segunda-feira, 25 de julho de 2016

Democratas ou Republicanos?



          Ultimamente não se fala em outra coisa nos EUA a não ser as eleições presidencialistas. E não poderia ser de outra maneira pois sabemos o quão patriotas são os americanos. É óbvio que qualquer que seja o resultado, todos nós que moramos aqui e também o mundo inteiro vai sentir os efeitos, principalmente aqueles países que têm ligações com os EUA. E qual a minha opinião, muitos tem se perguntado? 

          Eu não gosto de falar sobre religião, política ou futebol e outros assuntos polêmicos por motivos óbvios. Especialmente na internet onde as pessoas não têm filtro e simplesmente desrespeitam qualquer opinião que não seja a que ela possui. Também não entro em questões sobre nações visto que percebo que cada um que nasceu em uma determinada nação, acha que esta é a melhor do mundo. E quem sou eu para argumentar o contrário? Ao contrário, sou daqueles que acredita que cada um tem que viver aonde é feliz. Como já disse no post anterior me irrita profundamente alguém viver aqui nos EUA e reclamar o tempo todo. Para mim essas pessoas não serão felizes em lugar nenhum pois seu descontentamento tem raízes mais profundas.

          Porém, já que tantos querem saber meu ponto de vista, vou expor aqui no blog neste post. Eu, na verdade, não pertenço a nenhum dos dois lados. Há coisas nos democratas que me agradam bastante, mas percebo também muita coisa perigosa. Há coisas nos republicanos que me atraem também, mas às vezes, eles são muito extremistas. Felizmente os extremistas são a minoria nos dois partidos. Quais são os pontos positivos e negativos de cada um?

          Em primeiro lugar, esqueça o que você sabe de cada candidato baseado no que passa na TV no Brasil ou no Facebook. O governo brasileiro está completamente vendido às ideias "socialistas" e o governo do PT vai filtrar qualquer boa notícia a respeito dos republicanos e vai com certeza, endeuzar a candidata dos democratas pois é isso que o PT quer. O Facebook também está vendido ao governo Obama e isso não é expeculação, já foi mostrado e provado que há censura quanto a mostrar, publicar e compartilhar notícias negativas a respeito do governo, do Obama e da candidata Hillary Clinton.

          Em conversas com brasileiros ao telefone ninguém sabe, no Brasil,  realmente quem é essa mulher. Aliás, o brasileiro que é oposto ao governo e dominância do PT no Brasil, seria também contra o governo Obama e os democratas nos EUA. Basicamente o governo do Obama deve ter sido o pior governo da história dos EUA. Bilhões de dólares foram enviados como ajuda humanitária a países que escondem terroristas, dinheiro foi distribuído à vontade a pessoas que podem, mas não querem trabalhar (um tipo de bolsa família), celulares, food stamps fornecido indiscriminadamente e as pessoas usam até para comprar bebidas alcoólicas e cigarro. O Obama care em tese é uma boa ideia, mas na prática virou um grande fracasso. E quem trabalha duro é que está pagando a conta, como eu. 

             A dívida externa dos EUA, com duas guerras, era de 5 trilhões de dólares e agora está beirando, depois de somente 8 anos de Obama, sem guerra nenhuma, os 20 trilhões de dólares. Mais 8 anos desse partido e os EUA entra em um buraco que talvez não consiga mais sair. Eu me pergunto à vezes, porque tanto dinheiro é enviado à África sendo que New Orleans até hoje está parciamente destruída por um furacão que aconteceu há uma década atrás (o Katrina). É incompetência atrás de incompetência. Dinheiro é distribuído a países que odeiam os americanos e os veteranos de guerra, muitos com necessidades especiais estão à beira da miséria sem nenhuma assistência. Vê-se muitos deles pedindo dinheiro em faróis, mesmo em Orlando. Um Cubano que atravessa o mar do Caribe e pões os pés na areia de Miami recebe, imediatamente, mais benefícios que os homens que lutaram em guerras pelos EUA. E quem paga isso? Os americanos, é claro.

          Em tese também os democratas parecem bons. Mas na prática, os mal intencionados estão tirando proveito do "politicamente correto". O brasileiro jamais deixaria que outra língua se instalasse no Brasil. O brasileiro jamais deixaria que argentinos dominassem qualquer cidade do Brasil e exigisse tratamento em espanhol, maltratando qualquer brasileiro que entrasse nos seus estabelecimentos. O brasileiro jamais deixaria que "cidades de refúgio" fossem instalados no Brasil onde criminosos ou fugitivos da lei entrassem nelas e a lei do país não pudesse sequer tirá-los de lá. No entanto, por causa do "politicamente correto", os Cubanos, Portoriquenhos e outros tomaram conta de Miami e o espanhol é a língua oficial da cidade. Americanos são maltratados por eles dentro do seu próprio país. Eu conheço dezenas de americanos que dizem que não pisam em Miami de jeito nenhum. Os muçulmanos estão criando cidades refúgio onde a lei lá é a deles ou a morte. Nesse sentido o Brasil é altamente republicano, mas quer que os EUA seja democrata. No final das contas, o governo que tem que entrar é aquele que será bom para os americanos, não para os estrangeiros ou para aqueles que querem imigrar e receber benefícios. Qualquer país faria a mesma coisa. 


