compromissos. Um crédito ótimo tem um Score acima de 700. Um crédito ruim é menor que 600. Para ter Credit Score só estando legalmente no país. Precisa ter Social Security Number (SSN), conta em banco, cartões de crédito, etc. Se alguém nunca comprou algo parcelado não há como verificar o Credit Score porque não existe histórico de como esta se comporta com pagamentos. Para elevar o Credit Score (algumas pessoas precisam elevar se desejam comprar uma casa, por exemplo), a pessoa precisa fazer cartões de loja, catões de posto de gasolina, cartões de crédito, e pagar tudo direitinho. É necessário MUITOS pagamentos para que o crédito suba e somente UM que a pessoa não paga na data, cai um montão! O do Robert está em 680.


            Eu já ouvi dizer que imigrantes ilegais que têm o Tax ID, conta em banco e cartões de crédito, têm Credit Score, mas não tenho a mínima idéia de como funciona. Eu, por exemplo, tenho conta em banco e cartão de crédito, mas como sou estudante, não tenho SSN e não tenho Credit Score, portanto, não posso comprar absolutamente NADA parcelado.

            Eu fico abismado com a rapidez com que você compra um carro nos EUA. Enquanto no Brasil demora uma semana para que a pessoa saia com o carro da loja, aqui o processo inteiro do Robert, desde a chegada na loja, até sair com o carro novo demorou 2 horas e meia. É como ir a uma loja comprar um microondas. Se tem no estoque você leva. E como faz o emplacamento? O funcionário da loja desparafusa do carro velho e parafusa no carro novo. Não tem lacre, não tem nada. E se não tivesse carro velho? A loja imprimiria uma placa de papel que seria colocada dentro de um plástico e parafusada no lugar da placa. A nova placa chegaria pelo correio em 1 semana. Pode? Não é fácil de cometer fraudes assim? Claro que é! Imagine se no Brasil fosse assim? A minha impressão (é a minha impressão não me venha com xingamentos ou discurso socialista, pelo amor de Deus) é de que a palavra da pessoa tem mais valor aqui, enquanto que no Brasil precisa ser escrito, assinado, reconhecido firma, de corpo presente, com foto colorida 5x7 tirada há menos de 6 meses.

Tirando a placa da Toyota

Parafusando no Sorento



                Mas, vamos ao "carro"... J
            Durante a semana ouvimos na TV que a Kia estava pagando 5 mil por qualquer veículo em qualquer estado na troca por um veículo novo. Vimos os preços na internet e o Robert achou que o melhor carro para ele é o Kia Sorento. Na Internet o preço do básico (mas que tem quase tudo) era de 21.996 dólares.

            Claro que chegando lá a história foi completamente diferente. Em primeiro lugar eles não dariam 5 mil dólares pela 4 Runner. Segundo eles os 5 mil é só para a compra dos Top de linhas. Propaganda mentirosa porque no comercial dizia "QUALQUER NEW KIA EM ESTOQUE". Avaliaram a 4 Runner e decidiram dar 800 dólares por ela. L Em segundo lugar o preço visto na internet é preço "de internet" e à vista. Para financiar, o preço seria 26 mil dólares. E o Robert perguntou pra mim o que eu achava. Eu? "Sei lá, é você que vai pagar, você gosta do carro?" E ele respondeu "It's alright, it's not a BMW, it's ok". Hummm eu conheço esse sentimento. Pagar caro por algo que pode comprar mas que não é aquilo que realmente você gostaria de ter. No entanto, eu relamente acredito que todos nós devemos, nessa hora, parar e pensar. E fazer um esforço para diferenciar o que você precisa do que você deseja. O que você precisa vai custar x. O que você deseja vai custar x². Como eu sou uma pessoa extremamente convincente e eu adorei o carro, ele decidiu por comprar. Quem sabe eu não compro dele no futuro?

Vê logo acima "always save 5,000" MENTIRA!!
Propaganda mentirosa...

            Em 2 horas e meia estávamos saindo com o NEW KIA SORENTO prata do Robert. É um espetáculo. Mas acho que vale mesmo 26 mil, nenhum tostão a mais. Infelizmente, o preço de internet desse carro no Brasil é mais de 100 mil reais. Que absurdo...Mas pelo relato você pôde perceber que mesmo aqui tem malandragem, propaganda mentirosa e gente querendo levar vantagem...


104 mil reais? Jura??

Só pagaram 800 pela coitadinha. Tomara que ela ainda faça alguém muito feliz...

I love it!


              E como quem pede emprestado é escravo de quem empresta, "bem vindo Robert a 6 anos de escravidão!" kkk



84 comentários:

  1. Tem um detalhe q poucos brasileiros sabem e que eu acho q diminui muito a burocracia pra ter um carro novo: a pessoa habilitada a dirigir leva a placa e não o carro.

