quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

Perdido na Terra do Fast Food - o que come o americano?

 
Deliciosas Panquecas de café da manhã
Eu confesso que estou cansado de ouvir dos meus amigos a seguinte pergunta: “E aí? Anda comendo muito hamburger?” Sei que essa é uma idéia que nós brasileiros temos com respeito aos norte americanos. Eu mesmo quando morava no Brasil achava que o americano gostava muito de hamburger, mas nunca achei que eles comessem somente isso. Claro que um bom hamburger é muito apreciado nos Estados Unidos. McDonald’s e Burger King estão aí para provar que os americanos gostam do sanduíche, embora essas empresas não sejam um bom exemplo do típico hambúrguer americano. Se quiser experimentar um hambúrguer parecido com os daqui vá ao Fifties no Brasil.

“Então se não é hamburger, dever ser comida enlatada”. Errou novamente. Embora os corredores de enlatados nos supermercados daqui sejam gigantes, quase 3 vezes o espaço reservado para frutas e legumes, os enlatados também não são a preferência do povo americano. O que então esse povo come Meu Deus? Uma porção de coisas.

Depois de um ano vivendo aqui e freqüentando a casa de muitos americanos percebi o seguinte: Os americanos gostam de coisas prontas, rápidas de preparar. "Uma inteira geração de americanos não sabe sequer fazer um arroz" disse-me uma americana. Compra-se pronto, semi-pronto ou instantâneo. Picar e torrar a cebola, cozinhar o arroz por 20 minutos...O quê, ficou louco?

No supermercado encontra-se tudo o que quiser pronto ou semi-pronto. Uma pessoa não precisaria cozinhar nunca. Bolos, tortas, qualquer comida vende pronta no supermercado. Dentro de latas existem coisas que você nunca imaginaria como por exemplo recheio para torta. Compra-se a massa pronta também. Daí é só montar, por o recheio e mandar para o forno. Pode até dizer que foi você quem fez! Mas o gosto de produto industrializado te trai.


Massas para torta já cozida. É parecida com a massa da famosa tortinha de
morango que tem no Brasil, parece feita de biscoitos.
Sopa enlatada Campbell. Sei que é do mal, mas é muito boa...

Couve refogada em lata.
Dei risada quando vi ovos mexidos em caixas longa vida iguais às do leite, acredita? E ainda tem opções com temperos diferentes. Percebe-se também que americano adora coisa pronta quando você faz um bolo ou torta em casa. Você vira objeto de admiração da grande maioria. Como se tivesse feito algo extraordinariamente difícil assim como faziam as “avós” deles no passado. Todo mundo comenta e te “parabeniza”. E eu pensando...what the hell? O que esse povo tem na cabeça? Mas cultura é cultura, não se discute nem se discrimina.
Ovos mexidos em embalagens longa vida - "O cúmulo da preguiça", disse
meu amigo americano.
Na festa de encerramento da empresa do meu amigo resolvi fazer meu famosíssimo pudim de chocolate com nozes. Das 15 sobremesas, ele e mais uma torta eram as únicas feitas “from scratch”(feita em casa, feita desde o princípio...). Todas as outras 13 foram compradas no supermercado. A notícia espalhou-se rapidamente e assim que o pudim foi partido, desapareceu... Nem pude provar porque não sobrou nada. Uma senhora veio me avisar “The flan is gone...” (O pudim se foi...). E detalhe: Ninguém pediu a receita. Por que? Por que eles não pretendem fazê-lo em casa! :)
Essa é a massa para torta pronta que vai no forno...

...é só colocar o recheio de cerejas e pôr para assar...



...e fica assim. Comprei a massa e o recheio...ficou boa, mas com gosto de
industrializado. Prefiro a que eu fiz "from scratch"
Se usar só a massa e fazer você mesmo o recheio fica ótimo!
Todas as vezes que fui jantar em casa de americanos, em quase todas elas, batatas assadas são servidas. Quase todas as refeições tem batatas assadas. É o “arroz” deles. Também salada de verduras que saem de pacotes e legumes cozidos saídos de uma lata. Uma carne assada e temperada geralmente com sal também é servida. Às vezes um ‘macarone cheese’, famoso aqui nos EUA. Mas também já fui à casa de uma americana que cozinhou tudo ela mesma, fez o molho da lazanha, cozinhou a pasta uma por uma, montou, assou etc. Tudo estava delicioso! Mas isso é bem difícil. Mesmo o molho de tomates que a Louise faz aqui em casa ela tira da lata, põe sal e coloca sobre o macarrão. Claro que fica horrível. Já me ofereci para fazer o meu molho toda vez.
Presunto grelhado,  milho verde, purê de mandica e batatas gratinadas, muito
bom nos dias de frio que estamos agora!