          Por causa do "politicamente correto" terroristas tiraram vantagem de muitos benefícios e se espalharam pelo mundo. Por causa do "politicamente correto" estes se infiltraram entre refugiados e vão fazer e acontecer em muitos lugares. Eu poderia ficar aqui o dia inteiro listando exemplos de como o "politicamente correto" está dando margem para oportunistas e pessoas mal intencionadas se aproveitarem do governo e do povo americano, também de qualquer governo de qualquer país. O pior de todos que eu conheço é que deve-se respeitar as práticas das religiões das pessoas, principalmente dos imigrantes e não se pode interferir. Mas que dizer se uma religião subjuga e maltrata mulheres e crianças, que considera qualquer um que não é da sua religião "mundano", "impuro", "inimigo" e que merece a morte ou o inferno como punição? Que, ou você é convertido ou você deve morrer? Neste ponto eu sou republicano. Quer vir morar neste país, então há regras aqui. Não se pode discriminar NINGUÉM e não se pode maltratar mulheres e PONTO FINAL. Mas os democratas ficam passando a mão na cabeça dessas pessoas e a gente vê isso na televisão TODOS OS DIAS. 

           No Youtube há videos de muçulmanos dizendo que gays tem que ser mortos, que qualquer pessoa que não se converta a Alah deve morrer. Esses vídeos foram feitos nos EUA, em mesquitas nos EUA, por pessoas que têm Green Card ou se tornaram cidadãos pelos benefícios a imigrantes e minorias, o "politicamente correto". E porque o governo não faz nada contra essas pessoas? Por causa do "Freedom of Speech" (liberdade de expressão) e porque é "politicamente incorreto". Se eu fosse presidente, essas pessoas seriam deportadas, TODAS, imediatamente. Elas seriam proibidas de pisar nos EUA, não somente elas como qualquer pessoa ligada a elas. Isso é para proteger a população. A política deles é tolerância zero não é? Devem ser tratados da mesma maneira então. Me diga que isso não incita na cabeça dos menos inteligentes o desejo de ir comprar uma arma e sair atirando dentro de uma boate gay e matar 50 pessoas inocentes que não fizeram mal a ninguém? Você acha que estes condenam o ato do atirador da boate Pulse?? De maneira nenhuma! Ele é o herói deles! Eo todos moram e se beneficiam das leis do país. 

         Daí os democratas vêm com essa bobagem que o problema é o "controle de armas"? Ora faça me um favor...???!!! Há controle de cocaína e outras drogas e o que impede os bandidos de comercializar? O controle de armas não vai tirar armas das mãos de quem deveria, isso é tão claro e cristalino?! Vai tirar de quem não pode se defender de outras maneiras. Bandido vai ter arma, não importa o que acontecer. Nesse ponto eu também sou republicano. A pessoa tem que fazer o que puder para se defender. No entanto, armas de guerra não deveriam ser vendidas à população comum. Neste respeito eu sou democrata, porém, enquanto o mundo inteiro diz que o terrorismo é uma ameaça mundial e um perigo iminente, o Sr Obama vai na TV e diz que o maior perigo mundial atualmente é o aquecimento global. Amigo Obama, morremos todos assassinados pelos radicais antes mesmo do que de calor...

          Você sabia que um agente do FBI foi à TV em um programa de entrevistas e disse que no governo Bush eles tinham uma lista de 3 mil nomes de possíveis ameaças e radicais vivendo nos EUA. Assim que o Obama entrou no governo veio a ordem "de cima" que estes arquivos deveriam ser apagados, deletados de todos os computadores da inteligência americana? Quatro anos depois, a lista cresceu novamente e contava com quase 3 mil nomes. Obama re-eleito e lista deletada novamente. E sabe que nomes contavam dessas listas? Dos homens que jogaram as bombas na maratona de Boston, dos que atiraram nas pessoas no restaurante na Calfórnia e muitos outros. Se isso fosse mentira, porque o governo não prendeu esse ex-agente do FBI? Porque foi isso mesmo que aconteceu. Obama não quis se pronunciar, como de costume.

            No caso dos atiradores na Califórnia, em suas páginas do Facebook, estava tudo alí, tim tim por tim tim a aliança ao ISIS. E porque não se olhou no Facebook destas pessoas? Porque o governo Obama passou uma lei que ninguém ficou sabendo que é proibido olhar nas mídias sociais dos "prováveis" terroristas, imigrantes e minorias. Como é que vamos pegar essa gente toda? Sendo politicamente corretos?? Se alguém prestar aliança a um grupo terrorista publicamente em qualquer mídia social, essa pessoa tem que sair dos EUA ou tem que ser presa. Mas os democratas acreditam que não. Isso me enfurece! Aí vem o Obama e diz na TV que "não é correto chamá-los de radicais islâmicos e que diferença faria chamá-los de radicais islâmicos?" Ué, se não vai fazer nenhuma diferença então os chamemos do que eles realmente são: RADICAIS ISLÂMICOS. Que outra religião sai hoje, matando as pessoas a torto e a direito? Eles podem nos chamar do que acreditam que somos, mundanos, infiéis, alienados, separados de Deus, pecadores, merecedores da morte e nós não podemos usar o termo "radicais islâmicos" pois não é "politicamente correto"? Inclusive, sabia você que nenhuma autoridade americana está autorizada a usar este termo? Sabia você que não se pode mais falar "Feliz Natal" no comércio nos EUA porque não é "politicamente correto" e ofende, principalmente os muçulmanos? Você sabia que o pai do Obama é muçulmano? Muita coisa se explica...tsc tsc tsc... É o que eu digo vez após vez. Eu vim para os EUA e me adaptei à cultura e às leis americanas pois acredito que é assim que deve ser. Mas estas pessoas mudam pra cá e querem que os "donos da casa" se adaptem à SUA cultura e à SUA maneira de pensar e agir. Inclusive ser atendidos na sua língua materna dentro do páis dos outros. Absurdo... e os democratas e liberais concordam... http://insider.foxnews.com/2016/06/14/dhs-whistleblower-obama-admin-scrubbed-records-muslims-terror-ties

