sexta-feira, 13 de setembro de 2013

E se eu Ficar Doente nos EUA?


            Existe algo maligno que perambula entre os mortais como eu e você. Por esse motivo não se deve dizer em alto e bom som "Eu nunca bati o carro..." Dá merda. Depois de um tempo bate-se o carro. "Eu nunca tive dor de dente"...e você é atacado por dor de dente que vira um canal imenso, um sinkhole. Alguns dizem que é mau olhado, outros que é coisa feita ou inveja. Seja lá o que for, a falecida amiga da minha mãe dizia "que isso é intriga" (quando a gente cai doente, por algum motivo).

            Conversando com meu pai outro dia ele me perguntou "e aí você tem seguro saúde?" E eu respondi "pai, você sabe de tudo da minha vida, você paga as últimas parcelas da minha faculdade porque meu dinheiro acabou, você sabe que eu não estou trabalhando (em termos...né) e você ainda pergunta se eu tenho seguro saúde? Claro que não". E daí foi que eu me dei mal ao continuar "graças a Deus que em 4 anos não fiquei doente nenhuma vez!" Ahhhh pra quê? Dois dias depois caí de cama e sem seguro saúde ou, como dizemos no Brasil, plano de saúde. E agora?

Eu sei Tio Sam, assim que eu começar a trabalhar
será a primeira coisa que farei...
            A minha sorte é que parecia um forte resfriado ou mesmo uma gripe. Se o leitor não sabe, perdi minha segunda vida (se cada um de nós tiver 7) em 2009 quando peguei a gripe suína. Então pra quem já teve a gripe suína, um resfriado não é nada mais que um desconforto. Fiquei em casa, de cama, tomando Terraflu, Alka Seltzer, Advil e muito chá verde com mel e limão. Sete dias depois, nada de melhorar e já comecei a ficar preocupado porque a dor de garganta começou a ficar difícil de suportar. Daí veio a febre...no final do resfriado? Pois é...algo não estava certo.



            Infelizmente estava em uma dessas semanas que a gente fica super apertado de dinheiro (sem nenhum puto na linguagem do populacho) e pensei, como é que eu vou ao médico? Por que, se você não sabe, para conseguir antibióticos só com receita médica. E receita se consegue na consulta ao médico. Bom, e agora? Benditos cartões de crédito brasileiros. Você acha que eu vou morrer por causa do Itaú, Banco do Brasil, Credicard e American Express? Daria o cano no Brasil (nos bancos...) sem pensar duas vezes!! O próprio Brasil deve milhões de dólares e não paga, porque eu tenho que pagar? Passei a mão neles. E olha, somando todos os quatro eu devo ter 35 mil reais de limite de crédito e sabe quanto eu devo em todos eles? Absolutamente nada...

Eu tinha um amigo que gastou o limite inteiro nos cartões de crédito e foi pra Londres feliz, contente
e bem vestido. Nunca mais voltou, nem pra visitar.
Não sei se eu teria coragem, mas se a situação apertasse, com certeza!
            Encurtando a minha dificuldade, liguei para o Robert e ele me falou pra ir no Centra Care Hospital Care (que nome idiota, care duas vezes...) que fica 5 quarteirões daqui e atende 24 hs sem hora marcada. Liguei lá, porque eu não sou retardado de perder a viagem e a moça me disse em sotaque "pueblito" A consulta são 250 dólares pra quem não tem seguro saúde mais exames, se for necessário. Nossa que facada. Mas pense bem, se eu tivesse seguro, teria que pagar 75, porque os seguros aqui são co-paying. O cliente/paciente sempre paga uma parte. Se eu tivesse seguro saúde pagava só 75...hummm. Mas se eu tivesse seguro saúde, em 4 anos já teria pago (240*12*4) 11.520 dólares sem ter usado sequer uma vez! Eu sei que corri o risco de ter algo sério e me estrepar certo? Que nada, se eu tivesse alguma coisa séria, ia pro Brasil me tratar no maravilhoso SUS...que segundo o Lula, ele vai ensinar ao Obama como é possível ter serviço de saúde barato e "de qualidade". Morrer eu não morreria, porque quem tem pai médico e amigos, pagão não morre. Mas mesmo assim, achei 250 muito caro.

