quinta-feira, 10 de novembro de 2016

A Vitória de Donald Trump

       

         Quem lê o blog sabe a minha opinião sobre a composição do atual partido democrata e sua candidata à presidência Hillary Clinton. No entanto isso é a minha opinião. Eu respeito a opinião dos outros e não ataco ninguém que pensa de modo diferente, porém, essa eleição mostrou-se mais que simplesmente uma briga entre candidatos e partidos. Infelizmente a mídia internacional, completamente comprada, falhou em cobrir as eleições de modo imparcial e concentrou-se simplesmente em atacar um candidato e torcer por outro. Somente este fato, para quem tem um maior escrutínio, pareceu muito estranho. 

          Pense que todas as pesquisas internacionais e mesmo nos EUA anunciavam uma vitória fácil de Hillary Clinton. A cada debate, a mídia anunciava vitória da candidata, como se fosse fácil indicar quem venceu um debate e não tenho a mínima ideia de como faziam isso. Jornais pelos EUA, no Brasil e no mundo já davam a vitória ganha da candidata baseada em pesquisas sérias. Como é que o resultado foi totalmente o contrário? Como pôde alguém de fora do "estabelecimento" que supostamente é xenofóbico, machista, racista, pedófilo, estuprador, molestador, arrogante, ladrão, criminoso, mentiroso e mais uma lista de outros nomes, ganhar as eleições presidenciais americanas sem receber de ninguém apoio financeiro e ter, do lado contrário, o mundo inteiro torcendo para a outra candidata? Percebe que a história não está bem contada?



          Para quem vive no Brasil Donald Trump foi "pintado" como, no mínimo, louco desvairado e a candidata Hillary como a Messias do povo oprimido. Aqui nos EUA as opiniões estavam divididas pois Hillary está envolvida em muitos escândalos sérios e já mostrou estar acima da lei quando se trata de pagar por crimes cometidos. No entanto, em quase todas as estações de Tvs e jornais, a vitória estava ganha. As pesquisas mostravam, vai ser uma barbada. No dia a dia porém as coisas eram um pouco diferentes. Muitas pessoas comuns, em conversas do dia a dia mostravam o quão insatisfeitas estavam com o rumo em que o país está. Mas isso a TV jamais mostrava. 

No final, ele tinha razão, a mídia foi desonesta
          Chegou a um ponto triste em que, nem os Trumpistas se importavam com o comportamento do candidato e das acusações à Hillary e os Hillaristas não se importavam sequer se as acusações eram verdadeiras. Infelizmente, para o partido democrata, sua candidata não conseguiu esconder todos os escândalos em que estava envolvida. Financiadores de sua campanha são compostos de países que escondem e exportam terroristas, países que "odeiam" os americanos, bancos internacionais, fundações, etc. No final, os americanos perceberam que ela estava de "rabo preso" com gente perigosa. Mentiras e acusações de enriquecimento através da fundação Clinton (que recebeu centenas de milhões de dólares e que realmente passou para caridade, menos de 10 milhões) mostram que a história da Hillary está longe de terminar. Agora o FBI está investigando a fundação e não precisa mais temer retaliação do presidente Obama que a uma hora destas deve estar empacotando a mudança. Esperamos que, ao contrário de Hillary e Bill, não levem consigo obras de arte e mobília da casa branca que pertencem ao povo americano. 

Há uma desconexão entre o que Hillary diz pensar sobre países
que abrigam terroristas, oprimem a população e maltratam as
mulheres e o dinheiro que ela aceitou dos mesmos países.
Isso com certeza não foi divulgado no Brasil.
Já parou para pensar por quê?

          E quanto ao Donald Trump? Algumas coisas eu realmente acredito que ele seja, entre elas, arrogante. Por outro lado acho improvável uma pessoa ser de uma só vez tudo o que a mídia e o Facebook dizem que ele é. Por falar em Facebook, muito mais estranho era a censura que fazia a posts expondo a candidata Hillary. Não é tudo muito estranho? Parece um complô mundial à favor da candidata e sabemos que, tudo o que em geral o mundo apóia, o movimento de manipulação das massas, tem um só objetivo que não é o interesse das massas. Voltando ao Trump, além de achar que não é possível uma pessoa ser tudo aquilo sem ter sofrido sequer uma consequência por 7 décadas (ele tem quase 70 anos) faz-me pensar no por quê o "estabelecimento" não o quer no governo. Além do fato de muitas propagandas mostrarem coisas que ele disse há mais de 20 anos. Ainda bem que ninguém deve lembrar das coisas que eu pensava e falava há vinte anos. 


