terça-feira, 15 de março de 2011

Garage Sale

Segundo alguns americanos devia se chamar “Garbage Sale”(lixo em liquidação). Garage Sale siginifica liquidação de garagem. Sabe aquelas tralhas que a gente tem em casa e não sabe o que fazer pra se livrar? Bom, algumas dessas tralhas custaram um bom dinheiro então você se sente um idiota consumista jogando no lixo. Dar de presente também, às vezes, não é uma opção porque as pessoas que você gostaria de presentear não iriam gostar do objeto. As que apreciariam o objeto você é que não as aprecia a ponto de presenteá-las. Muitas vezes não queremos jogar fora e não encontramos alguém que queira a tralha. “Queremos”? Sim eu já vesti esses sapatos como dizem os americanos.

Uma solução brilhante é a Garage Sale. Geralmente nos finais de semana, quem está com a casa abarrotada de tralhas, não somente na garagem, mas também em outros cômodos, resolve fazer uma “Garage Sale”. Pega tudo aquilo que deseja se desfazer e faz uma mini feira no gramado ou mesmo em frente à garagem e acredite, tem gente que sai nos finais de semana à procura dessas liquidações. Eu mesmo adoroooooo!
Garage Sale na casa da Loes
Americano comprando roupas da Garage Sale. Essa camisa
em seu braço segundo ele era para o filho ir a uma festa!
Por exemplo, aqui no meu bairro de grife, Audobon Park, com suas ruas aborizadas e árvores centenárias, o que não se pode deixar de ter é uma bicicleta. A mais baratinha na Target custa 120 dólares e assim que cheguei já comprei uma. Meu amigo comprou outra mas quando temos visitas, sempre faltava uma bicicleta a mais para o visitante. O que eu fiz? Comprei uma antiga beach bicycle em uma Garage Sale por 40 dólares. Atualmente é a minha preferida.

Eu e minha beach bike em Audobon Park. Chique no último!
Você pode encontrar de tudo em uma Garage Sale, desde roupas usadas, sofás, poltronas, eletrodomésticos, enfeites, Cds, DVDs, livros, luminárias e uma infinidade de quinquilharias. Como diz o americano, o lixo do outro é meu tesouro. Ou será o meu lixo é o tesouro do outro? Whatever...


Roupas usadas da Garage Sale


No final de semana passado fui convidado a ajudar em uma Garage Sale da sogra do James, dona Loes. Uma senhora simpatissíssima de 73 anos (que parece ter 60) e que mora em uma casa abarrotada de quinquilharias. Só de entrar na casa dela, em si já foi uma aventura exploratória. Na mesa da sala de jantar havia umas 70 bonecas da sua coleção pessoal. Algumas delas foram expostas na Garage Sale mas sem interesse do público. Mesmo sendo vendidos a preço de bananas, alguns itens despertaram pouco interesse. Fiquei abismado de ver os carrões estacionando em frente à Garage Sale para comprar roupas usadas, gravatas, chapeis, etc. Foi um dia divertido.

Dona Loes de saia jeans e pantufas...não disse?
Da coleção de 130 bonecas essa foi posta para "adoção"
Mais divertido ainda foi conversar com Loes que desbafou comigo à respeito dos Portoriquenhos que estão tomando conta da Flórida. Ela disse: “I feel like a stranger in my own country”(sinto-me como uma estrangeira dentro do meu próprio país), reclamando que em muitos lugares portoriquenhos se negam a atendê-la em inglês e impõe a ela o espanhol. “Eu já estou muito velha para aprender uma nova língua. Se eles desejam viver aqui, porque não aprendem inglês?”. Loes é aposentada, mora em uma casa linda, sozinha em um bairro de classe média de Orlando.