250 dólares só pela consulta...
            A Daniela, minha amiga brasileira da faculdade disse que há um tempo atrás, quando ninguém na família inteira dela tinha seguro, eles consultavam um médico hispânico que cobrava 50 dólares de consulta e te dava a receita que "você quisesse", essa é boa não? Mas eu pensei em ir no Wallgreens primeiro e conversar com o farmacêutico, vai que ele me dava a medicação? Chegando lá o farmacêutico me disse: 

          - "Você tem que ir no Wallgreens Take Care Clinic, lá eles consultam e tratam de uma série de males e doenças"...."
            - "E é? E quanto é a consulta?"

          Ele respondeu "89 dólares". Me danei pro Wallgreens Take Care Clinic que fica na esquina da Michigan com Delayne. Chegando lá, já vi os sinais de atendimento no fundo da loja. A recepcionista me disse para fazer o login ou check in no computador (colocar o nome, email, data de nascimento e sintomas) e esperar. Assim que terminei o check in e já ia me sentando quando a moça disse "pode entrar!" Nossa que rápido? Passei por uma mulher que tirou a minha pressão, pegou meu batimento cardíaco e me fez algumas perguntas. Daí caí nas mãos da Dr. Mary Callahan. 




Pacientes, assim como eu, sendo examinados no
Wallgreens Take Care Center

         Curioso que eu sou já comecei "Você é médica? Você fez faculdade aonde?" e um monte de perguntas. Segundo ela me explicou ela é uma PA. É alguem que é mais que uma enfermeira e menos que um médico. Eles estão aptos a realizar consultas, diagnosticar e tratar doenças, bem como receitar remédios. Uau..."e quantos anos você teve que estudar pra ser uma PA?" Achando que ela ia me dizer assim "um curso de 4 anos...da Uni-esquina". Ela me disse: "4 anos de faculdade graduação, depois mais 3 de graduate school onde eu tirei meu mestrado para ser PA". Sete anos de faculdade para ser PA...estudada ela.

Profissionais que passaram 7 anos na Universidade

            Conversa vai, conversa vem, descobri que a Dra Mary é um amor de pessoa. Mediu minha temperatura, olhou meus ouvidos e garganta, escutou eu coração e mediu a pressão de novo. Colheu também uma cultura da minha garganta, fez um teste na hora (que demorou uns 5 min) e me disse "Deu positivo para Strep...era meu medo" Como assim era o seu medo?? O que é Strep?? Pesquisando depois, porque o que ela explicou eu não entendi bulufas, trata-se de Streptococcal Pharyngitis, que traduzido para o português é Faringite Streptocócica. Uma faringite (infecção da garganta) causada por uma bactéria (streptococcus pyogenes). Peguei tudo na Wikipédia mesmo. Dra Mary receitou o antibiótico Azitromicina (porque eu sou alérgico a penicilina) que eu paguei 29 dólares e vou tomar por 5 dias, já que tem efeito prolongado e ficará no meu sistema por 10 dias.


Assim que chega você deve fazer o Check In no computador


Depois de atendido, a PA manda a receita eletrônicamente para a farmácia. Ao lado do seu nome,
aparece o horário exato que a medicação estará a seu dispor.
Antes de chegar às suas mãos, a medicação ainda é conferida por um
farmacêutico que verifica se a droga certa foi receitada.
Viu meu nome na TV?

Assim que deu o horário da retirada, você vai até um desses caixas e apresenta
a receita e paga alí mesmo pela medicação.


            Então agora já sabemos, em primeiro lugar, não fiquemos espalhando aos 4 cantos que temos saúde de ferro que pagaremos com a língua. Uma vez doente, a Take Care Clinic do Wallgreens é uma boa opção para coisas menores, sem ter que esperar horas no consultório de um médico ou hospital. No site do Wallgreens tem a relação das doenças que podem ser tratadas no Take Care Clinic, mas eu vou colocar aqui também. Mas no site, dá para encontrar o mais perto de onde a pessoa está. Lembrando que não é todo Wallgreens que tem Take Care Clinic. No site a gente fica sabendo onde eles estão na cidade. Com seguro saúde ou de viagens, fica até 75% mais barato. E lembre-se...se você estiver bem de saúde, contente e com dinheiro, cale a sua boca e não conte pra ninguém...


