terça-feira, 7 de fevereiro de 2017

Os Jardins das Casas Americanas - O American Dream?



             É muito agradável passar por um bairro americano e ver as casas sem muros ou cercas (na frente) e os gramados que se juntam. Os jardins são muito bonitos e dá uma sensação de tranquilidade, paz, beleza, ordem, etc. Realmente é algo bonito de se ver. Algo que dá prazer. Porém, não dá muito prazer cuidar deles pois o trabalho é interminável. Saiba que cuidar de uma casa que tem jardim em frente e atrás da casa é uma verdadeira batalha contra a natureza onde a segunda é simplesmente incansável, ao contrário de nós. Logicamente é possível pagar um jardineiro, mas se você pertence à classe média como eu, 150 dólares mensais para cortar a grama e mais talvez uns 50 para que a mesma pessoa cuide das plantas dá um total de 2400 dólares anuais. Uma viagem para Europa. Por isso eu prefiro fazer eu mesmo e usar o dinheiro para viajar. Um dia quem sabe, quando eu enricar eu contrate um jardineiro. Quando ficar velho, mudo para um apartamento...

          Vamos por parte para que entendamos o drama. Não me entenda errado, eu adoro a minha frente gramada, as palmeiras, as 12 árvores que tenho na minha propriedade e muitas plantas. Dá prazer cuidar deles, no inverno. No verão é quase uma missão impossível. Já estive perto do desmaio cortando a grama em um calor de 42 graus. 

É agradável olhar pela janela, mas dá trabalho :-)


Cortar a Grama

          Ué, mas aí não tem cortador de grama elétrico? Não, é a gasolina mesmo. Cortador de grama é um bicho perigoso. É preciso força para cortar a grama. Por exemplo, a grama da frente da casa tem aprox 15cm de altura quando cortada. É bem grossa e parece que se está andando na areia. Entre a folha e o solo há uma grossa camada de eu não sei o quê? Pois bem, uma vez o cortador em cima dela, suas rodas afundam e empurrá-lo quando a grama está alta é quase como empurrar uma cadeira de rodas de alguém pesadinho na subida. Imagina fazer isso sob um calor de 40 graus às 5 horas da tarde antes de anoitecer? No verão, é uma vontade de crescer que essa grama tem que não sei de onde vem. Toda semana essa praga cresce pelo menos 10 centímetros. Se passar 2 semanas você não consegue cortar mais. Tem que chamar alguém que tenha um pequeno trator pois o cortador simplesmente não desliza sobre ela. 


O drama...
         E não é só isso caro amigo. Tem o fertilizante que tem que ser passado 1 vez a cada 2 meses, o pesticida, o matador de erva daninha e a coisa não pára por aí. Se não bastasse isso ainda é preciso tomar cuidado quadruplicado para não quebrar uma das cabeças de "sprinkler" espalhados pela grama. Sprinkler system é o sistema de irrigação que tem cabeças que saem do solo e regam a grama 2 vezes por semana que é o máximo permitido por lei em Orlando. Como são enterrados se você pisar neles, passar com o cortador, ou alguém estacionar na sua grama, ele se quebra e é uma encrenca para arrumar. Eu mesmo já cortei 3 cabeças de sprinkler com o cortador de grama e tive que recorrer ao Youtube para aprender a trocá-los. 



           Quando você termina de cortar a grama, exausto, é hora de usar o cortador de edges, o String Trimmer. Para aparar os cantos e lugares onde o cortador não chega. Se trata de uma grande haste com as pontas que tem uma corda de nylon que gira rapidíssimo e é capaz de cortar um planta grossa. Outra coisa perigosa. Na hora de fazer tem que usar calça jeans pois se essa coisa passar na sua perna é capaz de cortar sua pele profundamente. O troço é pesado, barulhento (motor à gasolina também) e tem várias hastes diferentes que podem ser adaptadas para cortar até galhos de árvores, tipo uma pequena serradeira. É um troço difícil de controlar que faz uma sujeira danada pois o que quer que corte voa e espalha por todo lado. E não pense que é só virar as costas, segundo a prefeitura vc não pode deixar na rua. É aí que entra o assoprador. Pensou que tinha acabado?