          Assistindo aos debates, se você não conseguir detectar mentiras no discurso de Hillary, significa que você não está bem informado sobre a política atual, a situação do governo e da economia americana e muito menos sobre quem é Hillary Clinton. Só para exemplificar algo simples, ela disse no seu penúltimo discurso que as pessoas teriam faculdade de graça, plano de saúde e muitos outros benefícios sem adicionar "um centavo" à dívida atual de 20 trilhões de dólares! Impossível...Prometeu uma reforma imigratória nos primeiros 100 dias de governo, coisa que o Obama também prometeu e não cumpriu. O povo não caiu novamente na mesma mentira. 

           O Vice de Hillary disse na TV que Trump vai deportar os 13 milhões de imigrantes ilegais no país. Ora bolas, qualquer pessoa inteligente sabe que isso é matematicamente, monetariamente e logisticamente impossível de se fazer. Mas porque ele disse isso? Porque as pessoas mais simples simplesmente acreditariam. Sem mencionar que o governo Obama foi o que mais deportou na história dos EUA. Em oito ano, quase 3 milhões de pessoas. 

O mesmo presidente que disse em 2012 "Hillary dirá qualquer coisa e mudará
nada" usou o dinheiro dos impostos de TODOS os americanos para viajar e fazer
comícios à favor de Hillary Clinton.
            No final das contas, mesmo para mim que não sou fã de Donald Trump e nem mesmo posso votar ainda, essa história toda mostrou ser um grande complô. Alianças de gente perigosa com agenda oculta e interesses pessoais acima dos interesses dos maiores interessados em tudo isso, a saber, a maioria da população americana que são, atualmente quem pagam os impostos que esse governo atual tem distrubuído a torto e à direita, bilhões de dólares a países que odeiam os americanos sem levar em conta que há pobres, miseráveis e veteranos precisando de assistência, aqui mesmo nos EUA. O povo americano está cansado dos políticos, das mentiras e das promessas. Algo tinha que ser feito. 

Enquanto vítimas do Katrina até hoje estão sem assistência, os EUA enviou
no governo Obama 35 bilhões de dólares de ajuda humanitária a 140 países
http://mondoweiss.net/2015/11/spends-billion-foreign/

          Mesmo que alguém não tome partido algum nessa corrida, foi um momento histórico a se observar. Como estão dizendo os comentaristas e repórteres, algo que nunca se viu na história dos EUA. Um "outsider" entrou na disputa com dinheiro próprio e venceu, mesmo tendo o mundo como oposição e ao seu lado, o povo americano que decidiu tentar dar um voto de confiança a alguém que não tem carreira política. Alguém que, sem medo nenhum, apontou o dedo para o presidente e sua candidata que deletou 33 mil emails "pessoais" e inofensivos (segundo ela) quando estes, eram provas de uma investigação do FBI. E porque então deletou e mandou uma empresa "esterilizar" o servidor encontrado no porão de sua residência? 



     E o maior derrotado neste processo foi, sem dúvida nenhuma, a mídia internacional e os veículos de informação que tentaram de todas as maneiras enganar a população movidos por interesses próprios que, em suma, não eram os interesses do povo americano. O povo foi às urnas como nunca antes e votaram, muitos não em Donald Trump, mas anti-Hillary, anti-mentira, anti-fronteiras abertas e distruibuição do dinheiro deles sem discriminação à órgãos e países que sequer gostam dos americanos. A despeito de todas as chances, votou no novo, na esperança de uma mudança do curso atual. Por este motivo, essa corrida que presenciamos não se tratou somente de uma mera eleição, mas sim de uma revolução. 

Com uma simples frase, o candidato, ao contrário de tudo e de todos se
tornou presidente dos Estados Unidos da América.
Minha esperança é que ele surpreenda a todos, sem excessão e seja
um ótimo presidente para esta nação. Só o tempo dirá...


Para saber mais sobre o movimento Hillary e Obama assita ao filme Hillary's America. 