 
Ex-agent do FBI fala sobre arquivos deletados
          Vou ser um pouco mais direto agora. A candidata "do Obama", a Hillary é, sem sombra de dúvidas, uma política de carreira da pior espécie, uma cobra.  A Dilma parece inocente, estúpida e até mesmo ingênua perto dessa mulher. Um dos membros de serviço secreto que trabalhava diariamente com ela, escreveu um livro sobre a Hillary por trás dos holofotes e todos deveriam ler. Ela mentiu sob juramento não somente uma vez, mas várias. Ela só não foi presa porque o Obama interviu. Mas há chances que ela será presa no futuro. Você sabe sobre o escândalo de Bengazi? Só quem tem coragem mesmo foi à TV e disse com todas as letras. Hillary era Secretária de Estado e recebeu emails do consulado em Bengazi dizendo do possível ataque. Resolveu ignorar. Um dia antes, recebeu um email dizendo que sabia-se que haveria um ataque no dia seguinte. Ordenou que não se fizesse nada. Quando o ataque começou, o exército pediu autorização para intervir e ela disse que não era para intervir. Tarde da noite o exército resolveu intervir contra às ordens e infelizmente por causa da longa demora 4 americanos já tinham sido mortos. Tudo isso estava registrado em emails e o que a Hillary fez? DELETOU não somente estes emails, mas também 3 mil outros que mandava e recebia de uma conta pessoal no servidor da sua casa em Nova Iorque. Ainda mais, se reuniu com as famílias das vítimas e mentiu para todos eles. Para o azar dela e sorte nossa, tudo foi descoberto, inclusive os emails entre ela e Obama no meio da noite discutindo como iriam acobertar tudo isso para que não afetasse Hillary quando fosse candidata à presidência. Interrogada, mentiu várias vezes. Quando parecia que ela iria ser realmente presa, houve um movimento do marido (que se requisitou uma reunião no aeroporto com a juíza encarreda do caso!!) e do Obama e ela saiu ilesa. Neste dia, metade dos democratas passaram para o lado dos republicanos pois os democratas acreditam que ninguém deve estar acima da lei e essa mulher simplesmente sujou o nome do partido e dos americanos. Ela é perigosa, mentirosa, vendida, inescrupulosa e tem "agendas" secretas que jamais eu e você iremos saber. No final das contas essa mulher está comprometida com gente perigosa, pois já foi provado que o comitê de campanha dela recebeu dinheiro de vários países que "odeiam" os EUA. A fundação dela está sendo investigada e pessoas já foram até presas. Se ela perder, mais sujeira aparecerá e é bem provável que veremos Hillary atrás das grades.




          E o Trump, o que dizer dele? Homofóbico? Sexista? Humanizador? Anti-imigração? Racista? Louco? Felizmente todas essas são as acusações contra Trump e nenhuma delas tem realmente fundamento. O homem não tem papas na língua e como toda pessoa que fala demais, às vezes fala besteira e coisas que se arrepende depois. No entanto, eu percebo que não há acusações de corrupção, mentira, incompetência, ou qualquer coisa do tipo. Eu sempre gostei do Trump por assistir sempre que podia O Aprendiz. Mas não sei se ele seria o melhor presidente para os EUA. Para os que não sabem, Trump sempre foi democrata, mas ao ver a lama em que os EUA está no momento, entrou independentemente na corrida presidencialista como Republicano.

          As coisas que eu gosto no Trump são o fato de ele não ser um político de carreira, não está fazendo isso por dinheiro ou fama, pois já os tem. Não aceitou dinheiro para sua campanha, devolvia cheques milionários pois sabia que com o cheque vem muitos nós e alianças esperadas. É inquestinável sua habilidade nos negócios e acima de tudo ele é patriota. Ele não é anti-imigração, já deixou bem claro isso. Ele é à favor de imigração contanto que as pessoas venham pelos meios legais. Se alguém está com medo de ser deportado se Trump se eleger, deveria estar com medo já agora pois o governo Obama foi o que mais deportou na história dos EUA. Só no ano passado foram quase 600 mil pessoas deportadas. Trump não liga para o politicamente correto se isso for ameaçar a segurança da população. E ele tem peito suficiente para exterminar o ISIS não somente dos EUA como de outros países. Muito diferente do fraco Obama que negou ajuda à França quando ela pediu e disse que o ISIS não era ameaça aos EUA, eram um bando de descamisados que se reuníam em porões usando computadores desatualizados. Ele virou piada nacional quando, somente uma semana depois, os dois malucos atiraram e mataram 14 pessoas na Califórnia dizendo ser em nome do ISIS.

          Aqui nos EUA como no Brasil eu acredito que a solução (e talvez seja em qualquer país) é que pessoas novas, não políticos de carreira, apareçam e tenha um histórico de sucesso em suas vidas pessoais. A família do Trump é exemplar. Todos os filhos trabalham desde cedo, não há drogados, vagabundos, ladrões, alcoólatras etc. Ele é casado com uma imigrante eslovena e tem um outro filho com ela também de 12 anos. Ele tem quase 70 anos e trabalha de domingo a domingo. Eu posso estar enganado, mas eu acredito que, se eleito, vai surpreender a todos, mesmo aqueles contra ele como parte da população afro-americana, gays, democratas e principalmente imigrantes. E naturalmente a próxima pergunta é: "Em quem você vai votar Renato?" A resposta é: Em nenhum dos dois pois não sou cidadão americano e não tenho direito ao voto. Abs a todos e por favor, sejam educados nos comentários. Cada um tem direito à sua opinião e a discordar também, mas sempre com educação. 