    Assim q trocar o carro, a placa do carro velho vai pro carro novo. Morre com isso aquela zona de alguém levar multa no seu nome pq o carro ficou em consignação, ou o cara não transferiu o carro ainda e tá andando com ele.

    E tem algo q eu percebi nos States: policial para mto mais carro antigo. Carro novo só é abordado se tiver infringindo alguma norma de trânsito.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sobre os policiais eu não notei, mas sobre a placa é como comentei no post
      ABs

      Excluir
  2. Saudades dos seus posts!!
    QUE simples comprar o carro. Mas, sempre tem um mas, que nesse caso chama-se CREDIT-SCORE, e pelos dados fornecidos, dê os parabéns ao Robert.
    Aqui no Brasil estão discutindo um projeto de lei, para um cadastro de bons pagadores. Espero que isso funcione.

    ResponderExcluir
  3. Sensacional Renato, como sempre, posts bem interessantes a todos. Excelente opção o Kia Sorento. Em dezembro peguei um carro desses e realmente é bem interessante. Vou escrever mais tarde sobre o credit score, baseado nas informações que tive no banco ontem. Um abraço grande.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caramba, Luciano Cancio, cara eu fui seu aluno la no Magister da 302 norte, você foi meu professor em 2008, eu tinha 14 anos.
      Nossa que coincidência te encontrar por aqui, ja to lendo teu blog. Nossa que mudança, eu acho que você era funcionário de um ministério que eu não me lembro agora, e agora mudou completamente de vida, eu vou ler o seu blog para tentar intender o que te fez mudar, mas de qualquer forma espero que você esteja sendo muito feliz. Nossa você foi um excelente professor, sempre ficava mandando pros nosso emails as principais noticias do cenário mundial...
      Abraços!!!

      Excluir
    2. Luciano
      Eu escrevi uma vez sobre o credit score, mas vc deve ter mais informações e atualizadas.
      Abração

      Excluir
  4. Continuo passada na farinha de rosca com a diferença dos preços dos carros aqui e nos EUA... De dar raiva... Pra ter um Fiat Uno a gente precisa se matar uns bons anos aqui economizando pra poder dar só a entrada...

    Abraços REnato!
    Ana Luiza Oliveira

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai Ana é triste né?
      Dá uma raiva...e pensar que o brasil vende o gol pro México mais barato do que vendo para a própria população
      Abs!!

      Excluir
  5. Oi Renato! Como anda a vida de estudante/estagiário? hahaha Quando chegamos aqui em St Louis sonhamos que poderíamos comprar um carro parcelado, infelizmente não podemos. Meu marido é estudante de doutorado e eles não contam as duas bolsas que ele ganha como um salário. Assim, não podemos comprar parcelado, igual a você. :( Por isso, estamos sem carro até hoje, mas no começo do ano que vem pretendemos comprar um. É isso que você falou: temos que balancear o querer com o poder (e precisar). Uma coisa que percebi é que apesar dos preços baixos (em relação ao Brasil), muitas pessoas conservam seus carros antigos. Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É, eu tive que pedir pra alguém financiar pra mim. Mas olha, vc pode comprar um carro usado baratinho!
      Abs

      Excluir
  6. Meus parabens a vcs
    achei engraçado
    Averege FICO score
    Carro zero , vida boa mas na garra , e ainda com carro que é só pra genty rycha no terceiro mundo
    A tia do namorado da minha prima tem um Sorento tambem , ela achou muito caro o praticado no Brasil , como moramos na fronteira com o PY
    ela pagou 30 K dollars

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Nicholas, mas parabéns pro Robert porque o carro é dele hahahahaha
      Abração!!

      Excluir
    2. parabens pra vcs dois , vai torcendo pra ele cansar do sorento e vc comprar dele

      Excluir
  7. Bom dia,

    Não concordo com você quando diz que nos EUA a palavra vale mais do que no Brasil, dando a entender que os norte-americanos são mais honestos que o brasileiro.

    Acho que isto é uma consequência das Leis mais rígidas daquele país, ou seja, o americano é mais confiável quando fala algo porque se assim não o fizer estará sujeito a uma legislação mais dura e não porque é mais educado ou honesto que o brasileiro. O americano é, portanto, 'forçado' a ser correto em suas atitudes.

    Contudo, mesmo diante deste quadro, existem os que querem enganar o povo (você mesmo atesta isto quando cita a propaganda mentirosa da Kia).

    Do mesmo modo, dizer que morar nos EUA é infinitamente melhor que no Brasil, não passa de mera expectativa falsa de quem tão-somente vê as melhores coisas da América, não vislumbrando que lá também há probrezas e falácias. De nada adianta vender carros baratos e tornar a saúde quase que acessível somente para os ricos!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. No quesito honestidade, não são leis rígidas que decidem o caráter e sim a cultura de se trabalhar correto, sem querer levar vantagens em tudo (jeitinho brasileiro de ser..); sobre onde morar, todo lugar tem pros e contras, a balança pende para onde seus interesses direcionam....como dizia Tom Jobim: Morar nos States é bom mais é uma Merda, morar no Brazil é uma Merda mais é BOM!