Prevenção (vacinas), tratamento e monitoramento de doenças


 Abaixo relação das doenças que podem receber diagnóstico e tratamento nas clínicas do Wallgreens





53 comentários:

  1. Nossa Renato que mau bocado vc deve ter passado. Mas que bom que deu tudo certo =D
    Adorei esse post. Super informativo. Me fala uma coisa, não existe plano que cubra 100% (sabemos que alguns procedimentos ficam fora, mas a grande maioria está dentro) das necessidades igual aqui no Brasil ??? O máximo da cobertura é 75% + exames ???

    ResponderExcluir
  2. Assim que eu fizer um vou postar sobre os planos de saúde. Tem sim 100%, mas é bem caro. Tem de todo tipo de cobertura 50/50 (50% seu 50% do seguro) 30/70, 20/80 e assim por diante. Mas é bom saber de todas as opções certo?
    Abração!

    ResponderExcluir
  3. Eu hein, pegar gripe bem na hora do perrengue bem vindo ao clube Renato, eu até agora não aconteceu nada depois que me mudei pro Litoral (são 5 meses, incluindo SC)capixaba(nem a alergia respiratória veio). Dizem que o Espirito Santo é um estado abençoado, eu comprovo, o Sistema de Saúde da cidade aonde estou aqui é modesto, bem diferente das outras regiões do estado e do Brasil todo. Mas nem de perto é igual ao da America, ainda bem que temos jogo de cintura, e é o lado bom dos latinos também.

    Abraços,até maix

    ResponderExcluir
  4. Melhoras meu querido amigo Renato, que a bendita faringite te abandone pelos próximas 80 anos, assim como todas as outras doencas. Nessas horas sou bem feliz por viver na Alemanha, aqui nunca me preocupo se vou ficar doente e do que, pq meu seguro cobre tudo e os medicamentos custam sempre 5 euros, nao importa qual, e em caso de internacao, 10 euros por dia. Sinto-me muito abencoada por isso. Só quando se fica doente, conhecemos o valor da saúde. Abracos Eloise

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Elo!
      Puxa, isso que é sistema de saúde hein? Aqui é caro... :(
      Abs

      Excluir
  5. Renat. Voce ja penssou alguma vez em ser reporter? Acho que teria grandes chances! Juntando a qualidade dos textos, com o humor natural mais charisma, seria somente sucesso! Bem voce nasceu para o sucesso! abracos. marciaf56@yahoo.com(sua eterna seguidora)

    ResponderExcluir
  6. Oi Renato, que post legal. Cada vez aprendo mais sobre a cultura americana. Obrigada pelas informações. Ano passado um amigo meu viajou para a California sem seguro saúde e machucou o dedo do pé. Como é diabético foi ao médico. Pagou por uma consulta + raio x US$1200,00. Um absurdo de caro! Melhoras aí! Um abraço. Heloisa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Humm se eu fosse diabético eu teria feito seguro. Nunca viajei para fora do país sem seguro saúde. Saiu mais caro né?
      Abs

      Excluir
  7. Ainda bem que você descobriu o que era!

    Susto 1: Como assim $75 de co-payment? Que roubo é esse? É muito caro esse plano aí. Aqui pagamos $30 e eu já reclamo.

    Susto2: Gripe suína?! Coitadinho.

    Susto3: que zorra de médico é essa que dá o remédio que o paciente quer? Eu não estou falando de antibiótico, mas pense aí na quantidade de gente que o procura para pedir benzodiazepínico!

    obs:Bom, lá em cima você confundiu PA e Nurse Practitioner, são duas profissões completamente diferentes (mas na prática, fazem a mesma coisa). Pelo que você descreveu, ela é uma PA porque para ser Nurse Practitioner tem de fazer a faculdade de enfermagem. Olha, eu evito o máximo ir ao médico mesmo, sempre quando posso marco algum desses profissionais. Acho eles muito mais empáticos e me sinto muito melhor durante a consulta para tirar dúvidas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hrrrrrrrrrr
      Eu falei que era PA e o Robert "sabe tudo" disse Nurse Pratictionaire. Obrigado por esclarecer! Nada como falar com quem tem marido médico nos EUA
      :)
      Os 75 foi por que ela foi na emergência. Ela paga 20 dólares a consulta em médcos. Mas se tivesse ido no Walgreens tinha pago 22.25
      Susto 3 - Muitos médicos fazem isso e são presos né? Já vi na TV
      Bj!