Assista também ao filme que o governo tentou abafar como pôde chamado 13 Hours



      

26 comentários:

  1. Assim como em outra oportunidade pré-eleição na qual li uma manifestação sua, repito minha opinião de quão informativas são suas palavras. Acompanhei a cobertura na madrugada pela TV no Brasil e foi patética; parecia que a aleição era aqui e o comitê democrata no estúdio ... só faltaram lágrimas quando Pennsylvania deu a vitória a Trump. Não tinha opinião definida a respeito, apenas esta impressão de louco de Trump, mas depois que vi aquela primeira indicação que colocastes, do D'Souza, fiquei pasmo. A mídia realmente transmitiu o que queria, não o que deveria. Grato pelo texto.

    ResponderExcluir
  2. Boa tarde!
    Excelente texto! Obrigado pelo relato e sucesso aí na América.
    Nelson.

    ResponderExcluir
  3. Muito bom seu texto! Acredito em tudo que está aqui relatado. Deus esteja com o povo americano!

    ResponderExcluir
  4. Essa semana, parte dos americanos puderam experimentar o que nós brasileiros vivemos nas quatro últimas eleições para presidente.

    Foi engraçado ver jornalistas que torceram por Hillary, tentar explicar o que aconteceu.

    ResponderExcluir
  5. Parabéns pelo texto, que deixa ainda mais em dúvida sobre até que nível o que era noticiado aqui se refletia em verdade aí.

    Tenho uma pergunta que só quem mora e acompanha de perto os desdobramentos da campanha poderia dizer.Será que as empresas e mídia apoiaram muito mais a Hillary por acreditar que ela não seria um problema maior que Trump, por ser menos protecionista e "intrometida" no que tange as relações internacionais e econômicas, que já citou algumas medidas como o caso Apple? Será que não sentiram que os investidores ficariam mais inseguros com o temperamento do Trump podendo transferir esse temperamento excêntrico para a economia e nas relações com outros países? Será que escolheram a menos pior na concepção deles por acreditarem que o Trump além de ter certos radicalismos isso pioraria por ser inexperiente na concepção em que agora ele será um servidor para a população, não um chefe e seus subordinados?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu acredito Scarx que os motivos que as pessoas escolheram a Hillary são os mesmos motivos que a midia brasileira incluindo artistas optaram por apoiar o PT. Quanto à economia, é óbvio que com o Trump as coisas irão melhorar pois ele já disse que essa história de mandar dinheiro para o exterior vai acabar e que as empresas e micro empresas, que são quem provê os empregos, serão beneficiadas.
      Abs

      Excluir
    2. Renato, faltou dizer claramente os motivos pelos quais a mídia e artistas brasileiros optaram por apoiar o PT: dinheiro, muito dinheiro, no caso brasileiro a lei Rouanet e incentivos fiscais [isso quando feito "às claras"] sem mencionar, obviamente, o rio de dinheiro sujo de petróleo desviado da Petrobrás e outras empresas nacionais.

      Excluir
  6. Pra mim é como eleger o Lula ou o Serra ...excelente texto.

    ResponderExcluir
  7. Cara, quando via Madonna, Katy Perry, Bruce Sprinsteen, e tantas outras celebridades ovacionando Hilary, os jornais daqui praticamente só faltaram colocar os botons, cartazes e faixas para Hilary Clinton, fuuuu!!! Eu fiquei a me questionar o que estava acontecendo, foi impressionante. E no entanto não ganhou,. Meu Deus!!! A manipulação ultrapassou todos os limites.

    ResponderExcluir
  8. Renato, por aqui tanto Tv aberta como fechada eram Pró Hillary.
    Tudo era abafado ou minimizado, jornalistas brasileiros residentes em NY, mesmo que não gostassem da HC preferiam ela ao DT.
    O mais engraçado mesmo foi a esquerda aqui pintar a HC de ser de 'esquerda' desde o início da corrida presidencial e se descabelarem quando ela perdeu.
    Honestamente não duvido que DT será um ótimo presidente, pq agora é um servidor público e tem: congresso, suprema corte e o partido republicano de olho em tudo que ele diz e faz.
    Em tempo, meteram o pau no Trump e se desculparam já: Caciques do partido republicano, Figurões da política da Inglaterra, o Príncipe Saudita, Angela Merkel entre outros.
    Mas o que eu quero saber mesmo é qual o MEME do DT ganhando da HC você mais gostou... rsrsrrss
    Um Abs, ótimo texto como sempre.
    Marcos

    ResponderExcluir
  9. Renato, mais uma vez obrigado por compartilhar e apresentar um pouco da realidade. Realmente Trump é o ponto fora da curva, do "estabelecido". Espero que deixem ele governar e mostrar o seu potencial.