Há varias "cabeças" que podem ser instaladas
e servem para diversos trabalhos

O correto é usar com sapatos e calça. Com um calor de 40 graus? Uhum!
Se não bastasse a corda de Nylon arrebenta uma 3 vezes por
corte e tem que desmontar para colocar uma nova
          O assoprador é algo que vc usa para assoprar a grama cortada em estilhaços que se espalham pela calçada e pela rua. O meu é elétrico e eu preciso de 3 extensões para chegar até a parte mais distante do quintal na frente de casa. Por observação eu vi o jardineiro do vizinho (morra de inveja) assoprando tudo para cima da grama. Exatamente, não se pode assoprar para a rua, tem que assoprar de volta para o meio da grama. E quando se faz um lado, suja-se o outro, ou bate um vento e tudo volta pra rua de novo. Às vezes dá vontade de atirá-lo o mais longe que dá. 



             Dizem que a grama do vizinho é sempre mais verde que a nossa. Pois bem, a minha grama é a mais verde do bloco tá? Porque quando eu me proponho fazer alguma coisa, não consigo fazer nada menos do que perfeito pois nasci infelizmente virginiano. Tenho minhas tabelas de fertilização, peste, etc tudo anotado. Tenho tempo também agora e cuido pelo menos 3 vezes por semana do jardim. Então quando você ver as casas gramadas dos EUA saiba que, por traz disso, há sangue, suor e lágrimas...e tem que fazer porque se sua grama ficar alta demais além de levar uma multa você pega fama de desleixado e preguiçoso

Esta foto tirei na semana passada após cotar a grama

Árvores

          Não é só grama que dá trabalho. Além disso tem plantas e árvores. Palmeiras são lindas, mas as pesadas folhas que caem e morrem periodicamente têm que ser cortadas ao pé do topo da palmeira. Mais essa? Sim, nesse caso quando já tem várias sempre bate alguém na porta perguntando se quer contratar para tirar. Geralmente com 20 ou 30 dólares eles tiram pra você. Por isso é bom ter dinheiro em casa pois nunca se sabe. A não ser que você queira colocar uma escada enorme na palmeira, subir com uma serra e serrar uma por uma. Se decidir por isso, tenha certeza de ter um ótimo seguro saúde pois se cair da escada, para engessar uma perna quebrada sem seguro saúde são somente 15 mil dólares. 

          Além das palmeiras existem também em casa as árvores. As árvores também precisam ser podadas de vez em quando. E com certeza quando há furacão pois as chances da árvore inteira vir abaixo em um furacão quando não podada é bem grande. No último furacão, caíram pelo menos 2 centenas de galhos pelo quintal e dentro da piscina. Três pessoas demoraram 4 horas para limpar tudo. Doze sacos pretos gigantes cheios de folhas e galhos. E o furacão nem mesmo passou em Orlando e sim a 40 milhas da costa leste da Flórida. 

          Árvores com frutos quase ninguém tem. Se tiver tem que manter sempre limpo na época de frutos se não quiser uma invazão de abelhas, vespas, pássaros e outros animais como gambás, guaxinins, esquilos entre outros. Vira um pandemônio...

           Sabe aquelas piscinas com tela nas casas americanas? As pessoas sempre me perguntam, pra quê serve? Pois bem, sem ela, como é meu caso, é preciso tirar folhas, flores e galhos da piscina quase que diariamente. As folhas entopem o filtro e....bem isso é história para outro posto, nem vou começar rsss.

