quarta-feira, 3 de setembro de 2014

O QUE É BABY BOOMER?

        


            Eu ouvi algumas vezes na TV as pessoas falarem sobre os baby boomers. Na faculdade também uma ou duas vezes foi mencionado este termo e meu professor de literatura inglesa disse para eu pesquisar na internet. Qualquer coisa que seja "boom" se refere a uma explosão. Baby Boom se refere então a uma explosão de bebês. O termo ficou conhecido e começou a ser usado na década de 70 para se referir à geração pós Segunda Guerra Mundial em 1946.

            Após o fim da Segunda Guerra Mundial, os soldados americanos que voltaram da Guerra encontraram as esposas saudosas e, vamos dizer assim, "carentes". Após um período de segunda lua de mel, foi observado, anos depois, uma explosão de bebês ou Baby Boom. Um aumento de 4 milhões bebês no número de nascidos desde então. Esta geração passou a se chamar Baby Boomers. Bebês da explosão pós guerra. Ou Bebês feitos depois da Guerra? :)





Gráficos mostram o aumento do número de nascidos após o
final da Segunda Guerra Mundial

            Há uma tonelada de informação sobre esta geração. Algumas coisas são muito interessantes e não é só a identificação da geração em si. Há todo um contexto pós guerra, uma nova guerra, aspirações, desejos e expectativas de que essa geração mudaria não somente os EUA, mas sim todo o mundo.

            Os Baby Boomers são divididos em duas categorias. Os "Early Baby Boomers", ou seja a primeira metade da geração composta de indivíduos nascidos entre 1946 e 1955 somando 38 milhões de pessoas. A segunda metade, chamada de "Late Baby Boomers" são os indivíduos que nasceram entre 1956 e 1964, somando um total de 37.8 milhões de pessoas. A segunda geração já está relacionada também ao retorno de soldados da Guerra do Vietnã (1955-1975).





Notou o chapéu daquela enfermeira? Wow!

            O termo Baby Boomer foi sempre relacionado a rejeição dos valores da sociedade de então e redefinição dos mesmos. Também a geração é comumente chamada de "os privilegiados" pois após a Guerra, militares e suas famílias, bem como a população em geral, receberam muitos subsídios do governo para moradias e incentivos para a educação. Segundo estudiosos, foi a geração mais bem preparada fisicamente e intelectualmente, que atingiu picos de salários como nunca tinha se visto antes nos EUA. No entanto alguns criticam que esta mesma geração é aquela que se entregou aos exageros do conhecido consumismo americano.



A geração dos Baby Boomers é geralmente associada com os excessos
do estilo de vida americano

            Baby Boomers são conhecidos também como a geração do Rock & Roll, dos Beatles e da conquista da Lua. Acontecimentos importantes relacionados a esta geração estão o assassinato de JFK, Martin Luther King, a Guerra do Vietnã, a Guerra Fria e Woodstok. Entre eles estão os hippies e as mulheres do movimento feminista. A geração lutou pela experimentação de tudo, inclusive drogas, pela liberdade e individualismo, passando também pela imersão nas causas sociais. Dessa geração, fazem parte Bill Clinton e George W. Bush.


            Hoje os mais idosos desta geração já estão beirando os 70 anos. Eles foram os primeiros a experimentar a aposentadoria com 65 anos nos EUA. A primeira parte da geração, os nascidos em 1946, aposentou-se em 2011. Segundo artigo da revista Time Magazine, a geração ainda tem expectativa de vida entre 17-20 anos após a aposentadoria. 

16 comentários:



  1. Olá
    Passei por aqui em visita ao seu blog.
    Eu também tenho um, só que muito simples.
    Estou lhe convidando a visitar-me, e, se possível seguirmos juntos por eles, e, com eles. Sempre gostei de escrever, expor as minhas idéias e compartilhar com as pessoas, independente da classe Social, do Credo Religioso, da Opção Sexual, ou, da Etnia.
    Para mim, o que vai interessar é o nosso intercâmbio de idéias, e, de pensamentos.
    Estou lá, no meu Espaço Simplório, esperando por você.
    E, eu, já estou Seguindo o seu blog.
    Força, Paz, Amizade e Alegria
    Para você, um abraço do Brasil.
    www.josemariacosta.com

    ResponderExcluir
  2. Oi Renato
    Taí mais uma novidade para mim, nunca tinha ouvido falar sobre isso mas agora faz todo sentido.
    Um abraço
    Alessandra Haak

    ResponderExcluir
  3. Sabe porque sou assidua leitora? Qualidade! Tudo que vc faz, faz muito bem feito, como um mestre. marcia

    ResponderExcluir
  4. Já tinha lido sobre isso em algum lugar, mas não com tantos detalhes e tantas informações adicionais.
    Sempre leio seu blog. E como sempre está de parabéns!