    ResponderExcluir
  10. Olá Renato,a cobertura aqui no Brasil (GloboNews,BandNews,Uol,etc)durante toda a campanha mostravam os 2 candidatos e TODOS os comentaristas politicos diziam quem Hilary estava longe de ser a candidata ideal,mas que Trump era tão pior que ela ganharia com facilidade.Sinceramente a figura de Trump para nós Brasileiros é a de um Bobalhão engraçado e ao mesmo tempo muito medo,já que ele tem idéias super radicais e a lingua muito solta, que pode levar o mundo a problemas graves inclusive a 3 guerra mundial,Deus nos proteja de todo mal!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caros Renato e Andre Luiz, a cara de "bunda murcha e azeitada" ainda era NITIDA ontem entre todos os jornalistas e comentaristas politicos da Globo/GloboNews. Ninguém sabia explicar porque/como a Hillary tinha perdido.
      Aqui tem um video simples e bem explicado do porque ela perdeu:
      https://www.youtube.com/watch?v=kf0_GLUVp24

      Ps: Duvido que DT seja o (Arauto do Apocalipse) como tentaram pinta-lo, ele tem negócios tanto na America quanto na Russia e tem muito a perder em caso de guerra.
      Um Abs
      Marcos

      Excluir
  11. Parabéns pelo texto!
    Meus pais moram nos USA, conversei com alguns amigos americanos que, na sua maioria, tem a mesma opinião que você. Grande abraço.

    ResponderExcluir
  12. Parabéns pelo texto Renato. Sou leitor assíduo de seu blog e ganho muita cultura lendo suas postagens.Admiro muito seu trabalho. Realmente a vitória de Trump pegou muitos de surpresa devido as pesquisas que diziam que os democratas iriam levar de barbada. Também espero que ele tenha um bom mandato e que possa retribuir a confiança depositada nele nas urnas.
    Um abraço.
    Nilton

    ResponderExcluir
  13. Renato, primeiro quero te parabenizar pele seu blog como um todo. Leio seus textos a muito tempo, e eles são uma grande inspiração para mim. Se não me engano sou quase seu vizinho, moro em Baldwin Park.

    Sua visão sobre esse tema politico me trouxe ótimas reflexões e me ajudou a olhar essa fase complexa de outra maneira. Compartilho contigo a opinião que o DT não é a melhor opção mas ele ainda deve surpreender o mundo.

    Um grande abraço e parabéns novamente pelo texto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Julio, obrigado! Sim, moro ao lado de Baldwin Park e faço compras no Publix de Baldwin Park. Passe qualquer hora para tomar um café
      rs_alves@hotmail.com
      Abs

      Excluir
  14. Obrigado a todos os comentários. Devido ao grande número de emails e comentários fica difícil responder a cada um, mesmo porque eu ainda tenho que trabalhar, lavar, cozinhar, cuidar de cachorro etc hehehe
    Mas leio todos com muito carinho
    Beijo no coração!

    ResponderExcluir
  15. E qual sua opinião sobre os atos de racismo e intolerância religiosa que já vêm ocorrendo nesses dois dias depois que Trump foi eleito?
    Latinos, negros, asiáticos e muçulmanos já vêm relatando palavras de ódio que vêm recebendo de eleitores de Trump..

    ResponderExcluir
  16. Trump já disse que estes não representam a ele ou seu partido e falou para as autoridades serem duras com estes malucos. São loucos, aproveitadores da situação e estão sendo punidos pela justiça.
    Mas acho que isso a midia no Brasil não mostrou, certo?

    ResponderExcluir
  17. Pesquisas sempre me intrigaram e pesquisas de intenção de voto num país onde o voto é facultativo me intrigam mais ainda. DE qualquer forma venceu aquele que definiu o destino da maior nação do planeta com uma única frase...