Bairro onde Loes mora
Viagem que Loes fez ao Rio 25 anos atrás. Segundo ela, o guia (ao centro)
pediu que ela tirasse os anéis de ouro e disse "Eles cortam seu dedo
por esses anéis!" 25 anos atrás??
Loes trabalha 3 vezes por semana na Penny’s só por prazer ou como ela mesma disse “pra ter alguma coisa pra fazer, sabe?” Bebe vinho todos os dias, almoça e janta fora de casa, porque tem preguiça de cozinhar mas passa à ferro duas vezes todas as suas roupas, inclusive lençóis e fronhas, guerreira!! Convidei ela pra vir jantar um dia em casa ao que ela me disse “Ah, eu agradeço mas não dirijo após o pôr do sol”...e eu pensei “chiquérrima essa mulher” rsss

Quanto custaria uma dessas na Camicado?
Camisas por 1 dólar!

Fiquei imaginando a Loes nesse vestido de plumas rsss
Como uma só pessoa pode ter tantas gravatas? Todas pertenciam ao
filho de Loes.

"O lixo do outro é meu tesouro" - Fiquei torcendo pra ninguém comprar
porque ficamos a tarde inteira escutando o rádio e bebendo vinho
com refrigerante. :P

21 comentários:

  1. Eu adoro coisas com história! Comprei uma escrivaninha da década de 50 numa garage sale, amor a primeira vista! Custou $15!!!! Vai virar minha penteadeira, estou estudando como irei pintá-la...coisa linda! Aqui no Alabama além do garage sale tradicional, eles juntam várias família e fazer um "super" garage sale, alugam um espaço separado e é um mundo de coisas. O mais famoso aqui é o "super" de crianças. Juntam mais de 300 famílias colocando coisa de criança à venda. A coisa bomba de um jeito que vem gente até de outros estados, já imaginou? A fila para entrar começa de madrugada e se você trabalhar no evento ou colocar suas tralhas para vender, pode entrar antes da galera e comprar as coisas mehores. Achei o máximo! Ninguém merece comprar roupa nova todo dia pra criança...

    ResponderExcluir
  2. Muito legal isso. Outro dia teve uma Mega garage sale no bairro e "todas" as casas tinham garage sale. Se voce tiver uns 100 disponível dá pra mobiliar a casa eheheheh

    ResponderExcluir
  3. Renato
    Parabéns pelo blog. Sensacional. Ele nos esclarece cada vez mais sobre este imenso país que são os EUA (ou "America"). Foi a primeira vez minha aqui no blog e já está nos favoritos.

    Fernando Pádua
    Ribeirão Preto/SP

    Abraços e boa sorte

    ResponderExcluir
  4. Preciso fazer o meu Garage Sale ...
    tem horror de baguncaaa kkkk

    Como vai renato??

    ResponderExcluir
  5. Renato que inveja de você!!! ( no bom sentido, viu?) O ritmo daí é tão calmo,muito bom!Eu adoro aqueles programas de decoração onde se faz as garage sales.
    Te desejo 100 anos de EUA!!!
    Abs
    Simone

    ResponderExcluir
  6. Tenho um amigo que mobiliou a casa dele inteira comprando coisas em garage sale. Ele teve sorte. descobriu coisas legais.

    ResponderExcluir
  7. Gente, obrigado pelos comentários e elogios
    Juliana eu vou bem obg!
    Eu vou fazer uma Garage Sale na casa do meu pai quando eu for ao Brasil. Mas fiquei pensando, será que serei assaltado?
    rsss

    ResponderExcluir
  8. Oi Renato muito bom o seu blog cara.. ja estive uma vez ai em Orlando, e mes que vem estou voltando.. li uma noticia esses dias aqui, sobre comerciantes dai nao estarem aceitando notas de 100 dolares antigas.. chegou a ouvir alguma coisa por ai? abs
    http://noticias.r7.com/economia/noticias/turista-pode-sofrer-com-recusa-de-dolar-antigo-no-exterior-20110314.html

    ResponderExcluir
  9. Fabio
    Obrigado por avisar. Coloquei até na página no blog no Facebook mas, olha só. Procurei nos principais jornais daqui alguma notícia nesse sentido e encontrei ZERO menção deste problema. De qualquer maneira eu sempre achei a nota de $100 um trambolho, quase ninguém tinha troco e para despesas maiores eu sempre uso cartão. Se não tiver jeito, assim que chegar troque em um banco, mas tenha o recibo porque no caso de alguma ser falsa, se voce não provar onde comprou vai preso.
    Em 15 meses aqui nunca vi uma nota de $100! :)
    Abs!