Jantar típico aqui da casa. Carne assada, milho verde, cogumelos, vagem cozida
e batatas assadas. Delícia!

No Thanksgiving, feriado americano, o forno estava cheio de coisas assando. Todas compradas no supermercado e colocadas ao forno. Nada foi feito em casa a não ser a  Blueberry Pie que eu fiz. As outras 4 tortas, Pumpkin pie (torta de abóbora), lemon pie (torta de limão), Apple pie (torta de maçã), coconut custard (torta de côco), foram todas compradas no supermercado. Estavam deliciosas por sinal.


Tudo no forno foi comprado no supermercado para o almoço do Thanksgiving.

É claro que existem aqueles que sobrevivem de fast food. Primeiro por causa do preço que é muito barato, segundo por causa da facilidade e rapidez de adquirir e comer e em último lugar por causa do paladar. Mas são poucos os que fazem isso. Propaganda contra é o que não falta.

Na minha opinião a população em geral está bem conscientizada com os perigos da alimentação que por décadas os americanos eram fascinados. Na TV propagandas sobre produtos para emagrecer aparecem a cada 20 minutos e vêm-se muitas pessoas obesas nas ruas. Muito mais que no Brasil. Se você não sabe, ¼ da população americana é obesa. Mesmo onde a comida é saudável como por exemplo aqui na casa, o problema é a quantidade. A quantidade que se come é demais na minha opinião. Isso você pode perceber no tamanho dos pratos nos restaurantes. Dificilmente eu termino os meus...


O Nutrisystem entrega a comida em casa!
Uma coisa que eu adoro aqui é a Crockpot. Uma panela que liga na tomada. Você pega um pedaço de carne, pode ser o mais duro que encontrar. Coloca água na panela, tempero, cebolas, legumes, sal, alho e liga na tomada. Vai trabalhar e essa panela fica ligada o dia inteiro, 8 horas aproximadamente. A carne sai de dentro da panela mais macia que cupim, derrete na boca. Eles me explicaram que é pelo longo tempo de cozimento. A panela não ferve a água, não queima nada e gasta o mesmo que uma lâmpada. Incrível...Faz-se um purê de batatas e come-se com os legumes e a carne. Uma delícia.


A comida americana do dia a dia, essa que se come nas casas dos americanos é simples, sem muito tempero, rápida de fazer, quase sempre com Black pepper (pimenta preta). Às vezes somente com sal. Muito diferente de todos os temperos que os brasileiros estão acostumados. Mas é claro que tem gente que aprecia boa culinária, que sabe cozinhar bem. Vê-se isso no Food Network, um canal só sobre comida. Eu nem assisto porque dá vontade de comer tudo que aparece. Os programas apresentam chefs e as receitas são muito boas. Claro que se existe esse canal aqui, é evidente que tem gente que cozinha em casa e cozinha bem. Mas a quantidade de comida pronta nos supermercado não mente. Uma grande parcela compra pronto ou semi-pronto.

Eu gosto muito das receitas típicas americanas. Estou descobrindo um novo mundo da culinária que foge da portuguesa, italiana e brasileira. Por conta de experimentar muitas receitas (e comer também!), acabei por ganhar 4 kg que está sendo um sufoco tirar... Você pode ver algumas das receitas típicas americanas neste site aqui. O blog da Joy também tem um monte de coisa boa! Hummmm

Finalizando o assunto, mesmo porque já estou morrendo de fome, muita coisa boa existe na culinária americana. Cupcakes, pies, muffins, cookies, cinnamon rolls, panquecas, nossa a lista vai longe. Enquanto não volto aos meus 58 kg estou passando longe dessas coisas. Mas semana que vem tem um feriado!? Tinha esquecido... Ótimo motivo para fazer uma sobremesa americana...desta vez vou tentar um cheesecake de chocolate! hummm :-)

Quem tá na chuva é pra se molhar. Comprei a massa pronta para panquecas
e blueberries. Comprei essa da foto que vem no plástico. É só adicionar
água, chacoalhar bem e colocar na máquina de waffles. Coloca-se as
blueberries em cima e depois mel. Café da manhá vai ser D+  :-)
Pra quem pensa que americano só come hambúrguer com batatas fritas, veja abaixo exemplos de receitas americanas que o mundo todo aprecia.


Blueberry Muffins

Cheesecake de limão com nozes

Beef Wellington - Aquele que você vê no Hell's Kitchen

Cinnamon rolls

Baked potatoes


Cupcakes!

Blueberry pancakes - nossa essa é demais!
Meu café da manhã de amanhã  hummmm

Ps. Todas as fotos (excetos as minhas) foram extraídas do MyBrainStormCenter, site para download de fotos sem direitos autorais.