      Excluir
    2. Eu diria que morar no Brasil era uma merda e de bom restou quase nada

      Excluir
    3. "Forçado"....pode ser que sim, mas as leis existem e funcionam(constituição de 1788) e a grande maioria as respeita. No "brasil" (1988) que deveria ser moderna e funcional, é uma ....piada.....e o povo brasileiro em sua "grande" maioria só pensa em levar vantagem em tudo e sobre todos.....desde políticos(principalmente) até o mais simples cidadão....Palavra de brasileiro vale sim, mas se for acompanhado de reconhecimento de firma, certidões de legibilidade, certidões de antecedentes criminais civil e federal, e....mesmo assim falsificam estes documentos.....

      Excluir
    4. "De nada adianta vender carros baratos e tornar a saúde quase que acessível somente para os ricos!!"

      E no Brasil é diferente??? Vai você doente enfrentar hospital publico e verás que a Saúde Pública no Brasil não existe. A diferença é que aqui o governo tenta, lá fora não!
      E aqui, os carros ainda são caros kkkkkkkk

      Excluir
    5. Aí que você se engana.

      Nos EUA você pode entrar em qualquer hospital doente e só pode sair curado. É a lei. O que acontece com um pobre que entra em um hospital como Albert Einstein em São Paulo? É transferido...aqui não. É tratado.

      Se não tiver dinheiro para pagar é só ir no tribunal das pequenas causas e a dívida é perdoada. Se tiver dinheiro para pagar, mas não tudo, pode dividir o quanto você decidir. Se quiser pode pagar 50 dólares por mês, o que a pessoa decidir.
      Sabia disso? Claro que não...
      E além do mais, depois do Obama Care toda pessoa pobre agora nos EUA tem ajuda do governo para pagar até 100% do plano de saúde que escolher.

      Abs

      Excluir
  8. Eu não disse que os americanos são mais honestos que os brasileiros. Eu disse que no Brasil existe uma imensa burocracia construída para evitar fraudes INFINITAMENTE maior do que aqui. Os motivos para isso cada um que tire sua própria conclusão.
    Quanto a se viver aqui é melhor do que no Brasil é também uma questão de opinião. Existem 3 milhões de brasileiros aqui que, por certo, não estavam satisfeitos no Brasil e se não voltam é porque vivem melhor SIM SENHOR!
    Agora quanto à saúde só para ricos, acho que você deveria se informar melhor...
    Respeito sua opinião e ficaria grato se você respeitasse a minha, EMBORA eu não tenha colocado nada da minha opinião e somente um relato dos fatos.
    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Anônimo deve ser mais um dos "patriotas" que acha que aqui no Brasil tem uma saúde pública à beira da perfeição (você acredita que o Lula disse isso???). E a turma dos patriotas tem esta mania de falar que a saúde dos EUA é para os ricos. É aquela coisa de se emprenhar pelos ouvidos de esquerdistas e afins. Os EUA tem seus problemas mas é infinitamente melhor pra se viver que no Brasil. Basta dizer que no Brasil, considerado um dos mais violentos países do mundo, são assassinadas 50 mil pessoas anualmente. Os ataques que ocorrem hoje na faixa de Gaza estão matando 12, 13 pessoas diariamente... Imagine. Quanto à corrupção, se eu disser pra você que um alto funcionário da Anvisa foi demitido porque denunciou uma fraude, você acredita? Este é o retrato do país, que só é uma maravilha na cabeça de petistas e afins. Grande abraço amigão!

      Excluir
    2. O Anônimo em questão sou eu e me chamo Marcello.

      O administrador tirou várias conclusões sobre minha pessoa só de ler meia duzias de palavras que escrevi. Realmente ele deve ter razão em tudo que disse. Deve inclusive escrever um livro e mostrar ao mundo sua sabedoria. Grande abraço "amigão"

      Excluir
  9. muito bom o seu blog!!!!

    tenho, uma duvida, nao sei se podes me responder. sou filha unica, criada so pela minha mae. tenho residencia fixa aqui no brasil, mas esta no nome dela. tenho uma grana suficiente pra fazer o community college ou universidade e obviamente pra viver, e o dinheiro esta na minha conta. nao trabalho, nao estou estudando, tirei alguns meses so pra focar no ingles, especialmente no toefl.

    como disse sou filha unica, e nao faz parte dos meus planos ficar nos eua, so estudar mesmo e depois voltar.

    resumindo a pergunta, achas que teria algum problema por eu nao ter um trabalho ou algo no meu nome, e assim ter o visto negado? e isso de ser filha unica, e minha mae ja ter uma idade avançada e ser solteira ajudaria a provar que nao quero ficar la pos a conclusao dos estudos?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Camila
      Vc só tem que provar que tem o dinheiro para estudar e se manter, só isso. Quanto a trabalho, eles sabem que quem está vindo estudar vai pedir demissão ou algo assim. Tendo o dinheiro, fique sossegada!
      Abs

      Excluir
    2. obrigada renato.

      nao abusando da sua paciencia, mas fazendo mais uma pergunta, eu provando que tenho o dinheiro, eu tenho que pagar vamos dizer os 2 anos do community college a vista, ou pago "mensalmente" como qualquer outro cidadao? e essa prova de dinheiro tem que ser pra se manter po 1 ano, 2???