      Excluir
  8. Renato vc é hilário. Fica bem e se cuida viu?
    Milca.

    ResponderExcluir
  9. Renato: que bom que você conseguiu se tratar. Gostei muito das informações. Como sempre, estou torcendo para que você arranje um bom trabalho e não precise voltar.
    Aqui no Brasil o governo colocou a população contra os médicos, importou centenas de "médicos" sem revalidar diploma. A cada dia, dou mais valor ao meu plano de saúde. Sempre fui muito bem atendida. E por médicos com registro no CRM. Você poderia nos explicar como são revalidados diplomas de estrangeiros ai nos EUA?
    Maria Hermínia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Maria
      Eu acredito que há uma avaliação, mas não em todo caso. Para os médicos e outros profissionais é preciso estudar, fazer os difíceis exames e passar. Se alguém conseguir passar nos exames, pode ter certeza que é bom. Porque são dias e dias de exames.
      Existe uma empresa que avalia o histórico escolar das faculdades e dá uma nota tipo GPA para o aluno estrangeiro entrar em mestrados e doutorados americanos. Mas sei muito pouco sobre isso.
      Abração

      Excluir
  10. Olá Renato!
    É estranho o governo americano não dar um subsídio para a saúde,muitos dizem que isso ficaria muito caro para o governo,mas esse mesmo governo gasta milhões em armas,o custo total atualizado da "guerra contra o terror" já está em US$ 3,3 trilhões de doláres,isso é quase 2x o PIB do Brasil,o custo mensal é de US$ 16 bilhões,e o sistema de saúde americano funciona desta forma?Não dá para entender...
    Melhoras e MUITA SAÚDE!
    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não é? Mas o governo gasta muito dinheiro com gente que não pode se tratar também, porque os hospitais atendem a todos e só uma parcela paga ou tem seguro, o resto acaba sendo bancado pelo estado. Eu fico besta quando aparece que os EUA enviou 16 milhões de dólares para ajudar esse ou aquele pais...e como você falou, com guerra
      Por outro lado o Brasil tem sistema publico de saúde, mas dá pra usar? Eu teria MUITO medo
      Abs!

      Excluir
  11. No dia 28 de junho de 2011 foi assinado um termo de compromisso entre o Consulado-Geral do Brasil em Miami e a rede farmacêutica Walgreens que oferece descontos para exames médicos para todos os brasileiros que estão nos EUA e possuem um passaporte válido.

    http://linhaaberta.com/magazine/2012/10/consulado-divulga-lista-das-farmacias-do-walgreens-que-oferecem-atendimento-com-desconto-a-brasileiros/

    ResponderExcluir
  12. haha, quando li o titulo do post "E se eu ficar doente nos EUA?" pensei logo na resposta: "ta fu****!" Mas olha eu amei a dica desse post. Realmente algumas Walgreens tem mesmo clinica, onde eu moro nao tem. Mas lembro que na East Coats, e tb no Arizona tinham varias com clinicas. Eu nunca cheguei a usar o servico deles, nunca lembrava quando tava doente, nem mesmo na epoca que nao tinha seguro. Eu vou repassar esse post pra uma amiga minha que andou tendo um problema no olho. Ah, outra coisa tb, URGENT CARES (nao o Emergency Room do Hospital que eh mais pra acidentes e coisas graves), mas o URGENT CARE, aqueles que sao separados de hospitais, como uma clinia de atendimento rapido, tb sao mais baratos. Se nao me engano a conta de uma visita foi menos de 100 dolares pra mim. E la eles tem geralmente um PA (Physician Assistant) ou um NP (Nurse Practitioner - essa especialidade de enfermeira tem mestrado ou doutorado e podem prescrever medicacao tb). Eh outra opcao. Que bom que voce foi Renato. Strep nao eh mole mesmo nao. Eu to com o olho direito todo dolorido, embassado, como se tivesse um cabelo dentro, ou uma espinha, eh horrivel. Tive que ir num Urgent Care hoje e me passaram um antibiotico de creme pro olho porque dizem ser um tersol (ou terçol?) só que diferente dos que eu costumava ter quando era pequena. Sei que ta horrivel. Mas foi o Urgent Care que me salvou. E olha que tenho seguro hein, mas mesmo com seguro a gente paga algo, mas se tivesse que ir no Emergency Room do hospital teria pago 250 dolares de co-pay, e no Urgent Care 25 apenas (com seguro). Entao mesmo com seguro alguns servicos sao caros. Saude neste pais eh um problema... O atendimento eh otimo, a tecnologia tb, mas o sistema de saude em si, me revolta. Mas isso é papo pra outra hora. haha.
    Adorei o post, como sempre!!
    Beijo e se cuida!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi amiga
      obrigado pelas explicações. Sim, ir ao hospital é mais caro do que ir nestes centros. O que eu gosto é que tem essa opção destes centros aqui em vez de só duas...o consultório do médico e o hospital.
      Mas não ter saúde pública é um problema mesmo. Vamos ver se o Obama vai resolver isso com o Obama Care né?
      Já sarei já :)
      Um beijo