42 comentários:

  1. Huuuuuuuuuuuuum, que post deliciioso, minha barriga está roncando de fome.

    Faz algumas semanas que conheci seu blog, muitooo bom, li quase todos os posts, sempre informativos e interessantes. Cara, acho que é o melhor blog sobre a vida de um brasileiro no Eua. Você conta tudo, e tudo que temos curiosidades.

    Cupcake é muitoo bom, panqueca eu faço sempre, mas não é do estilo americano, é mais fininha, mas é boa tbm.


    sucesso...

    ResponderExcluir
  2. E ai meu kridow, blza????
    Meu, preciso dizer que é sensacional acompanhar seu blog e suas histórias hilárias sobre a cultura americana.
    Tenho uma amiga morando em Virgina e as reclamações dela sobre comida são praticamente essas, comida enlatada, falta de tempero... Hehehe, pra quem nasce com uma cultura como a nossa onde costuma-se usar de todo tipo de tempero pra cozinhar um feijão, com ctza abrir mão disso morando fora é uma das coisas mais dificeis. Imagina, deixar de comer um feijão com bacon e calabresa!!! Hain!!! hehehe
    Abraços,
    www.portodaavida.wordpress.com

    ResponderExcluir
  3. Ree Reis
    Obrigado pelos elogios! Olha, a panqueca americana, essa que eu coloquei as imagens é uma das coisas que eu gosto mais. Parece um bolo. Tem receita na internet. Acho que com amoras deve ficar uma delícia.
    Abs!

    André
    Obrigado vc também pelos elogios. O Brasil tem um monte de defeitos mas a comida brasileira e a maneira de cozinhar é sensacional. Quando eu cozinho aqui na casa eles ficam admirados com a quantidade de flavors (sabores e perfumes) que a comida brasileira tem. Mas olham eu faço feijão com bacon e calabreza aqui. Também lentilhas com calabreza. O povo adora...hehehe
    Abs

    ResponderExcluir
  4. Bom, como eu moro aqui nos EUA ha muitos anos e meu marido e americano quero dar minha opiniao: Lendo seu posto percebe-se que vc realmente conhece muito pouco ainda da cultura americana. Conheco muitas familias americanas que nao comem enlatados e nem poem so sal como tempero, alias a variedade de temperos que americanos usam e enorme bem maior que no Brasil oque eles nao usam muito e o sal tai o motivo pelo qual talvez vc ache a comida sem graca e pura falta de sal, e americanos adoram pimenta tanto quanto aos mexicanos.Aqui em casa nos comemos so comida feita na hora, legumes, verduras e frutas tudo organico e nao e opcao minha nao e de meu marido americano. Quanto a comida que se serve em festas de empresas e escolas eles sempre levam a comida comprada pronta, nao e pq eles nao sabem fazer e pq eles teem muito medo de contaminacao atraves da salmonela, que aqui e um assunto muito serio.
    E claro que os jovens estudantes dificilmente vao cozinhar embora eu conheco alguns que cozinham, mas isso e questao de idade eu tambem era assim.

    ResponderExcluir
  5. Obrigado pela visita e pelo comentário. Da próxima vez, se houver é claro, deixe seu nome por favor.
    Se você percebeu bem, eu não disse que os americanos comem somente enlatados e disse também que a população está bem conscientizada sobre alimentação. Algumas observações foram americanos mesmos que me disseram. Em todas as festas que fui, todas as casas que visitei e com todas as pessoas que falei nenhuma delas em nenhum momento mencionou o problema da salmonela que você disse. "Todos" disseram sim que dá muito trabalho e que é melhor e mais fácil comprar pronto.
    Se você perceber a diferença do tamanho do espaço reservado para produtos frescos aqui nos supermercados americanos com relação a outros países como o Brasil, Itália, Portugal, França, (que já visitei) vai conseguir tirar uma conclusão do assunto.
    Como disse no post, o tamanho dos corredores de enlatados e comidas prontas e semi-prontas é evidência do que a população consome mais.
    Fico contente que em sua casa seja diferente. Aqui na casa de família americana que vivo é uma luta para que tenhamos refeições saudáveis. A dona da casa, uma senhora americana de 65 anos nunca fez uma massa de torta e sempre quer comprar "tudo pronto ou semi pronto". Todos os parentes deles que eu visitei, americanos, a história é a mesma. Na minha faculdade, para todos os colegas que pergunto, até hoje, depois de um ano, não encontrei um americano jovem que saiba ou goste de cozinhar, embora é claro, exista. Entre os Porto-riquenhos, quase todos cozinham.
    Obrigado pelo seu comentário mas, dizer que eu conheço muito pouco, acho que, na verdade, é somente a sua opinião.
    Se você pesquisar um pouco sobre estatísticas, coisa que eu fiz antes de escrever este post, verá que a sua casa é uma excessão. Parabéns!
    Abs