59 comentários:

  1. Olá Renato,tudo bem?
    Só posso dizer "obrigada pela aula!!"
    Realmente só quem está aí,vivendo o dia a dia pode falar o que acontece,o que não chega pra nós aqui fora..Confesso que fiquei boba com alguns fatos e me fez pensar sobre outra perspectiva..
    Adoro seus posts,voce sempre dá mil dicas e esclarece muitas coisas..
    Fique com Deus e muito sucesso e alegrias..Bjs Ana
    ps:Que vença o melhor não só para os EUA mas também para o Mundo!Ele está do avesso no momento..

    ResponderExcluir
  2. Realmente vc mudou minha maneira de ver as coisas. Tudo que eu sabia até agora [e olha q me interesso muito pelo assunto] é que A Hillary é boa, é inteligente e competente e o Trump é um louco desvairado q qdo entrar no cargo vai deportar todos os q não forem americanos.Até mesmo jornalistas brasileiros q moram em NY há 20/10/5 anos falam claramente isso. E outra aqui não se falou nada de qualquer escandalo ligado a Hillary, se falou do caso dos emails... mas somente pelo fato dela ter usado rede particular.

    ResponderExcluir
  3. Parabéns Renato, o senhor é um dos poucos que tem a coragem de demonstrar seu real ponto de vista sem cair naquele velho discurso: "Hillary é a boazinha que casou com o Bill, quer que todo mundo seja feliz" e "O Trump é um louco, racista, fascista, homofóbico, xenofóbico " Além de demonstrar sua opinião, teve humildade até sua última frase. Boa sorte e tudo de bom

    ResponderExcluir
  4. Olá Renato,

    Gostei muito do seu post. Concordo com muitos dos pontos apresentado por vc. Já tinha lido algumas coisa a respeito de Hillary, mas aqui as informações não chegam da forma como deveria. E tbm sempre achei que Trump não deve ser tudo isso que estão pintando. Com certeza ele fala o que pensa e como não depende do dinheiro de ninguém, não há quem possa fazê-lo se calar. Mas como um empresário de sucesso, ele deve ter várias qualidades de liderança. Portanto, o seu post traz luz a estes assunto e nos ajuda a entender um pouco melhor o está acontecendo por aí.
    Abraços.
    Alana

    ResponderExcluir
  5. Oi Renato, realmente não só o Brasil mas também os USA estão carentes de boa representatividade na política, eu até não entendo muito, porém, tanto um como o outro, democrata ou republicano, na minha opinião não merece se Presidente desse país.

    ResponderExcluir
  6. Renato, que bom ler seus comentários sobre política americana. Como leio muito acho que o Trump é melhor não só para os Estados Unidos, quanto para o resto do mundo. Seria bom que os loucos sentissem que alguém com poder se importa com as suas loucuras e que dará o troco.
    Parabéns pela honestidade.
    Rogeria

    ResponderExcluir
  7. Gostei do que você postou. Desejo que o povo americano saiba escolher o melhor. Abraços.

    ResponderExcluir
  8. Oi Renato. Estarrecida com as verdades sobre Obama e Hillary, com quem simpatizaVA. Que nojo ! Eu vislumbro um futuro sombrio para todas as nações que abrirem suas portas para radicais islamicos. E o Brasil está começando a fazer isso agora, por obra e graça do pt!! Eu li um artigo, vários anos atrás, antes de começar essa onda de ataques terroristas, onde o articulista PREVIA EXATAMENTE o que está acontecendo hoje. O artigo delineou perfeitamente o plano de poder deles, e agora eu vejo tudo isso acontecendo na minha cara !! Alguém tem que fazer algo de prático, e talvez Trump seja essa pessoa. Do contrário, vão mesmo dominar o mundo, como dizia o artigo.

    ResponderExcluir
  9. Falou tudo e falou bonito. Não mudo nada, nem sequer uma vírgula.

    ResponderExcluir
  10. Renato, tudo bem contigo?

    Mais um excelente texto, como os demais que sempre vem redigindo. Sempre preciso, assertivo e imparcial.
    Porém, permite-me sugerir uma correção? Sinagoga não é a terminologia correta, pois esta é utilizada em sua maioria pelos/nós Judeus.
    Se possível, substitua-o por Mesquitas, que é a denominação correta e que os Muçulmanos utilizam para suas referências e orações.

    Um grande abraço e sucesso

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá
      Me desculpe a tremenda ignorância. Vou trocar agora mesmo. Muito obrigado e desculpe mesmo
      Abs

      Excluir
    2. Renato, boa tarde.

      Agradeço a sua habitual cordialidade e providência quanto a alteração.

      Um grande abraço e sucesso

      Excluir
  11. Adorei ler e entender mais de perto os dois lados. Parabens pelo post. Abraços. Ju

    ResponderExcluir
  12. Oi Renato, adoro seu blog e adoraria ainda mais poder comprar uma casa com você um dia, quem sabe né???? Agradeço suas informações, que de forma clara e precisa elucidou as dúvidas que eu tinha a respeito da corrida presidencial nos EUA.... Trump e Bolsonaro, são políticos parecidos, pena que o brasileiro não terá a menor chance em terras tupiniquins, meu voto ele terá... Vamos torcer para o Trump reverter as coisas aí nos EUA.
    Abraços

    ResponderExcluir
  13. Oi Renato, ótimo post. Bom ter informaçoes reais sobre política de quem vive aí.
    Um adendo estatístico para você, desde o Presidente Carter que o número de deportaçoes dobra a cada presidente posterior.
    Ou seja, Reagan deportou mais que Carter, Bush Pai deportou mais que Reagan e Carter, Clinton mais que Bush Pai, Reagan e Carter e etc.
    Mais eu queria saber mesmo o porque dos simbolos (Elefante e Burro ) nos partidos? Vc poderia comentar?
    Abs pra vc.
    Marcos

    ResponderExcluir
  14. Olá Renato, muito bom o relato, no inicio achei que talvez fosse uma perda de tempo ler mas antes do segundo paragrafo não consegui mais parar, mudou minha percepção sobre algo que não conheço mas como você mesmo disse ouço falar todos os dias na mídia !!! Abs,

    ResponderExcluir
  15. Tem uma injustiça no seu texto: o Obama pegou a segunda maior crise econômica da história dos EUA (a maior foi a de 1929) e esta crise foi causada e ampliada pela gestão republicana anterior, de George W Bush.