    ResponderExcluir
  18. Ainda bem que o senho não pode votar.. Seu voto seria considerado uma ato de ódio para mim.
    Eu não sei praticamente nada da Hilary, e tudo que sei do Trump eu ouvi da propria boca dele em vídeos na internet.. Sendo um bilionário é facil se manter fora de escandalos quando se pode comprar deus e o mundo, e pelas merdas que eu vi ele cagar pela boca cada vez que seus lábios mexiam, mais certeza eu tive que um cara safado, que se acha melhor que todos, desrespeitador, que trata outros seres humanos como se fossem bixos (coitada da O'Donnel), mentiroso, que diz que os mexicanos que entram no país dele são ladros, bandidos, e tudo de ruim (mas emprega mexicanos e AMA mexicanos segundo ele), hipócrita, que estimula e incita a violencia e assasinato (cara essa foi de mais pra mim de ouvir), puts, me admira um estrangeiro como vc fazer um texto em prol desse cara.. Por mais "unbiased" que vc tenha TENTADO ser, foi obvia sua posição pro Trump. Eu lamento muito muito mesmo. Eu vim parar no seu blog tentando achar o nome do remédio Torsilax em ingles, e acabei parando aqui nesse post. Eu IA te adicionar e seguir seu blog, mas sua opinião política pra mim é uma afronta, e um ataque pessoal, enquanto gay que sou. Aproveite os bons tempos e espero que SINCERAMENTE que o resultado da vitória dele também prove todos nós errados tambem. Espero de coração que estejamos errados sobre que tipo de presidente ele será..afinal ele não governa só os eua, ele governará o mundo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nepenthes
      A imagem que você tem do Trump é a imagem que a mídia queria que você tivesse. Embora você negue é exatamente isso. Como eu disse eu não sou fã de Trump, no entanto, familiares e amigos pintam um Donald Trump muito diferente. Inclusive, se você acompanha as notícias, muitas coisas mudaram desde terça feira.
      Esse é o problema que temos hoje. As pessoas não aceitam uma opinião diferente da liberal esquerdista. Se você é de direita você é automaticamente racista, sexista, malígno e por aí vai. Pergunte-se porque existe uma grande, grande comunidade de gays apoiadores do Trump e porque, na quarta feira, ele segurou a bandeira do movimento LGBT e disse à comunidade que vai proteger seus indivíduos. Ou questione-se porque que há gays republicanos, etc. Nem tudo é o que parece. Devemos estar abertos ao diálogo e ao debate e não automaticamente concluir que alguém que não tem a mesma opinião que nós é necessariamente má não digna sequer do nosso respeito.
      Abs

      https://www.facebook.com/viralthread/
      Assista ao video do "jornalista" que na verdade é um ator. Muito bom.

      Excluir
  19. Ótimo post, Renato.


    Trump, assim como o Brexit e o não acordo de paz entre governo colombiano e as FARC, foram duros golpes à elite de muitos países, que lucram com uma sociedade mais fragilizada economicamente.

    E também torço para que Trump consiga fazer um bom governo, pois só assim poderá manter firme o sentimento de responsabilização do povo quanto às questões vitais das nações (como puseste em teu post). Se ele, Trump, não obter sucesso, aqueles mesmos políticos e mídias voltarão com tudo para fazer o que bem entendem.

    Abraço!

    ResponderExcluir
  20. Seja como for, o Tio Donald (Trump) é mesmo fera, pois mal foi eleito e já "liquidou" o Fidel Castro na primeira Black Friday...

    ResponderExcluir
  21. Acho que o Trump é o candidato ideal a vencer as eleições dos EUA, pois me parece o que tem mais pulso para manter seu pais onde deve estar. Enfraquecer o império americano, significa a ruína para todos nós. Por que??? ora bolas sem os estados unidos o ocidente já teria virado quintal dos fundamentalistas islâmicos...

    ResponderExcluir

Etiqueta cai bem em qualquer lugar, até na internet. Seja educado ao comentar e perguntar. Olá..., meu nome é..., por favor e obrigado são palavras que ainda estão em uso e mostram cordialidade. Afinal, o blog não é balcão de informações de shopping e embora eu esclareça as dúvidas de todos de bom grado, não ganho nada para isso.
Obrigado por comentar e abração!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...