      Excluir
    3. Tem que provar (na escola e consulado) que tem dinheiro suficiente para o primeiro ano, mas a forma de pagamento quem vai te falar é a escola.
      abs

      Excluir
    4. Camila, eu tinha a mesma ideia sua, mas depois vi que nao vale a pena. Digo pq: se inscrevendo em uma faculdade, voce tem que comprovar que tem rendas para o 1 ano, e no restante dos anos voce paga ""mensalmente"", nao precisa comprovar. fazendo um community college, é mais barato, claro, mas depois dos 2 anos quando voce transferir para uma faculdade, alem de ter que fazer um novo visto, voce vai ter que comprovar que tem renda, e acho dificil (nao pegando o seu exemplo, mas no geral) a nao ser que a pessoa seja rica, que ela tenha digamos 50 mil em uma conta depois de 2 anos de estudos nos eua.

      estou certo, renato?

      boa sorte pra vc!!

      Daniel

      Excluir
    5. Daniel
      Desculpe, mas há algumas coisas que podem ser feitas. Quando você já está aqui é muito mais fácil de ir para a Universidade. Eles não pedem a comprovação de um ano de pagamentos. Se você já tem o diploma da community tudo facilita. Você pode estar trabalhando 1/2 período (e inclusive dizer que é por baixo do pano) e dizer que a família vai arcar com uma parcela, o namorado, a tia, etc. Acho que uma simples declaração de imposto de renda da família serve.
      Afinal se ela tem esse plano é porque já está pensando em alguma maneira de pagar a faculdade depois.
      Pode-se também pedir "ajuda financeira" para a faculdade e até mesmo um empréstimo estudantil para estudantes internacionais. Mas os juros são caros. Uma pessoa tem que assinar como fiador da pessoa
      Abs!!

      Excluir
  10. Tentando ser mais claro em minha opinião: discordo do endeusamento dos EUA no sentido de que para quem mora no Brasil e lê alguns blogs acerca desse assunto dá certa impressão que somente se é feliz se saíssemos daqui e fossemos viver aí, ou seja, que os EUA é um lugar perfeito onde tudo é barato e funciona em perfeita sintonia - Isto é uma grande inverdade.

    No Brasil há muitos problemas, nos EUA também - mas estes raramente são mostrados nos Blogs.

    Abraço,

    Marcello

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu entendo Marcelo.
      Olha, eu mesmo mostrei a malandragem da Kia. Há posts aqui que eu falo do inferno que é tirar a carteira de habilitação em meio a gente mau educada. Eu não sou americano e esse país não é meu. Sempre serei brasileiro porque minhas raízes estão no Brasil. No entanto, Orlando é muito melhor de se viver do que São Paulo. Poderia ser outro lugar, outro país. Eu só acho que o Brasil está violento demais e as autoridades não estão muito preocupadas.
      Acho que cada um tem buscar ser feliz aonde quer que seja. Seja no Brasil, aqui, na Europa, na India, etc...
      Cada país tem suas maravilhas e suas desgraças e aqui com certeza tem também.
      Abs

      Excluir
    2. É verdade ... a minha visão do Brasil não é de São Paulo, mas sim de Florianópolis que até a semana passada era uma maravilha mas que viveu seis dias de violências e atentados criminosos.
      E o pior: parece que esses vandalos armados somente cessaram as agressões porque decidiram assim fazer, ou seja, não foi porque a força pública atuou e fez a lei e a ordem prevalecerem mas a bandidagem que achou conveniente parar com os atentados. Mas fica o questionamento: quando decidirão voltar a atentar novamente contra os cidadãos de bem?

      Uma pena isso...um país tão cheio de belezas e com tanto potencial, submetido à criminosos organizados enquanto nossas autoridades ficam de braços cruzados enriquecendo as custas dos miseráveis.

      Abraço,
      Marcello

      Excluir
  11. Super legal seu blog Renato, venho lendo por um tempo...Por coincidencia, comprei um carro usado esse final de semana e eh assim mesmo, bem rapido, mesmo sendo final de semana para checarem o historico de credito e tal (Sabado). Estranho que tambem nem pediram comprovante de trabalho e salario, somente informacao, sem precisar provar.

