domingo, 1 de maio de 2016

Orlando - Pontos Positvos e Negativos

    
Foto aérea de Downton Orlando. Veja como a cidade é arborizada...
       Não é incomum eu receber mensagens de pessoas que vieram passar férias em Orlando e dizer que a cidade é maravilhosa e que desejam se mudar com suas famílias para os EUA e se estabelecer em Orlando. Eu que já moro aqui há 7 anos não tenho muito do que reclamar. Se comparar com a vida que eu levava em São Paulo, realmente é como ser figurante de seriado americano onde quase tudo é perfeito. Pode não ser perfeito, mas é quase. Eu sou muito suspeito para falar dos EUA e de Orlando. Enquanto eu vejo brasileiros que só reclamam, e não sei porque não vão para um lugar que acreditam ser melhor, eu tenho pouco a reclamar. 

             Eu trocaria Orlando por outras cidades americanas se pudesse, principalmente na costa leste ao norte visto que eu gosto muito do frio e de neve também. Mas Orlando é a minha cidade por enquanto e vai continuar sendo por muito tempo. Baseado em uma pergunta de um leitor do blog eu resolvi escrever sobre Orlando. Os pontos positivos e os negativos. Felizmente eu não tenho muito do que reclamar, afinal viver nos EUA foi opção minha e, diferente de alguns, se estivesse aqui só reclamando, já tinha me mudado. Mas sem me adiantar, vamos lá:

Pontos positivos

- Organização - A cidade é bem organizada. Há estacionamento abundante e em 7 anos, acho que tive que fazer baliza umas 3 vezes. 

- Trânsito bom - Excluindo os horários de pico na I-4 e alguns outros pontos críticos da cidade, não se pode dizer que a cidade tem trânsito caótico. Nem se compara com Miami, Tampa ou mesmo Nova Iorque. Sabendo usar outras vias, rapidamente se chega a qualquer lugar, mesmo que esteja a 20km de distância. 

- Ar puro - Desde que mudei para Orlando praticamente sarei da asma e me livrei dos descongestionantes nasais que usava diariamente em São Paulo. 

- Muito verde - A cidade é coberta por árvores e parques. 


Winter Park onde eu moro é assim, parece um jardim

- Segurança - A cidade é segura. Quando há um crime grave este fica a semana inteira passando na televisão. A grande maioria das casas não tem grades nas janelas, muros eletrificados e outras coisas que são comuns no Brasil. Geralmente os bandidos são rapidamente capturados. Aqui eu não tenho medo da polícia...mesmo assim é preciso tomar cuidado em certas áreas da cidade. 

- Custo de vida - Se comparado com outras cidades dos EUA, Orlando tem um custo de vida baixo. Há possibilidades de economizar muito no orçamento visto que a cidade tem lojas mais baratas, supermercados e outros mais acessíveis para a população que não tem muitos meios. 

- Muito sol - Para quem gosta não é? Orlando tem por volta de 300 dias de sol por ano. Os dias são lindos, os finais de tarde são magníficos e assim como em algumas áreas do norte do Brasil, no verão, chove todas as tardes por pouco tempo, depois o sol brilha novamente. 



- Casas eficientes - Quase 100% das casas em Orlando tem ar condicionado, aquecedor e muitas outras coisas que não só facilitam a vida, mas também melhoram a qualidade de vida. 

As casas americanas são muito confortáveis...
- Bons restaurantes - Sim, há bons restaurantes em Orlando. É só viver aqui e sair do circuito Disney-Outlet que come-se muito bem. Americano não vive só de enlatados como alguns pregam no Brasil. 

Experimente o Rocco's Italian Ggille de Winter Park
- Parques temáticos - Para quem tem crianças e para quem tem crianças dentro de si é um prato cheio!

- Proximidade à praia - Em 45 minutos chega-se em Cocoa Beach que é muito bonita. Viajando por volta de 1:40 minutos chega-se em Clearwater que é um paraíso. Além dos parques, cavernas e outras praias próximas de Orlando. 