    Você, no texto, dá a entender que o Obama voou os oito anos em céu de brigadeiro na economia e arrombou o cofre do Tesouro Norte Americano quando, na verdade, ele teve que domar o touro na unha e pegou uma crise terrível e estouro da bolha imobiliária.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É a crise de 2008 que você se refere? Quem criou essa crise foi o próprio Obama.

      Leia este artigo do professor Olavo sobre: http://www.olavodecarvalho.org/semana/090305dc.html

      Excluir
    2. Li e gostei muito Jean. Incrível como as raízes são ainda mais profundas. Eu falo que esses democratas atuais têm uma agenda malígna que a gente não sabe o que é...Obrigado!

      Excluir
  16. Olá, Renato.
    Acompanho seu blog já há algum tempo e hoje, ao ler essa sua postagem, não poderia deixar de lhe parabenizar.
    Obrigado pela aula que você deu.
    Eu moro no Brasil e tenho filhos morando nos EUA.
    No momento não tenho a intenção de viver aí, mas me interesso profundamente pelos EUA, por meus filhos. E em minhas viagens para visitá-los vejo os perigos da condução política atual.
    Entretanto, nunca vi explicado de maneira tão clara a situação.
    Obrigado mais uma vez.

    ResponderExcluir
  17. Renato, pesquise mais sobre o deputado Jair Bolsonaro. Ele é exatamente como você descreveu o Trump (e sofre mil acusações falsas, tipo de apoiar estupro sendo que tem projeto contra estupradores e etc)

    ResponderExcluir
  18. Parabéns pelo texto. Quando eu comentava no Brasil wue Obama era 1 fiasco esquerdista, os olhares em minha direção, cintilavam. As provas foram chegando, voilá, eu tenho horror dele proteger islâmico radical. Continue escrevendo, só temos a aprender c/ suas experiências nos EUA.

    ResponderExcluir
  19. Olá Renato,

    Excelente post, a verdade tem que ser dita, doa a quem doer, foi o melhor esclarecimento que poderia ter sobre a dobradinha Obama/Hillary.

    Compartilho com você sobre a idéia de que as pessoas de fora da política possam inserir novos rumos ao que está bastante desgastado.

    Obrigado.

    ResponderExcluir
  20. Obrigado pela análise! Espelha minhas opiniões. Achei que iria me defrontar com mais um texto de um brasileiro dando opiniões sobre política americana baseado em chavões e contorcionismos, mas me surpreendi. Parabéns pela clareza. Pena que muitos americanos não se importam em ver uma mentira e continuar acreditando nela.

    ResponderExcluir
  21. Não discutir futebol, política e religião é se auto-censurar. Tem que discutir sim, até para trocar ideias e mudar de ideia, se for o caso. Parabéns pelo texto.

    ResponderExcluir
  22. Talvez o principal motivo pra votar no trump seria a "mudança" no topo... Votei no obama na1a eleição... E agora depois de ver o discurso dos 2 partidos qd hillary e trump aceitaram a nomeação, e com a violência que está rolando no país, não tô de acordo com a michele Obama qd ela disse q o país nunca deixou de ser grande, q é o lema do trump, make América great again... Não sei como se resolveria esse problema de tiroteios entre policiais e negros racistas, ou terrorismo doméstico, mas se for pra deportar ou prender q pq pessoa q tenha aliança a isso, q seja! Belo texto !

    ResponderExcluir
  23. Renato o seu texto foi muito esclarecedor,Hilary não é muito conhecida no Brasil,só se sabe que foi primeira dama,e como deu pra ver ele esta longe de ser a ideal,Já Trump dá medo em nós brasileiros ele passa uma idéia de ódio e perseguir a todos,o Bush muitos brasileiros até gostavam ,mas Trump confesso tenho medo daquele radicalismo todo ,não só eu, muitos amigos americanos que são Republicanos estão visivelmente envergonhados de ter um cadidato que tão despreparado e que pensa como ele!Hilary ou Trump?,Não sei qual éo pior!

    ResponderExcluir
  24. "O brasileiro jamais deixaria que argentinos dominassem qualquer cidade do Brasil e exigisse tratamento em espanhol, maltratando qualquer brasileiro que entrasse nos seus estabelecimentos."
    Na realidade em Foz do Iguaçu isso já existe. Não com argentinos, mas com islâmicos que vivem separados do restante dos brasileiros, inclusive com suas próprias escolas.

    ResponderExcluir
  25. Bom dia, Renato, encontrei seu blog hoje( 02/8/16), li com atenção e gostei dos esclarecimentos que você faz, porque é verdade que desconhecemos,no Brasil, até mesmo coisas que acontecem bem perto de nós, tendo em vista que nossa imprensa,a soldo,nos engana o tempo todo.Desejo que você continue sendo bem sucedido aí nos EUA. Boa sorte!