      Excluir
  13. Oi Renato,

    Adoro seu blog. Ele é uma ótima fonte de pesquisa para quem quer conhecer um pouco da cultura americana.
    Apenas para fazer um complemento ao seu post, os brasileiros tem um desconto de 10% nas clínicas do Walgreens devido ao acordo firmado com o consulado brasieiro. Basta apresentar o passaporte.

    http://www.acheiusa.com/acheiusa2011/asp/noticias/mais_noticias.asp?cd_n=8373

    Abraços
    Felipe

    ResponderExcluir
  14. Oi, meu nome é Jennifer... nossa, o preço da consulta... ave maria!!!! Muito caro. E eles costumam dar atestados pro trabalho, escola? Atestam o dia todo ou só as horas?
    A grande maioria dos meus amigos de trabalho não tem plano de saúde, usam o SUS, uma vez uma menina acordou 5h da manhã com cólica renal, não conseguia ficar em pé, literalmente (tinha que ficar engatinhando) chegou no SUS umas 7h. Até ser atendida, medicada e dispensada eram 8h DA NOITE... verdade verdadeira. Outra moça uma vez levou a filhinha no SUS (na época ela era um bebezinho de 9 ou 10 meses) e demorou 3 horas pra ser atendida, nesse tempo a coitadinha chorou o tempo todo com dor. E ganhando o salário minimo daqui, é o que se pode fazer.
    Não tá fácil pra ninguém hehe... obrigada... e desejo melhoras.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, dá atestado sim. É muito triste mesmo o que acontece com o sistema publico de saúde no Brasil. Meu pai que já trabalhou em hospital publico conta cada coisa
      Obrigado
      abs

      Excluir
  15. Geesuuss. Como assim nao tem seguro saude? E se vc for atropelado, cair uma arvore em cima, enfim, qualquer acidente de carro? quem vai pagar? Qdo eu estava esperando minha imigracao no Canada, eu fiz um seguro Americano que era mais barato que os daqui. Nao iriam tratar doencas pre existentes, mas poderia consultar qquer especialista, dental, cobertura total para acidentes e cirurgia de qualquer tipo e paguei 300 dolares por 6 meses. Antes trouxe do Brasil o ISIS que por uma mixaria fazia tudo isto tambem e como usei. Peguei infeccao de ouvido, alergia de pele, e fui reembolsada de tudo. Sem seguro nao da!Depois de um tempo o ISIS nao renovou nada e perdi. Mas nao posso entender nao ter seguro na terra do TIO SAM.bjos anyway. Boa sorte amigo, adoro teu blog, vc escreve muito engracado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Marília
      Olha, eu sei, mas pagando 1600 de faculdade + livors + material de arte + outras despesas, não deu pra fazer até o momento. Eu tenho seguro do carro que, em caso de acidentes cobre despesas médicas e de hospital até 250 mil dólares. Se ficar muito doente, vai pro hospital e é tratado. Sem emprego, provavelmente a dívida é perdoada
      Mas assim que estiver trabalhando farei sim
      Bjs!

      Excluir
    2. Falando nisso cara, e aquela previsão da faculdade de quanto tu vai gastar em um ano, vc conseguiu se manter no orçamento feito pela faculdade, ou gastou muito mais?