    ResponderExcluir
  5. Já tinha lido sobre isso em algum lugar, mas não com tantos detalhes e tantas informações adicionais.
    Sempre leio seu blog. E como sempre está de parabéns!

    ResponderExcluir
  6. Olá Renato tudo bem?

    Acho que já comentei em algum outro post antes, mas gostaria de reforçar e parabenizá-lo mais uma vez pelo blog. Conheci há alguns meses e já li todinho, rs... Fico na maior expectativa de quando virá e sobre o que será o próximo. É maravilhosa a forma como escreve, seu senso de humor e tenho muita afinidade com sua maneira de pensar. No segundo semestre de 2015, estarei me mudando definitivamente para os USA com marido e filhos, não definimos a cidade ainda mas será na Flórida. Em meus planos Orlando estava fora. Mas a forma com que você apresenta a cidade me desperta vontade de vê-la com outros olhos, pois como turista já conheço. No início do ano estarei indo para Flórida e com certeza irei para Orlando com meu maridodefinirmos a cidade. Gostaria de conhecê-lo se possível, ok? Grande Beijo e parabéns mais uma vez!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Camila
      Claro, podemos marcar no escritório. QUando as pessoas pensam em Orlando, pensam na DIsney, International Drive, Outlets e Perfumeland. A cidade mesmo está bem longe de tudo isso e é muito agradável de se viver. Há lugares fantásticos para quem quer vir morar como Winter Garden e Windermere, ou mesmo Celebration
      Obrigado pelos elogios
      Bj

      Excluir
  7. Como o Brasil não tem guerra e nem se mete na guerra dos outros ,o mais proximo disso na nossa realidade seria se o Brasil tivesse ganho a Copa do mundo ,o que ia ter de gente comemorando não ia ser brincadeira....iria nascer muita criança 9 meses depois!Mas como o Brasil perdeu feio só restou chorar!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Deko

      Infelizmente essa copa foi uma vergonha.

      Abs

      Excluir
  8. Renato, e pelo visto os Estados Unidos estão caminhando para o status de país "idoso", por mais que os imigrantes latinos e árabes tentem ganhar o Rabbit Awards ano após ano e aumentar a população do país! No Canadá, vejo que os canadenses mesmo estão tendo menos e menos filhos. Os boomers poderiam tornar-se numericamente dominantes, mas os imigrantes muçulmanos e chineses estão prontos para fazer uma China Meridional ou uma Arábia Meridional em Montréal, Toronto e Vancouver! É muito comum ver as famílias islâmicas com quatro ou cinco crianças. Ah, e os judeus de Montréal também gostam de povoar o mundo, mas são um grupo bem pequeno!
    O Canadá tem problemas de crescimento populacional e incentiva os imigrantes a ter filhos. A província do Québec chega a dar ajuda financeira quando a família tem um determinado número de filhos ou mais. Pensando em formar guerreiros da língua francesa... hahahahaha! Abraço!!!

    ResponderExcluir
  9. Lembro em 2011 eu estava de férias nos EUA e o USA Today estava com uma matéria de capa sobre a aposentadoria dos baby boomers. Eu queria comprar o jornal, pois tinha acabado de fazer uma matéria que falou muito sobre esse tipo de fenômeno (Introdução aos Estudos de População) e no semestre seguinte faria Demografia. Mas nessa correria deixei para comprar depois, e o dia seguinte chegou e eu sem jornal.

    Dois dos meus grandes amigos aí são early baby boomers. É bem interessante comparar as gerações e os estilos de vida da família deles, já que tive a oportunidade de conhecer bem os pais deles e os seus filhos e netos.

    ResponderExcluir

Etiqueta cai bem em qualquer lugar, até na internet. Seja educado ao comentar e perguntar. Olá..., meu nome é..., por favor e obrigado são palavras que ainda estão em uso e mostram cordialidade. Afinal, o blog não é balcão de informações de shopping e embora eu esclareça as dúvidas de todos de bom grado, não ganho nada para isso.
Obrigado por comentar e abração!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...