    ResponderExcluir
  26. Muito boa sua explanação sobre os democratas e republicanos. No Brasil tem gente que acha que os democratas não são a esquerda como a conhecemos por aqui e dizem que republicanos são de extrema direita. Há muita desinformação em virtude da má qualidade educacional que temos nesse país. De fato, Obama foi e é um presidente ruim, fraco. Quanto a Hillary, não a conhecemos muito bem, apenas a conhecemos como a mulher de Clinton, mas que ela tem uma cara de megera, ah isso ela tem! Infelizmente a esquerda tem dominado as mentes das pessoas, seja no Brasil, na Europa ou nos EUA. São perigosos e maquiavélicos e geralmente só se importam com o poder e dinheiro a qualquer custo, como vimos muito bem no Brasil do PT no poder, mas muitos se encantam com a ladainha politicamente correta do "amor aos pobres, da caridade esquerdista" e outras velhacarias que sequestram os corações e mentes de pessoas mais despreparadas intelectualmente ou de ideologia torta. Parabéns, meu caro, por seu post.

    ResponderExcluir
  27. Caro Renato,

    Nada melhor do que ler sua opinião sobre estes dois candidatos. Aqui no Brasil nada disto é mostrado. Ao contrário, pinta-se o Trump como um demônio e a Hilary como santa. Mais uma vez, um post seu é extremamente esclarecedor.

    Abraços,

    Luis Eduardo

    ResponderExcluir
  28. Olá Renato, conheci seu Blog hoje, e é sensacional, e muito equilibrado, tudo que li até agora,
    Muito boa sua visão da atual campanha presidencial dos EUA, Parabéns, vida Longa,Deus abençoe, Abs

    ResponderExcluir
  29. Bom, vi q mtos apóiam seu ponto de vista e como vivemos em um mundo democrático, sem dúvida q é um ponto de vista a ser discutido, mas com base em alguns pontos q vc colocou, acabo por me questionar sobre o olhar "real" do problema.

    Então vamos olhar um pouco as coisas

    - discussão sobre porte de armas é um clássico americano, q lamentavelmente brasileiros (q adoram pegar maus exemplos gringos, adotaram). Essa lógica funcionaria (da auto defesa) se vc tem absoluto domínio e um treinamento q te permita se defender, do contrário, antes q vc pegue sua arma, vc tá morto.
    - questão PT: realmente o PT é o partido demoníaco... se vc limita sua visão política a globo, SBT, veja... igual a alguém q dá ouvido a um débil mental como Olavo de Carvalho. Apenas pra ficar em fatos recentes. Temer assumiu e mais de uma dezena de seus ministros tem problemas na justiça, sendo q 6 tiveram de ser trocados(inclusive um pq arquitetava um acordão para barrar a lava jato). Alguém pode dizer "mas ele trocou" e eu digo: pq pôs? Eles já tinham acusações antes das nomeações. Aécio, o "amor" dos anti-pt, tem uma enxurrada de coisas contra, mas q a mídia por "acaso" não dá a devida atenção(lembrando aqui palavras do próprio jucá, q dizia sobre a sujeira escondida do Aécio). Sou de SP e aqui vivemos um "tucanato" q não teve a capacidade de em mais de 18 anos, entregar uma linha de 10 estações, q dirá expandir a malha. Então sejamos menos parciais e olhemos tudo.

    - questão dinheiro e guerras: olhando a história como um todo, realmente acham q os EUA estão "dando" dinheiro? Q dizer da guerra sobre bombas de destruição em massa q não existiam? Deixar o Iraque ainda pior do q está, financiar Israel a ser seu fantoche no oriente médio, fazendo da vida dos palestinos uma desgraça. Tendo sido mentores do Osama(será q esqueceram?) Ou da forma q usaram esses países para seus devaneios de poder na guerra fria(juntamente com a igualmente culpada URSS). Doar dinheiro e receber gente desses lugares q ajudaram a fazer o inferno na terra, é o mínimo a ser fazer. Se quiser ir mais longe, deveriam bancar as investigações dos sumidos da ditadura brasileira q eles ajudaram a instalar.

    - Trump não precisa de grana e é trabalhador e não é político de carreira: vai desculpar, mas alguém q fala a quantidade de bobagens q ele diz, não é por "falar o q pensa q escapam coisas", mas pq ele pensa dessa forma e tem essa mentalidade. Como foi dito, se um cara é tão bem sucedido, trabalhador e blá blá blá, não seria tão sequelado a ponto de não saber o q diz. Ele sabe e diz isso de caso pensado(exatamente como o idiota do bolsonaro, q torço continue sendo esse bosta caricato).

    - religiões: sou católico e bem sei q minha religião tem um longo histórico de feitos sanguinários, q depois de algum tempo amenizaram. Judeus respeitam muçulmanos? Não. Cristãos respeitam muçulmanos? Não. Católicos respeitam muçulmanos? Não. Pergunto: como exigir algo q não se oferece? Pergunto de novo: casos de agressão a mulheres q tanto vemos por aí, são só de muçulmanos? Não. A diferenciação de salários no mercado de trabalho, foram feitos por muçulmanos? Não. Um caso bem recente, onde as jogadoras de futebol americano(soccer), a verdadeira seleção q presta daí(pq a dos homens é patética) exigiu pagamento igual, pq recebia menos da metade dos homens, foi feita por muçulmanos? Não. É tão fácil falar sobre o desrespeito a mulher sem olhar para o próprio umbigo não é? E voltando a questão das religiões, será q todos massacres e tiroteios foram feitos por muçulmanos? Engraçado q várias tragédias, inclusive a célebre de columbine, não foi feita por muçulmanos... e aquelas mortes de negros por policiais? Será q eram policiais muçulmanos? Creio q não... então antes de apontar dedo, bom olhar bem para o espelho e ver se o q seu lado faz lhe dá esse direito.

    Continua

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sugiro então que vá morar em algum pais muçulmano e tente viver da mesma forma que vive no ocidente. Depois emita novamente a sua opinião.