      Acho que a sua era algo na casa dos 20 mil dolares né

      Abs

      artur

      Excluir
    3. Artur
      Gastei menos porque fiquei esperto, comprei livros usados na Amazon, peguei emprestado de colegas, etc
      Gastei 16500 por ano + gasolina
      Abs

      Excluir
  16. Renato,
    Vou usar este post pra agradecer todos os outros posts que você colocou.
    Vou viajar com meus pequenos nesta semana e pude pegar muitas dicas ótimas (bem diferentes de alguns chavões que vemos em outros blogs).
    Obrigado e se cuida.
    Fernando

    ResponderExcluir
  17. O sistema de saúde nos EUA realmente é um terror. Aqui na Austrália se vc tem visto de residente tem direito ao plano do governo e é atendido de graça em hospitais, médicos, etc. Se for emergência não paga nada por fora, se for um exame eletivo paga uma parte. E medicamento tb é bem barato, da última vez que comprei um antiinflamatório forte paguei 5 dólares por 100 tabletes. Mas mesmo assim fiz o plano privado, eu e meu marido somos prudentes ao extremo, temos plano privado, seguro de vida, invalidez, tudo q se tem direito. Vai que...

    Outro dia meu marido me contou de uma amiga de faculdade que foi de viagem pro Peru e teve um derrame no cérebro, que evoluiu pra um edema, teve que passar por cirurgia, está em coma ainda. Ela tinha seguro de viagem, mas que no início não quis cobrir alegando que era doença preexistente. No final acabaram cobrindo, mas imagina a merda se vc não tem seguro?

    Melhoras pra sua faringite!

    Abs, Denise

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Denise
      Por isso, assim que começar a ter salário vou ter seguro saúde sim, e do bom!!!
      Muita sorte pra vcs aí na Austrália, parece um país maravilhoso!
      Já sarei!!
      :)
      Abs

      Excluir
  18. Ola Renato, vc ja estar melhor?

    Seus posts sao ótimos sempre esclarencendo e dando super dicas pra todos nós ! Obrigada !
    Vc pode me ajudar por favor? Estou prestes a fechar um seguro saude com cobertura de ate U$ 1.000.000 de dolares pelo preço de 1.150,00 anual por pessoa pois ficaremos 1 ano ai e somos em 4 pessoas, pelo seu conhecimento acha que ta um preço bom? Pois fecharei aqui no Brasil. A escola ofereceu um de 500 dolares anual mas cobre somente o basico que no caso a cobertura total seria de até U$ 60.000 dolares. Achei arriscado, pois temos 2 filhos pequenos de 6 anos e 4 anos. O que vc acha em relação preço?

    Mais uma vez obrigada ! abs Sidra

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. NOssa Edson
      O preço está ótimo. Anual aqui pra uma pessoa é 5 mil dólares e cobre, no máximo 250 mil
      Faça
      Deixe aqui a dica para outros leitores ok? Nome da seguradora e corretor, se possível
      Obrigado

      Excluir
  19. Ola Renato,

    Obrigada, vou fechar! Então o corretor é Anderson Sabadini ele é da agencia intercultural que faz os intercambios muito conhecida aqui em SP, ele é super atencioso fez vários orçamentos, deu dicas, muito prestativo.
    o contato dele é anderson.sabadini@intercultural.com.br tel. 11 5083-7616 a empresa do seguro é Seguro Icare Premium.
    abs

    ResponderExcluir
  20. PARA TUDO!!! To besta!
    Perae...como assim, voce chega na clinica vai num computador faz seu check-in e em pouco tempo é atendido???
    E o diagnostico??? A Dra passa um remedio que ja vai direto pra farmacia, com seu nome e tudo direitinho????!!qualquer farmacia???

    Porque meu país nao copia essas boas idéias hein!!!
    Abraçao Renato!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jefferson
      Você é examinado e daí sai o diagnóstico. Você escolhe a farmácia (se tiver uma de sua preferência) e eles mandam por email a receita. No meu caso eu queria pegar a receita alí mesmo, então foi por email para a farmácia dentro do próprio wallgreens que eu estava.
      Abração!