    Nao sei os dealerships padrao, como comprei na Carmax, pensei que iam me dar uma placa temporaria de papel, mas me deram ja a permanente, fiquei surpreso, (nova placa) entao foi tudo na hora, nao precisando esperar pelo correio, mas eh sim, bem pratico. Levou umas duas horas por ai.

    Saudades de Orlando, morei 7 anos por la, mas agora estou perto de Miami :)...Sucesso cara!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado!
      E boa sorte com o carro novo!!
      Abração

      Excluir
  12. Otimo post, parabéns!

    Se essa Toyota fosse vendida aqui no Brasil, dava pra comprar o Sorento aí, pois não é só carro novo que é caro por aqui, o preço dos usados assustam!

    E pagar apenas 20% de juros de financiamento, é quase um sonho impossível por aqui!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Joilson
      Eu esqueci de mencionar no post. Ele pagou juros de 5.74% ao "ANO"
      Eu procurei essa Toyota pra vender no Brasil. Mesmo ano por volta de 30 mil reais
      Abs

      Excluir
  13. ô, eu também fui atrás dessa "pegadinha do malandro" da kia, mas acabamos comprando o meu fofinho da "randei" (não é a coisa mais linda o jeito de falar Hyundai, nos EUA?). Mas, tivemos um problema sério, em uma das concessionárias, o vendedor ferrou com o crédito do meu marido pois mandou o pedido de crédito para 12 financiadoras ao mesmo tempo, você acredita nisso? levamos 1 ano para construir um crédito very good (meu) e excellent (marido). Fizemos tanta coisa para aumentar o crédito, você nem imagina. Hoje, eu não aguento mais tanto pedido de cartão de crédito. Vem cá, falando em carro, caso a pessoa compre e não goste, pode devolver como acontece com roupa?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa que coisa hein? O Robert ainda não viu o estrago que essa compra deve ter feito no crédito dele. Não dá pra fazer nada não?
      Bom, na Kia vc pode devolver até 5 dias que eles cancelam tudo e dão a entrada de volta.
      Será que no Brasil é assim?

      Excluir
    2. Lorna e Renato, desculpa atravessar a conversa mas, já atravessando...
      Baseado no que sei sobre credito nos EUA, a melhor solução para compra de carro X credit score, o melhor a se fazer antes de comprar o carro é procurar um banco ou uma financeira. concessionárias de carro querem vender e não se importam com o estrago que podem fazer no seu credit score. As financeiras fazem o que eles chamam de hard inquiry, nada mais é do que demonstrar no seu credit history que você está tentando fazer uma compra, se houver mais do que 5 tentativas o credit score é diminuido, mas, não representa muito problema, passando disso já se torna um problema pq para outras instituições de creditos caso você queira um novo cartão de credito, ou fazer compra a credito ou mesmo financiar a compra de uma casa, esse hard inquiry vai dar a impressão de que você (por assim dizer) tentou comprar demais.
      O hard inquiry leva dois anos para sair do seu histórico, por isso alguns bancos e financeiras fazem o que eles chamam de soft inquiry, ou seja, consultam o seu credito sem causar pontuação negativa.

      Lorna, você pode fazer a devolução do carro entre 5 e 7 dias, dependendo da empresa. Não haverá nenhum problema. Depois desse prazo até 30 dias eles aceitam a devolução mas, geralmente eles vão registrar no seu credit history como volunteer repossession of vehicle, e isso é muito ruim para seu credit score. Mesmo não sendo um recolhimento do veiculo por motivo judiciail (inadimplência), mostra que você comprou algo que não podia pagar. Há exceção, como por exemplo, se o carro depois de trinta dias começar a dar problemas, mas, nesse caso é preciso um acordo entre a concessionária e o comprador, o que já é mais complicado.

      Não sou especialista, não. Meu marido me fez ler e reler o que eu pudesse sobre como construir credito aqui. Como ele mesmo diz, o negócio aqui é cheio de pegadinhas.

      Bjks

      Excluir
  14. Olá meu caro Renato, bom dia! Esta questão dos preços dos carros nos EUA (e em qualquer outra parte do mundo) e os preços absurdos cobrados no Brasil são realmente estupefacientes. Esta mesma Toyota 4 Runner 1996 custaria por estas bandas uns 35 mil reais. Aí ficou por por mais de R$ 1.600,00 para a loja!!! É lamentável que o brasileiro seja tão trouxa a ponto de comprar um objeto como um carro e pagar 2, 3, até 4 vezes mais caro que em outras partes do globo. Falando em trouxa, um camarada criou um canal no youtube - chamado canal do otário - que exemplifica o quanto o brasileiro é trouxa e se deixa enganar por montadoras e pelo governo, afinal o custo só é alto porque tem quem paga. Quem sabe um dia, nós brasileiros, deixemos de ser trouxas, caiamos na real, e saibamos que um veículo é apenas um objeto, nada mais, e deve valer pelo que é e não por um pretenso status. Grande abraço!