Cocoa Beach (pronuncia-se Côcou bich) fica a apenas 45 minutos de Orlando.

- Vôos diretos para o Brasil e várias cidades dos EUA - Precisa dizer mais alguma coisa? Vôo sem escala é tudo de bom não acha?

Pontos Negativos

- Trânsito - Comparado com São Paulo e Nova Iorque o trânsito é uma maravilha. Mas se comparado com outras cidades dos EUA, realmente não é dos melhores. O americano que vem de outras partes dos EUA comenta que o trânsito em Orlando é agressivo (vai pra SP ou Rio!). Isso se deve aos turistas e imigrantes que trazem consigo maus hábitos de volante. É claro que não é uma regra e há também americanos mau educados, no entanto, no dia a dia, isso é notado facilmente. Preconceito? Não, é FATO mesmo!
(é claro que há exceções)

- Calor - Olha, abençoado o inventor do ar condicionado!

- As áreas turísticas em época de férias - Eu evito ir a áreas turísticas em época de férias, feriados, etc. É muito cheio e caótico. Vale também para qualquer shopping da cidade. Ir ao Magic Kingdom no dia do Natal é um problema.


           Por incrível que pareça essa é a minha lista de pontos negativos. Coisas que dá pra se conviver facilmente. 





24 comentários:

  1. Obrigado pela matéria. Você tem informações sobre como emigrar para os EUA e viver em Orlando? Exigências legais, dificuldades, etc? Grato, abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim aqui vai:
      http://brasileirovivendonoseua.blogspot.com/2013/02/como-imigrar-para-os-eua_16.html
      Abs

      Excluir
    2. Ricardo, basta você casar com um americano.

      Excluir
  2. 2 posts em um só dia?!Adorei!!!!Sinto saudades de ler seus posts....
    Um abraço
    Adriana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adriana, esse é um record. A partir de agora vou postar toda semana
      Abs!!

      Excluir
  3. Fui à Orlando por três vezes e aprendi a amar essa cidade. O céu lembra muito o de Brasília, onde moro. Se Deus permitir, quero imigrar para os EUA quando me aposentar, daqui a quatro anos. Não sei se para Orlando, devido ao calor. Como você, amo o frio. Obrigada pelo texto tão bacana, falando de uma cidade tão amada por tantas pessoas.

    ResponderExcluir
  4. Muito bom Renato! Com relação a segurança, fiquei um pouco decepcionada o ano passado pela terceira vez em Orlando fui roubada dentro da GAP no Outlet, me levaram a carteira com dólares, documentos e cartões, chamamos a Polícia(foram muito atenciosos).
    Apesar de ter cancelado o Cartão que estava liberado pra compra conseguiram usar o nosso limite, muita dor de cabeça quando chegamos no Brasil pra tirar todos os documentos e provar ao Banco que não fomos nós que usamos o cartão.
    O policial falou que estava acontecendo com frequência com turistas.
    Você não acha que o fato de ter muitas pessoas morando ilegalmente no país deixa a cidade mais vulnerável com relação a segurança?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Karla
      Eu acho que oportunista tem em qualquer lugar. Que coisa acontecer com você pela terceira vez! Comigo nunca aconteceu. Infelizmente na área turística acontece com frequência. Eu acredito que os ilegais não fazem isso não pois morrem de medo de ser pegos pela polícia e deportados. Andam na linha pois assim não precisam temer a deportação. É coisa mesmo de residente pobre e oportunista
      Abs!

      Excluir
    2. Olá Renato, acho que você não entendeu, não fui roubada três vezes, foi da terceira vez que fui a Orlando.
      Quero deixar bem claro que gosto muito de Orlando, eu e meu marido conhecemos um corretor de imóveis e ficamos impressionados com aquantidade de investimentos na cidade.
      Quem sabe no futuro, comprar um imóvel e até imigrar. Um sonho, mas que poderá se tornar realidade.
      Um abraço!