      Excluir
  21. Boa noite, Renato! Como vc está? Espero q já esteja melhor. Vamos meu marido, meu filho e eu mês q vem para Orlando e ainda bem q achei seu site. Obrigada pela paciência e disposição de nos fornecer todas essas informações. Me perguntava o q fazer em Orlando, além dos parques, e só encontrei aqui. Gosto muito de poder vivenciar um pouco do cotidiano dos moradores e sair um pouco da área tipicamente turística. Deixa eu tirar uma dúvida, vc disse no final do post q tem 75% de desconto com o seguro de viagem. É só apresentar a apólice e passaporte? Só fomos em 2 países (México e Panamá) e nunca precisamos usar o seguro. Mas como essa viagem vamos com nosso bebê de 9 meses, nunca se sabe, né? Vou até me informar melhor antes de escolher o seguro dessa vez. Muito obrigada pelas valiosas informações.

    Cordialmente,

    Roberta.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Roberta
      É isso mesmo, é só apresentar a carteirinha do seguro, que geralmente a gente ganha quando faz o seguro no Brasil + identificação.
      As pessoas comentaram aqui que brasileiros tem desconto no Wallgreens viu?
      Abs!!

      Excluir
  22. Oi Renato;
    Seu site é maravilhoso. Estou indo para os EUA com meus pais de férias vamos passar 17 dias. Achei um seguro viagem na empresa ISI (assistência de viagem) que é super bem falada no Brasil, nela você não precisa pagar para usar, você liga ela te informa o hospital mais próximo e paga toda até o limite da cobertura.

    A empresa ISI cobra um valor de 372,00 reais por pessoa para 17 dias com a cobertura de 250 mil dólares para enfermidade ou acidente por evento. O que vc acha?? Tem alguma melhor?? É necessário um bom seguro né?? Já ouvir falar de pessoas que quebraram um braço e saiu quase 50 mil dólares.....

    ResponderExcluir
  23. Tudo bem Renato? Saúde pra vc!!!

    Muito bem elaborado o post, com ótimas dicas e muito bem esclarecidas, porque não aproveita esse gancho e faz uma parte II só que falando à respeito das clínicas dentárias daí???
    Já ouvi falar que o tratamento é mais em conta em cidades com muitos brasileiros, onde profissionais brasileiros atendem a comunidade, mas no geral é bem caro.

    Abraço.

    Ricardo Chiba

    ResponderExcluir
  24. Fala Renato. É isso aí mesmo...não tendo é que a gente se vira e aprende onde conseguir as coisas de melhor qualidade e mais baratas aqui. Eu "felizmente" sou obrigado a ter o seguro saude aqui na Seminole e não é que mesmo pagando "barato" pela minha insurance anual, reclamo sempre...rsrsr
    So que em agosto, estava no intervalo do 1º termo e passeando por Tampa acabei parando na emergencia do hospital na madrugada com crise de calculo renal (calculo é sempre problema...até na matemática...rsrsr). A sorte por eu ter esse seguro não paguei nada. Imagina a grana se estivesse sem seguro.. $$$$$.
    Agradeça realmente esses 4 anos sem nada.... abraço
    João Macchi

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. :)
      E aí está gostando do curso?
      abs

      Excluir
    2. Muito bom curso e tirando a minha dificuldade com o idioma, diria que estou me saindo muito acima da média...rsrsrs...modesto.
      Quem perguntou por vc foi a Dr. Steeves. Estou tendo aula com ela pelo 2º semestre e gosto muito dela. O mais engraçado é que a turma tem o maior medo dela...rrsrsr
      E vc já está com emprego fixo ou aguardando algo? Lá na faculdade, alguma chance?
      Abraço

      Excluir
    3. Que bom que você está gostando
      Mande um grande bj a Dr. Esteves. Ela é durona mesmo...bem exigente.
      Eu estou com 3 clientes e já pensando em não trabalhar pra ninguém mais, porque financeiramente não compensa. Estou abrindo minha própria empresa
      abs!!

      Excluir
    4. Pode deixar que mando sim. Ela é durona, mas gosto muito dela e afinal é com as durona(s) que aprendemos muito mais.
      Muito legal essa de já conseguir montar seu próprio negócio. Já posso procurar emprego em algum lugar....heheheh. Precisando de auxílio ...lembre-se que sou arquiteto formado e estamos no mesmo barco ....rsrsrsrsrs
      abraço.

      Excluir
  25. Pior que é verdade, se estiver bem não precisa botar no jornal, outra lição: Se estiver com $$ não saia esbanjando, seus amigos podem se magoar e até pedir emprestado. Já se estiver liso, gaste, gaste que chama. Não parece muito lógico mas é assim que funciona.