    ResponderExcluir
  15. Que inveja cara kkk...
    Uns dos grandes problemas do Brasil é que o brasileiro acha que o mundo é funk e essas porcarias... E estão pouco se lixando com os preços das coisas por aqui.. É INCRIVEL.
    Espero um dia poder morar aí...

    ResponderExcluir
  16. Achei melhor comentar aqui. Estou lendo varios posts seus, e to impressionado com os porto riquenhos. e eu que pensava que os "malas" eram os mexicanos, pelo que os filmes americanos sempre relatam. repara, mexicano em filme ou é traficante, ou ladrao, qualquer coisa que envolva algo ruim haha

    os porto riquenhos estao mais concentrados em que estados? nao sei se é asneira minha, mas me parece que os latinos, porto riquenhos, mexicanos estao mais concentrados no oeste dos eua nao?

    muito bom oseu blog, mesmo. sucesso p/ vc

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A Flórida esta com a maior população de hispanicos dos EUA e a maioria é portoriquenho. ELes serão 50% do estado no ano de 2020
      Abs

      Excluir
    2. Por esse e varios outros motivoss que odeio o Brasil. Espero um dia morar ai nos States...

      Excluir
    3. Ja se acostumou com os porto riquenhos, ou deu uma depre quando leu a noticia de eles serem 50% em 2020? hehe

      Excluir
    4. Fabio
      O problema não é a nacionalidade. Eu tenho uma amiga Portoriquenha muito fina e educada. É como os brasileiros classe C que moram aqui, entendeu? A única diferença é que como Portoriquenho é cidadão americano, eles vêm sem nenhum problema....
      Abs

      Excluir
  17. Olá Renato,

    Em primeiro lugar, parabéns pelo blog. Está sendo muito útil pra mim, pois em janeiro em meu mudo com a família para uma temporada de 5 anos em NJ. Vou a trabalho e com o visto correspondente.

    Pelo que li, será impossível comprar um carro financiado. Sendo assim, vou partir para a compra de um usado com pagamento à vista. Gostaria de saber se, nesse caso, existe algum tipo de burocracia. Como funciona esse procedimento?

    Devo comprar o carro de uma colega de trabalho que estava aí nos EUA. Ela tem uma BMW X5 2005, com 90mil milhas rodadas, e está pedindo US$ 13,000. O que acha? No Brasil esse carro custaria quase R$ 80mil!!!

    Bom, por enquanto é só... rsrsrsrs

    Agradeço, de antemão, sua ajuda!

    Abraços!

    Gabriel Nogueira

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gabriel
      Você pega o documento assinado que ela vai te dar, vai no DEP de Trânsito, paga o imposto e registra o carro no seu nome. É melhor você fazer isso depois que tiver com a carteira de motorista do estado porque senão o seguro vai ser caríssimo.
      Bom, olhe no www.autotrader.com pra ver se o carro está no preço. Parece que está com preço bom, mas precisa ver a mecânica porque já tem quase 160 mil km né?
      Abração
      Renato

      Excluir
    2. Renato, vc sabe dizer se existe algum tipo de empresa que faça uma vistoria no carro para ver as condições do mesmo? Abs! Gabriel Nogueira

      Excluir
  18. Adoro o seu blog leio sempre. E como ele é super visitado vim aqui divulgar o meu humilde blog amador rs. Eu já fiz postagens nele de diversos assuntos, mas agora vou fazer work and travel e to narrando toda a preparação, espero blogar dos states tbm contando tudo e continuar a blogar assuntos aleatórios quando eu voltar.

    http://leroleromeu.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não
      Aqui nos EUA não tem vistoria, vc tem mesmo é que levar o carro na Autorizada para fazer uma inspeção. Mas olha, aqui ninguém paga revisão no carro para o comprador viu? Se exigir muito acaba perdendo o carro
      Abs

      Excluir
  19. Aquele "anonimo" tava meio nervoso, acho que negaram o visto p/ ele... (KKK)
    abs
    Marcio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Infelizmente Márcio, a gente é ensinado a odiar americano no Brasil. Na França também percebi isso. Eu conheço professores que falam um monte de barbaridades dos EUA para seus alunos e algumas coisas nem são verdade como por exemplo eu ouvi um dizendo que TUDO nos EUA é privado inclusive escolas. Mentira, aqui 95% das escolas são públicas. Por exemplo no bairro onde eu vivo tem 5 escolas públicas, nenhuma particular. Em Orlando inteiro não tem mais de 10 particulares e 35 públicas.
      O que me deixa chateado é a pessoa colocar tudo em um saco só. O governo e a população.
      É um ódio cego...