    ResponderExcluir
  10. Blz Renato?

    mto bacana seu blog. Obrigado por visitar meu blog e deixar um comentário sobre a "possibilidade" do Obama anunciar que os brasileiros não vão precisar de visto mais.

    Dá para ver que seu blog tem bastante conteúdo e que vou passar boas horas aqui tirando minhas próprias dúvidas.

    Eu add vc no meu blogroll e gostaria de te pedir para me adicionar também.

    Blog do Intercâmbio
    http://www.marcelogoes.com.br

    abs

    Marcelo

    ResponderExcluir
  11. Seja muito bem vindo Marcelo!
    Já está adicionado! Gostei muito do seu blog também. Quanto a você vir aos EUA estudar, não se preocupe, eu não tinha um ótimo salário, propriedades etc e o consulado me deu o visto para 4 anos. Eles sabem muito bem a quem devem rejeitar os pedidos de visto
    Abs e sucesso!

    ResponderExcluir
  12. Eu achei aqui a pouco tempo nos Eua e amoooo, um garage sale. Por exemplo: a mesa que a Dona Loes estava sentada teria um lugar todo especial aqui na minha casa.rsrsrs

    ResponderExcluir
  13. Thabata eu também queria comprar umas coisas mas antes, preciso me livrar das quinquilharias daqui!
    Abs

    ResponderExcluir
  14. Oi Renato, li bem antes mas na hora de comentar a Internet caiu, rsrsrs Primeiro darei parabéns a sua boa forma,como consegue, nesse país das panquecas e cupcakes? rsrsrs O bairro da D Loes é lindo, o moço das gravatas exagerava, não é?AFF!! Será que ele enjoou de gravatas? Aqui algumas pessoas já tentaram fazer garage sale, mas não pega, também os objetos não são tão sedutores, mas é uma ótima idéia e divertida, se exerce o desapego de modo interessante, sabendo que alguém fará bom uso do que não nos interessa mais. Adorei o post!!!

    ResponderExcluir
  15. Que nada, já engordei uns quilinhos. Acho que o brasileiro tem superstição ou preconceito com coisa usada. Aqui é muito comum e as pessoas se gabam de ter comprado usado. No Brasil sentiriam vergonha talvez. Quando tiver uma casa aqui vou mobiliá-la com coisas de Garage Sale. Chega de dar dinheiro pra comerciante nào é mesmo?
    Bjs

    ResponderExcluir
  16. Quando eu morava em Connecticut, as vezes meus pais nos colocava no carro e ficavamos rodando atrás de garage sales! Era super divertido.

    Esse negócio de cortar os dedos pelos anéis minha bisa-tia-avó me falava isso há uns 17 anos atrás! Hoje em dia ela está com mais de 80 anos e continua morando nos EUA. :)

    ResponderExcluir
  17. gostei da solidao da dona loes.tadinha,ela deve ter muito o que contar.muito simpatica ela.

    ResponderExcluir
  18. Fala cara comecei um garagesale na internet totalmente gratuito quem quiser esta livre para criar seu garagesale!
    www.garagesaleapp.me

    ResponderExcluir
  19. Fala cara comecei um garagesale na internet totalmente gratuito quem quiser esta livre para criar seu garagesale!
    www.garagesaleapp.me

    ResponderExcluir
  20. Ai Renato...
    Estou me deliciando nos seus posts.
    Está mais gostoso que um seriado.
    Que bom que você está dividindo essas riquezas com a gente.

    ResponderExcluir

Etiqueta cai bem em qualquer lugar, até na internet. Seja educado ao comentar e perguntar. Olá..., meu nome é..., por favor e obrigado são palavras que ainda estão em uso e mostram cordialidade. Afinal, o blog não é balcão de informações de shopping e embora eu esclareça as dúvidas de todos de bom grado, não ganho nada para isso.
Obrigado por comentar e abração!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...