    ResponderExcluir
  26. Olá, Renato. Achei seu site só hoje...pena. Sou seu xará e falo de Sorocaba. Já fui algumas vezes para Orlando e em uma delas sofri o que você quase sofreu: 250 dólares mais o remédio em uma clínica em que nem vi direito o médico. E olha a gente ia ao Wallgreens todo dia, só por que eu adoro a loja e fico olhando TUDO de cada gôndola...rs. Mas, realmente não percebemos que havia esse serviço. Sua descrição e sua dica de quem VIVEU o ocorrido é bem melhor do que algumas dicas que encontramos pelos sites da vida, além de bem escrito. PAsso a acompanhar o site a partir de agora. Parabéns do seu xará!

    ResponderExcluir
  27. OI renato, nossa que emocionante kkkkkkkkkkkkkk, quer dizer que medo, mas ainda bem que você esta bem, mas como é a sensação de morar fora? Eu tenho muito medo, por que não tenho uma saúde de ferro KKKKKKK...

    ResponderExcluir
  28. Re: Re: Legal sua exposição. Gostei inclusive da parte que "o doente paga uma parte da consulta". E eu acho que essa moda vai chegar ao Brasil já, já. E esta chegando tarde porque se você soubesse a quantidade de gente que vai ao Pronto Socorro daqui com coisas triviais atrapalhando inclusive as pessoas que estão esperando atendimento com doenças graves que precisam mesmo de atendimento médico. Durante o dia os médicos do Pronto Socorro chegam a atender pessoas que vão pedir atestado para piscina! Durante a noite atendemos manchas na pele há mais de 10 dias, dores crônicas nas costas, distúrbio menstrual de longa data (há mais de dois meses) e etc. etc. Coisas triviais que poderiam ser atendidas nos ambulatórios tranquilamente. Essas pessoas que fazem isso se tivessem de pagar uma parcela por menor que fosse, ( por exemplo 10 reais-)não iriam. Meu irmão teve um AVC e foi atendido no Pronto Socorro da Beneficência Portuguesa, ficou 25 dias internado, fez uma enorme quantidade de exames (tomo, RM, arteriografia de carótida etc ) colocou um Stent na carótida, saiu bonzinho, sem nenhuma sequela e o Convenio era dos Correio a filha dele trabalha lá) e pagou no final das contas somente 800 e poucos reais. Se fosse particular chegaria a mais de R$50.000,00.
    Outra observação é que no Brasil, vai demorar muito para que as enfermeiras possam atender uma consulta e o Brasileiro está certo! Embora ela tenha feito um trabalho certinho com você, não quer dizer que não vai suas bolas fora...
    E eu tenho base para falar porque quando você estuda o primeiro anestésico geral que apareceu no mundo – o thionembutal, que agora quase não é mais usado, você vera que no inicio da 2ª guerra mundial durante o ataque japonês de Pearl Harbour essa droga matou mais gente sozinha, do que os japoneses. E a razão (citada nos livros de farmacologia e anestesia), foi que nos USA enfermeiros podiam fazer anestesia (que existe até hoje). E embora hoje, eles tenham que trabalhar somente sob a supervisão de um Medico anestesista e façam esses 3 anos adicionais da especialidade. Sabemos que a causa foi devida ao foto que no Reino Unido só médico pode praticar a especialidade citada, e la não aconteceram esses fatos lamentáveis. Pode-se ver também que um médico comum que não conheça anestesia, pode facilmente matar um paciente da mesma maneira, como foi o caso triste do cantor famoso. Isso porque a droga propofol que usada neste último caso possui os mesmos efeitos colaterais do thionembutal, e embora tenha substituído o próprio na pratica atual, é tão perigoso como ele (Thio).
    Um abração bem forte e desejo a você todo de bom.

    ResponderExcluir

Etiqueta cai bem em qualquer lugar, até na internet. Seja educado ao comentar e perguntar. Olá..., meu nome é..., por favor e obrigado são palavras que ainda estão em uso e mostram cordialidade. Afinal, o blog não é balcão de informações de shopping e embora eu esclareça as dúvidas de todos de bom grado, não ganho nada para isso.
Obrigado por comentar e abração!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...