      Excluir
  20. Renato,o importante eh perceber que problema tem em todo o lugar, porem no Brasil a coisa esta sem controle...Nao ha luz no fim do tunel p/ nada. Agora se vc comprar c/ outros paises sulamericanos(fora o Chile)ai entao estamos bonecos!!!Com os da Africa entao, vriche!!!
    Fica a gosto do fregues.
    Abs
    Marcio Bueno

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É Márcio eu sei. Mas não tem coisa melhor do que morar na nossa cultura. A gente só se dá conta quando está fora dela. Mas a violência no Brasil me faz pensar 10 vezes antes de querer voltar.
      Abs

      Excluir
  21. Bom dia, renato.

    tava olhando varios posts seus, e tu deu "sorte" na questao do dolar. na epoca que tu foi era 1,70 nao?

    eh sobre isso a minha pergunta. eu sei que tu nao é da area, mas deves estar ligado sempre. esse preço que o dolar ta valendo agora (2,10!!!) é normal dos ultimos anos e o 1,70 foi excessao?

    abracao

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Luis
      Eu não sei. O Dólar dicou 1,70 por pouquíssimo tempo. Pelo que leio, falam que para o Brasil não é interessante um dólar menor que 2.
      Vai saber né?
      Abs

      Excluir
  22. OI Renato, tudo bem? Agora finalmente vou comprar um carro aqui nos EUA, mas me diz uma coisa: esse preço do site é à vista, certo? Mesmo assim ainda conseguimos baixar um pouco se formos mesmo pagar na hora?? Como sou "nova" por aqui ainda não sei se eles gostam de gente pechinchando, daí fico com medo é do vendedor ficar irritado. hahahah Digo isso pq uma vez na Europa um cara não vendeu para as minhas amigas pq elas ficaram pedindo desconto. Obrigada pelo tempo. Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pode e deve chorar por desconto, principalmente se vai pagar à vista. Não se esqueça que em cima daquele preço tem os 6,5% de imposto da Flórida e taxas de licenciamento.
      Boa sorte!
      Bjs

      Excluir
  23. Renato, estava na internet buscando informacoes sobre compra de carro na Florida e encontrei seu Blog, li inteiro mas nao todos os comentarios. Tenho uma pergunta basica para voce: Voce para comprar o (o foi seu amigo?) precisou apresentar a carteira de motorista da Florida, ou pediram a internacional ou serve a de qualquer pais??

    ResponderExcluir
  24. Desculpe Renato , nao terminei minha pergunta, nao estou familiarizada com gmail. Meu nome e Fatima, estou passando uma temporada de ferias, mas meus filhos estudam aqui nosEUA e gostaria de aproveitar para comprar um carro para eles. Tive opinioes contraditoria sobre os documentos necessarios para compra a vista. Dai vem minha pergunta . Muito Obrigada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fatima
      Não precisa de carteira nenhuma pra comprar um carro. Pagando à vista é o que interessa. Vai precisar sim de uma carteira brasileira para tirar a habilitação da Flórida "se não quiser começar do princípio" que talvez seja o caso dos seus filhos. Você pode dirigir com a brasileira porque é turista.
      Para registrar o carro, informe-se na loja
      Abs

      Excluir
  25. Se eu comprar um carro nos EUA como faço para transferir o carro pro Brasil? (documentação)

    ResponderExcluir
  26. É possível importar carro dos EUA ou até mesmo comprar pessoalmente nos EUA e transportar para o Brasil?

    ResponderExcluir
  27. Olá Renato, td de bom, para vc e seu blog. Tenho um sonho louco de comprar um automóvel usado e rodar pelos EUA. E depois, o que fazer com ele? fácil vender? ou seria melhor alugar um carro? abs Anselmo - Belém Pará

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vender claro e perder dinheiro na venda. Comprar envolve seguro, registro, e um monte de outras coisas que para estrangeiros fica uma nota
      alugue que sai mais barato
      abs

      Excluir
  28. Olá Renato! Muito bom seus comentarios, Gostaria de saber se com passaporte de turista, e pagando a vista um carro usado, precisa apresentar algo? O que eles pedem na hora da compra? Ja que vou ser novo no pais.
    Tem que pagar IPVA tambem por ano?
    E por ultimo, minha carteira no brasil vale nos Eua?

    Obrigado

    Tiago

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tiago
      Vc vai precisar do passaporte, 2 comprovantes de endereço e carteira de habilitação. Mas já te aviso que seguro de carro para estrangeiro é caro. E vc não sai da loja sem seguro, porque nos eua é contra lei não ter seguro.
      Se vc vem como estudante, alugue um carro por um mês, tire a carteira americana e depois compre o carro. O Seguro será 50% mais barato.
      Nos EUA não existe IPVA
      abs

      Excluir
  29. Cara, eu gostaria de saber, sobre comprar carro, se tem como importar para o Brasil??? Tenho interesse em carro antigo, aqui no brasil quase não existe mais, sabe de algo? se existe possibilidade ou não??? Aguardo!!!
    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. claro que pode sem pagar taxa nehuma !!! mas o carro deve ter 30 anos de antiguedade
      o brasil deixa ele entrar como coleccionador...

      assim um ex: Tu compra um citroen ds 21 ano 78. Entra dirigiendo ele e depois sube no caminhao para ahorrar dinheiro.

      depois tu faz a documentaçao dele.