      Excluir
  5. Nossa que inveja dos seus pontos negativos de Orlando,eu aqui no Rio não sei o que é pior:violencia absurda,governo corrupto,má educação das pessoas,etc...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que pena né André? Um país tão lindo...
      Abs!

      Excluir
  6. Ah Renato do céu, vc vai rir e bater na madeira quando ler sobre os pontos negativos do meu bairro.
    - Vizinhos maravilhosos que soltam os seus cachorros para mijarem e cagarem nas portas dos outros pq não querem limpar/lavar seus quintais.
    - Motoboys que adoram se exibir empinando suas motos pela rua quase todas noites.
    - Pancadões(começaram esse ano) uma vez por mes que de tão barulhentos chegam a incomodar o Clube da Porrada(Boteco local no fim da rua que toca Forro no ultimo volume)e deixam um rastro de lixo/mijo/vomito pela rua toda.
    - Fora o de sempre, assalto de idoso no ponto de onibus, ajuntamento de maconheiros/funkeiros/bagunceiros que abrem o porta-mala do carro e deixam todo mundo "escutando" aquela riqueza musical, etc e etc.
    Só rezando pra um dia poder sumir daqui viu.
    Um Abraço, Marcos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Marcus
      Igual ao bairro onde tinha minha casa em SP. Que dureza amigo!!!
      kkk

      Excluir
  7. Renato, você é um cara muito "inteirado". Gostaria muito de ter uma consultoria sua. Você faz esse tipo de serviço?

    ResponderExcluir
  8. Renato, eu diria que um ponto negativo de Orlando é o walkscore muito baixo...
    Que fique claro: não sou contra o carro, sou contra a dependência do carro. Aqui no Canadá uma das coisas que mais gosto de fazer é caminhar pelas ruas sem destino nem hora pra voltar. Entro em lojas, paro pra comer em algum lugar, observo a beleza da cidade devagar, e vejo todo tipo de gente na rua... Bato papo com o guarda que multa os carros estacionados além do tempo máximo sem me preocupar com o que ele faz. E nem sei quanto se paga de estacionamento ou seguro... Por oito meses, enquanto o college durar, não pago ônibus por oito meses.
    Escolhi um lugar com 99 de WalkScore para morar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É Alexei, aqui tudo é muito distante, muito separado. Outro fator é o calor. No verão não se vê ninguém nas ruas pois a temperatura chega perto ou ultrapassa 40 graus. Além da umidade.
      Mas há bairros que dá pra fazer quase tudo à pé. Por exemplo Baldwing Park. NO entato o sistema de ônibus é quase inexistente e metro não existe...pode?
      Abs meu amigo!

      Excluir
  9. Oi Renato, só pelos 300 dias de Sol e calor eu não moraria em Orlando, pois aqui no Brasil cada dia mais eu sofro com o calor, de uns anos pra cá passei a ter alergia ao meu próprio suor, então sonho com lugar frio...Sucesso Renato que bom q vai voltar a postar mais,srsrs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Wilma
      Eu já estou com manchas na cabeça. Uso boné todo o tempo. Mas para atender clientes não dá pra sair de social com boné. Coloco filtro mas fica aquela lambança. Daqui uns anos vou mudar também!
      Norte aí vou eu...
      Bjs

      Excluir
  10. Que legal Renato, que cidade você teria vontade de morar ?

    Um abraço,

    Daniel

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu gostaria de morar em uma cidade praiana da costa leste ao norte. Como a cidade de praia que eu vi em NJ. Coisa mais linda...
      Abs!

      Excluir
  11. O que você conhece de Lake Mary?

    ResponderExcluir

Etiqueta cai bem em qualquer lugar, até na internet. Seja educado ao comentar e perguntar. Olá..., meu nome é..., por favor e obrigado são palavras que ainda estão em uso e mostram cordialidade. Afinal, o blog não é balcão de informações de shopping e embora eu esclareça as dúvidas de todos de bom grado, não ganho nada para isso.
Obrigado por comentar e abração!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...