      Excluir
  30. Continuando

    - religiões: sou católico e bem sei q minha religião tem um longo histórico de feitos sanguinários, q depois de algum tempo amenizaram. Judeus respeitam muçulmanos? Não. Cristãos respeitam muçulmanos? Não. Católicos respeitam muçulmanos? Não. Pergunto: como exigir algo q não se oferece? Pergunto de novo: casos de agressão a mulheres q tanto vemos por aí, são só de muçulmanos? Não. A diferenciação de salários no mercado de trabalho, foram feitos por muçulmanos? Não. Um caso bem recente, onde as jogadoras de futebol americano(soccer), a verdadeira seleção q presta daí(pq a dos homens é patética) exigiu pagamento igual, pq recebia menos da metade dos homens, foi feita por muçulmanos? Não. É tão fácil falar sobre o desrespeito a mulher sem olhar para o próprio umbigo não é? E voltando a questão das religiões, será q todos massacres e tiroteios foram feitos por muçulmanos? Engraçado q várias tragédias, inclusive a célebre de columbine, não foi feita por muçulmanos... e aquelas mortes de negros por policiais? Será q eram policiais muçulmanos? Creio q não... então antes de apontar dedo, bom olhar bem para o espelho e ver se o q seu lado faz lhe dá esse direito.

    - questão bolsa família: será q realmente toda família realmente são compostas de "vagabundos q roubam dinheiro dos trabalhadores"?. Vale o contraponto aqui: escândalos em geral, roubos grotescos de dinheiro, corrupção, obras superfaturadas, dinheiro q não chega para educação, saúde(mtas vezes aos beneficiados do bolsa família, veja só!), por acaso são feitos pelos beneficiários do bolsa família? Acho q não né... o próprio papo do "homem trabalhador", beira o ridículo, pois ao passo q tratam o bolsa família como "bolsa vagabundagem", apóiam políticos com histórico de desvio de verbas monstruosos(um bom exemplo é o Maluf, adorado ainda por pessoas q não sei se são alienadas ou só sem noção de realidade). Percebe a incoerência? Então um almofadinha rico pode desviar dinheiro, mas ajudar quem necessita é"sustentar vagabundo". Lógica estranha essa...

    Faça um contraponto, olhe um pouco no espelho, olhe os erros, faça uma reflexão e daí poste novamente, pq vai me desculpar, mas sua visão foi demais apontando o dedo e mto pouco fazendo o mea culpa dos erros daquilo q se defende.

    Ainda sim, admiro q ao menos vc tenha fundamentado suas críticas em argumentos válidos, não em "eu acho certo, é assim é ponto"

    Abraço

    ResponderExcluir
  31. Texto muito bom. Olha que sou brasileiro, de esquerda, mas não ingênuo ou extremista. E o pior de tudo, a gente sempre acha que em nosso país sempre é pior. Não sabia que a situação americana com o Obama estava nesta situação descrita. Nossa! A Hillary parece mais um personagem saído de House of Cards. Infelizmente, essas informações chegam ao Brasil sempre filtradas.

    ResponderExcluir
  32. Oi Renato, obrigado pela aula, te admiro pela sua inteligência, bondade e coragem, você está certo, o "politicamente correto" causa muitas injustiças!

    Fiquei triste com a partida do Robert, é muito bom estarmos cercados por amigos e pessoas que gostamos, via você, ele, a Louise, e o casal de cockers como uma linda família. Um grande abraço e que Deus abençoe todos vocês.

    Daniel Gaspar

    ResponderExcluir
  33. Ola Renato, respeito sua escolha, mas gostaria que voce falasse sobre a proposta imigratoria do Trump, fale tambem sobre os mais de 4.000 processos que existem contra ele, desde squemas como a trump university ate pagamentos a funcinatios como faxineiras ,pintores, etc... tambem sobre os trabalhodores ilegais poloneses que construiram um de seus edificios que ate hoje ele nao pagou.Das falencias mais de 6, de como ele iniciou o patrimonio que diz ter. Referindo se a familia "exemplar" acho que ninguem pode afirmar nada pois nao moramos com ele.Parar de assistir globo e assistir fox aqui da no mesmo. Nao esqueca da experiancia militar que ele tem , da amizade com Putin do dinheiro que ele recebe da Russia e da industria de armamento , deve ser por isso que ele gosta tanto de guerra.Afinal o povo precisa conhecer os dois lados da estoria.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anonimo
      Minha opinião não é formada pela Globo ou pela Fox pois não assisto a nenhuma das duas. Assista aos discursos dos dois candidatos, observe os fatos, os escândalos, etc. Como eu disse no texto não acredito o Trump ser a melhor pessoa para a presidência, mas entre os dois ele é o melhor pois essa mulher é uma cobra, uma loba em pele de cordeiro e, assim como eu estou cansado do esquerdismo famijerado por dinheiro e poder e que destrói países como o nosso Brasil, assim também aqui.
      Abs

      Excluir
  34. Parabéns pelo artigo, muito bom! Bate com tudo que um amigo meu que entende muito de política diz. Continue nos atualizando sobre a situação política aí. Muito me preocupa a total omissão do Governo Obama em relação ao terrorismo islâmico. Eu até já desisti de acompanhar as notícias sobre as eleições daí porque aqui as notícias só chegam assim: Hillary linda, poderosa, quer ver todo mundo feliz, mais amor por favor e Trump racista, xenófobo, maluco, etc, etc.

    ResponderExcluir
  35. Renato e o que você acha sobre o 911(o ataque as torres gêmeas)?
    Foi uma false flag? e qual é o sentimento dos estadunidenses em relação a este episódio?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu acredito que o 9/11 foi real mesmo mas não estou certo sobre o avião do Pentágono. Nunca se mostrou os destroços do avião e é até hoje uma história mal contada. Todo ano no 9/11 a TV mostra todo dia os ataques e as histórias das vítimas. Os americanos ficam muito tristes nesse dia e muitos choram até em lugares públicos, como bares vendo os ataques.