      Excluir
  30. Renato, vou fazer uma experiencia de work and travel de 3 meses. Eu e mais 4 amigos. Estamos indo para Orlando e pensando em comprar um carro usado e mais tarde vende-lo. Você acha que existe essa possibilidade?Gostaria de saber se é preciso ter mais de 21 anos para comprar o carro, e qual o preço do seguro mais ou menos? Ficaremos hospedados em um hotel, entao o comprovante de endereço seria o endereço do hotel? Valeu pelas informacoes, estao sendo muito uteis!
    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Henrique
      Não pode ser endereço do hotel, tem que ser endereço de uma residência e você tem que comprovar que mora na residencia.
      abs

      Excluir
  31. Renato, existe a possibilidade de eu comprar o carro nos EUA e transferi-lo para o Brasil, com o custo total sendo menor que o de comprar um aqui??? Compensa??? Ou essa minha ideia é estapafúrdia???

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não é não. Tem importadoras no Brasil que fazem isso.

      Excluir
  32. Oi a respeito da compra de carro no Brasil. Comprei um carro zero em 2012 em menos de 1 hora, sem nenhum real. Sai com uma bliblia,mas sai de carro no mesmo dia e era um domingo por sinal. Quanto ao tempo o que foi no blog escrito nao 'e verdade.

    ResponderExcluir
  33. Oi, primeiro gostaria de parabenizá-lo por dedicar parte do seu tempo disseminando informações tão claras para todos nós.
    Estou numa situação parecida com a de muitos, tenho o f-1 e devo ir no começo de outubro, pretendo passar o primeiro mês ajeitando tudo e alugar um carro para tirar a carteira de motorista e só depois adquirir um veiculo. Você foi numa condição parecida e gostaria de saber se consigo fazer o seguro do carro mesmo não tendo o SSN, e quais são os seguros obrigatários no momento da compra? Ja estive aí estudando mas nao comprei carro, ja estive a passeio e aluguei em diferentes estados sempre pagava o LDW e o Liability, claro.

    Agrado seu retorno,

    Grata,


    Catarina.

    ResponderExcluir
  34. MEu amigo, estarei chegando nos eua como turista, eu tenho a CNH aqui e também a PID, o carro, sera registrado em meu nome?! mesmo sem eu ter a driver licence ai...??!!! como funcionara essa parte, o seguro também...etc,

    ResponderExcluir
  35. MEu amigo, estarei chegando nos eua como turista, eu tenho a CNH aqui e também a PID, o carro, sera registrado em meu nome?! mesmo sem eu ter a driver licence ai...??!!! como funcionara essa parte, o seguro também...etc,

    ResponderExcluir
  36. Renato,
    Li o seu post, e realmente é de matar de raiva esse Brasil. Só defente o Brasil com unhas e dentes quem realmente não conhece os EUA. Um detalhe que você não colocou nesse post (e nao li todos os comentários para ver se alguem mais comentou), nos EUA você é obrigado a ter um seguro do seu carro. E não é a verdadeira palhaçada daqui do Brasil, onde se um zé-mané bater no seu carro ele vira pra você e falar que não vai pagar, que se você quiser leva na justiça, aí você morre 5 anos na justiça para receber algo, e olhe lá. Nos EUA, você faz a ocorrencia, chama sua seguradora, rapidamente ela avalia o estrago do seu veículo e te faz o cheque para você arrumar seu veículo, e a seguradora corre atras do processo contra o cara que bateu, há, e você leva o carro NA SUA OFICINA DE CONFIANÇA, enquanto que aqui você tem que levar nas oficinas "funde de quintal" que a seguradora indica....

    ResponderExcluir
  37. Oi Renato. Poderia me tirar uma dúvida.
    Vou para Charlotte, NC. E pretendo comprar um carro USADO. Mas não sei como proceder para tirar a licença (PLATE). Tenho Habilitação Brasileira normal não é internacional. Tenho que tirar uma Habilitação Americana?
    Dizem muitas coisas mas não tenho confirmação de nada. Disseram que eu teria que ter residencia de pelo menos 90 dias para tirar a Habilitação Americana.
    Poderia me ajudar?

    Obrigado

    ResponderExcluir

Etiqueta cai bem em qualquer lugar, até na internet. Seja educado ao comentar e perguntar. Olá..., meu nome é..., por favor e obrigado são palavras que ainda estão em uso e mostram cordialidade. Afinal, o blog não é balcão de informações de shopping e embora eu esclareça as dúvidas de todos de bom grado, não ganho nada para isso.
Obrigado por comentar e abração!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...