Veja como fica o quintal e a piscina depois de uma chuva forte...
Até a Elsa ficou desanimada

Pragas

          Há tantas pragas na Flórida que uma ou outra você vai pegar, não tem saída. Quando não é formiga é carrapato, quando não são carrapatos, são pulgas (as piores!), ervas daninhas, outros insetos e cada vez toca ir pro Home Depot comprar algo que dê conta da infestação. Sabe a última lindinha que aconteceu pra mim? Topeiras...isso mesmo, você leu direito, topeiras. Começaram a destruir a minha grama e jardins. Pesquisei e tem até bolinhas que você enterra, elas comem e morrem engasgadas. Que horror! Não quero que elas morram, quero que elas vão para o quintal do vizinho. Comprei um spray que solta um cheiro que elas odeiam. Bom, o cheiro se foi e elas voltaram. Agora preciso passar novamente. 


Fotos de pragas que já tive no quintal
Só me faltavam estas, as topeiras. Olha que graça...

Conclusão

           Eu adoro o meu jardim, minhas plantas, minhas árvores, mas sei que não terei forças para cuidar disso tudo quando tiver 60 anos. De duas uma, ou eu fico rico e pago jardineiros ou terei que me mudar para um apartamento onde a manutenção do jardim está incluído no condomínio.

               Não há dúvida que a qualidade de vida aumenta vivendo em um lugar que tem muito verde. É um colírio para os olhos, mas é um trabalho diário. Um trabalho físico que exige força, tempo e principalmente paciência. Ah, sem falar no dinheiro, porque o que tem de coisa pra comprar não está escrito nos gibis. Esse é o American Dream! ;-)



Ps. Algum problema no Blogger está me impedindo de responder os comentários. Mas o farei assim que tudo se regularize
           

14 comentários:

  1. Muito Legal! Parabéns pelo Blog! Tudo que é bom dá trabalho mesmo! rs

    ResponderExcluir
  2. ADOREI!
    E tudo pode vir a você com alegria, facilidade e algo mais. Infinitas possibilidades querido amigo!
    Como melhorar isso? O que lhe impede de ter sua viagem pra Europa e o seu próprio jardineiro? A sua enorme casa gramada e a abundância financeira para gerar empregos ou contratar empresas que lhe sirvam, assim como serve (gentilmente e com mestria) a quem lhe contrata? Quais são as crenças, paradigmas, opiniões, valores e sentimentos envolvidos que limitam tudo o que É, atuar na sua realidade? Vamos descriar isso? AMV ;)

    ResponderExcluir
  3. Meu deus, que inferno verde, rsss! Nunca imaginei que dava tanto trabalho.
    É possível morar em uma casa aí sem ter gramado? Me lembro que na série Breaking Bad, a casa do Walter White não tinha grama, mas seixos rolados no quintal.

    Multa por grama alta? Os EUA não são outro país, são outro mundo!

    ResponderExcluir
  4. Otimo post Renato! Acho lindo mas não é pra mim, com certeza moraria num apartamento, não me vejo investindo tempo e dinheiro num gramado. Abraço!

    ResponderExcluir
  5. oie Renato
    Bom, aqui não tenho gramado. Mas tenho jardim e um quintal com árvores frutiferas. E sim concordo com vc. Dá trabalho.Rego todo dia. Pago para fazer a poda. Mas nada como a sensação de comer, alfaçe, agrião, manjericão e óregano da minha própria horta no quintal.
    Sem contar a paz em olhar tudo lindo, verde, florido.
    bjs

    ResponderExcluir
  6. Opa Renato!,é o Joel que te escreveu no Facebook, tudo bem?, quanto tempo!, espero que esteja tudo bem com vc. Mais uma vez parabéns pelo Blog e por mais um post fantástico!, realmente vemos a beleza dos jardins nas casas americanas mas não passa pela cabeça o trabalho, a dedicação por trás!. Fiquei curioso com a informação de existir tantas pragas na Florida, ainda mais Topeiras!. Um grande abraço e um ótimo final de Domingo amigo, fica com Deus.