      Excluir
  36. Nossa, ainda bem que você não vota! Um texto inteiro defendendo o TRUMP é de lascar! A onda de conservadorismo que atingiu o mundo inteiro é triste e preocupante. Só lamento que uma pessoa tão inteligente como você levante uma bandeira tão reacionária, afinal, os republicanos são conhecidos por seus ideias xenofóbicos, racistas, conversadores, homofóbicos e muitas vezes sexistas. Parece bastante incongruente apoiar alguém que declaramente é anti-imigração, sendo você um estrangeiro. Enfim, não concordo com seu ponto de vista mas o respeito e aprecio a exposição do mesmo, pois sempre tento entender a lógica por trás de discursos direitistas (embora esteja cada vez mais difícil, especialmente no que se refere aos argumentos daqueles que tentam defender o golpe que está acontecendo no nosso país). Desculpe se tiver lhe ofendido, não foi a intenção. Se cuida! Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Elisa
      Obrigado pela maneira parcialmente educada com que você expôs suas opiniões. Como você não está aqui no dia a dia não vê os discursos da Hillary e do Trump, só o que o governo e a TV do Brasil filtra e mostra aos telespectadores que, é completamente, biased.
      O Trump está longe de ser racista, xenofóbico, homofóbico etc. Inclusive no último discurso diversos políticos republicanos "gays" deram seu testemunho. Exatamente, há centenas de milhares de gays republicanos. ELes não são o bicho papão que os democratas e a esquerda brasileira pinta.
      Os democratas irão afundar o país em dívidas se ficarem mais 8 anos no poder. Nunca antes na história dos EUA se distribuiu tanto dinheiro a torto e a direito. 51% do orçamento do país hoje vai para assistência e sabemos, que em teoria, pessoas precisam de ajuda, mas uma vez recebida é difícil largar o dinheiro que vem sem trabalho.
      No entanto me intriga profundamente como uma pessoa pode ver tanta roubalheira e corrupção no governo atual do Brasil e ainda assim ficar do lado deles, ou achar que é tudo invenção ou mesmo um golpe. O PT fez exatamente isso no governo Collor e jamais ninguém chamou de golpe.
      Abs

      Excluir
    2. Parabéns pela resposta educada e esclarecedora, Renato! Me espanta e entristece quem, em pleno ano de 2016, ainda defende os governos petistas e acha que todos os republicanos americanos são praticamente reencarnações de Adolf Hitler.

      Dois exemplos de pessoas famosas que são republicanas: Arnold Schwarzenneger e Clint Eastwood.

      Excluir
    3. "no que se refere" você já nota que a petralha copia o discurso da abilolada deposta.

      Parabéns, Renato, pela resposta educada e à altura...

      Elisa, você fala tão mal do Republicanos, que aposta que acredita que foram os Democratas que defenderam o fim da escravidão...

      Dorme com essa, mocinha...

      Excluir
  37. Daí vem um leitor aí nos comentários pôr o Bolsonaro na conversa, faça me o favor, esse homem é a escória, gente, cuidado com esse tipo de político!
    Jefferson - SP

    ResponderExcluir
  38. Muito esclarecedor seu texto. Apesar de não conhecer a fundo os candidatos, eu com certeza não confio em governo de vies esquerdista...

    ResponderExcluir
  39. Uma das maiores falsificações ideológicas do mundo, nos EUA, foi chamar os socialistas de Partido Democrata. Muitos incautos caem nessa!

    ResponderExcluir
  40. Olá, pessoal. O excelente texto do Renato me remeteu a um vídeo que eu assisti que fala justamente sobre o que está acontecendo nos EUA e no mundo, em relação ás metas e objetivos do islamismo mundialmente, e é justamente isso que o Renato fala: quem não é mulçumano/islâmico é cafir e deve morrer. E na verdade, o Obama (nem Hillary) não faz nada contra a invasão islâmica nos EUA por que ele é mulçumano, e não vai combater o terrorismo islâmico. Ele fingi que combate, mas a esquerda (democratas, Hillary, etc) e também o islamismo, têm como objetivo destruir a civilização ocidental para implantar o comunismo e o Islamismo. Talvez não necessariamente juntos, mas os dois têm plano de dominar o mundo, e por enquanto, é agenda comum deles destruir o ocidente. E se vocês não sabem, o Lula autorizou a abertura de uma embaixada islâmica no Brasil, em Brasília, para dar início à invasão mulçumana no nosso país. Bem, para saberem mais, assistam a este vídeo muito esclarecedor: https://www.youtube.com/watch?v=0TzkUWotsd4 Valeu pessoal.

    ResponderExcluir
  41. Enfim, alguém que disse como está a situação do país!!! Obrigado por explicar tim tim por tim tim esse circo que muitos brasileiros não entendem.
    Parabéns :D
    https://s-media-cache-ak0.pinimg.com/originals/62/1a/23/621a23650f9a99f3acbfb5bc88eadf54.gif

    ResponderExcluir
  42. Renato, sempre que possível passo por aqui para ler o blog, mas desta vez vc se superou!!!!! sempre tive a mesma impressão sobre a Candidatacujonomenãopodeserdito, mas por aqui no Brasil, está complicado. Graças a Deus as coisas estão mudando... O PT está sendo varrido do mapa, vamos ver no que vai dar. abç.

    ResponderExcluir

Etiqueta cai bem em qualquer lugar, até na internet. Seja educado ao comentar e perguntar. Olá..., meu nome é..., por favor e obrigado são palavras que ainda estão em uso e mostram cordialidade. Afinal, o blog não é balcão de informações de shopping e embora eu esclareça as dúvidas de todos de bom grado, não ganho nada para isso.
Obrigado por comentar e abração!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...