    ResponderExcluir
  7. Boa tarde, Renato! Excelente post, como sempre. Me identifiquei muito com esse, porque tenho um gramado em casa (eu tinha um belo jardim com vários tipos de flores, mas os meus cachorros acabaram com ele, então, ficou só o gramado). Esse cortador de grama tradicional, que parece um carrinho, nunca usei aqui. O jardineiro que corta a minha grama usa apenas um idêntico a esse "string trimmer" para aparar TODO o gramado, e não apenas os cantos (Será que não valia mais a pena você fazer isso e usar só o string trimmer?). E a grama cortada, ele recolhe com um ancinho e coloca em sacos de lixo. A propósito, como é cara a mão de obra de um jardineiro aí, hein? Vou fazer um pouco de inveja para você... rs...: O meu cobra 80 reais toda vez que ele corta a minha grama.
    Você falou que as autoridades multam quem tem grama muito alta. Puxa, agora eu é que invejo você! Do lado da minha casa tem um terreno vazio. O dono não está nem aí, e o mato passa de um metro de altura! Eu não quero ficar prestando serviço para um folgado desses, mesmo assim, sempre sou obrigado a pedir ao meu jardineiro que corte o mato desse vizinho, pelo menos no trecho que se aproxima do meu muro. É muito chato isso. Ele bem que merecia umas multas de vez em quando.
    Mais uma vez, um post muito interessante esse seu sobre os jardins daí!
    Abraços!

    ResponderExcluir
  8. Nossa que trabalheira.Fiquei surpreso desse trabalho todo para manter seu jardim.Moro em um sitio em Petrópolis- RJ e tenho um grande jardim de mais de 10.000 M2 mas a manutenção é bem simples:Corto a grama com um cortador elétrico que ao mesmo tempo que corta suga a grama cortada,faço isso a cada 15 dias mas da pra ficar até quase 1 mes sem cortar,e só ,raramente tem alguma formiga ou inseto pra incomodar .Irrigação eu só molho quando tem mais de 15 dias sem chover tanto para economizar agua quanto para não crescer rápido(acho que sua grama cresce tanto por causa das rega frequentes fica mais verde, mais dá mais trabalho)Quanto as arvores é normal aparecer animais como macacos,tatus,gambá ,eles fazem parte da natureza e comem as frutinhas deles e vão embora.Graças a Deus que não tem topeira aqui no Brasil,porque o bicho é horroroso parece um montrinho!

    ResponderExcluir
  9. Ola Renato. Poderia fazer um post sobre a universidade dos eua? Como é o sistema. Como funcionam os semestre e as cadeiras. Como é a transicao do high school para o college?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ola
      Ja tem uns 2 posts sobre isso no blog. Eh muito dificil escrever sobre isso pois cada escola, inclusive high schools no mesmo estado tem regras diferentes. Cada faculdade trata o semestre e a carga horaia tambem de maneira diferente. Mudando de estado pode ser que tudo mude novamente, entao nao tem uma linha geral que valha pra todo mundo. Eu escrevi sobre a minha escola, mas nem é mais valido porque ela nao existe mais
      Abs!

      Excluir
  10. E como funciona o major e minor? Quando tem que ser escolhido? Qual a equivalencia das cadeiras feitas?

    ResponderExcluir
  11. Oi Renato, parabéns pelos assuntos tratados. São ótimos de ler. Vc é bem engraçado e escreve mt bem. Que tal um post sobre como os americanos cuidam dos carros, tipo lavação, manutenção etc
    Um abraço Sara

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado e ótima ideia!

      Excluir
  12. Gramado artificial é permitido?

    ResponderExcluir

Etiqueta cai bem em qualquer lugar, até na internet. Seja educado ao comentar e perguntar. Olá..., meu nome é..., por favor e obrigado são palavras que ainda estão em uso e mostram cordialidade. Afinal, o blog não é balcão de informações de shopping e embora eu esclareça as dúvidas de todos de bom grado, não ganho nada para isso.
Obrigado por comentar e abração!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...