    ResponderExcluir
  6. Isso aí Renato. Rspondeu com classe e autoridade. Os americanos são o povo mais saudável do planeta. Os filmes "Super Size Me" e o "A Terra do Fast Food" é tudo invenção da mídea, nós todos fomos enganados!
    kkkkkkk
    O post tá show! Não encarei como crítica, percebi que você mostrou o bom e o ruim a respeito do assunto.
    Abs

    ResponderExcluir
  7. Desculpa, pois vi que encarou meu comentario como uma ofensa, mas vc nao deve levar em consideracao os poucos americanos que conhece e generalizar, tambem conheco a Europa todo ano viajo pra la. Percebo tambem que vc so compra em mercados tipo publix, se vc procurar vc vai encontrar muitos mercados com uma vasta secao de frutas e legumas e bem melhor que dos mercados brasileiros. E quanto a salmonela e pura verdade procure se informar melhor e veras que tenho razao. Gosto de seu blog acho que vc tem capacidade de melhorar mais, as vezes e melhor nao falar nada de que falar de um assunto que nao sabe ou sabe muito pouco.
    Meu nome e Joana.

    ResponderExcluir
  8. Renato amei seu blog. Sou fã da cultura americana e Orlando é a minha cidade preferida. Um dia ainda vou morar aí!! Meu marido e meu filho também compartilham do mesmo sentimento.Sempre que podemos ( e os preços da passagem ajudam) fugimos pra esse paraíso na Flórida. Você conhece o site da Cinara? ( o cinara´s place?)Ela nos ensina fazer quase tudo de delicioso da culinária americana. Semana passada fiz um corn dog e adorei! Muito sucesso pra você que está numa fase tão rica de sua vida,God bless you. Estarei sempre por aqui, abs
    Simone Polessi Silverio

    ResponderExcluir
  9. Joana
    Acho que você se ofendeu com meu post. Eu adoro a cultura americana, acho que esse país devia ser exemplo para muitos como o Brasil. Mas vejo também as coisas que acontecem por aqui e leio muito a respeito desses problemas. O que eu coloco aqui são as impressões que eu tenho conversando e perguntando ao máximo pois sou muito curioso. Já visitei bastante supermercados e acho, como você disse, que as opções são até bem maiores do que as do Brasil, como por exemplo, na questão dos temperos. Vejo também que as opções de prontos,semi-prontos e industrializados são maiores do que qualquer lugar que já tive a oportunidade de visitar.
    Outro fator que me chama atenção é o fato de frutas e verduras frescos custarem caro, diferentemente do Brasil. Eu não tive a intensão de generalizar nem acho que o post faz isso porque disse que tem muita gente que cozinha bem e uma prova disso é o FoodNetwork e blogs como o da Joy.
    Desculpe se fui ofensivo na resposta. Volte sempre e deixe sempre sua opinião, prometo publicar mesmo se tiver umas agulhadinhas. Vou pesquisar ainda mais sobre o assunto ok?
    :-)
    Abração pra vc e sua família
    Renato

    ResponderExcluir
  10. Simone!
    Obg! Vou visitar o site da Cinara, quem sabe ainda não faço algo gostoso hoje a noite mesmo! Com o frio que tá aqui...hehehe
    Abs

    ResponderExcluir
  11. Renato, você é maluquinho como eu :). Eu também dei muita risada no supermercado quando vi a caixa de ovos batidos e quando passo por um Mc ou fast food ao meio dia e vejo a loja cheia de idosos, isso não é comum no Brasil, pelo menos não na Bahia.

    Sabe, acho que tem diferença do lugar que a pessoa mora, porque aqui no Alabama e lá na Lousiana (estados bem pobrinhos), as pessoas se alimentam muito, muito mal mesmo, já que quase ninguém tem como pagar $2 por um abacate, ou $1,78 um pimentão, então é hamburguer de $1 mesmo e água de graça. Sopas prontas e as comidas congeladas matam a fome e são baratas. Eu compro tudo orgânico e natural, saio "passeando" pelos mercados daqui e até agora, dos mercados que vi (até onde sei, já entrei em todas as possibilidades das redondezas), a parte de comida pronta/enlatados é muito maior que a de frutas. Minha irmã mora na California e ela disse que lá é natural ser saudável, todo mundo faz atividade física, come bem. Aqui no Alabama, muita gente faz atividade física, mas a alimentação nãe é nada boa. Os temperos usados aqui são sal e pimenta (claro que pra eventos especiais é diferente) e eu já ouvi americano dizendo que a minha comida é muito temperada (porque baiano adora alho e talvez fique forte mesmo).

    Vejo sempre e comento com meu esposo os carrinhos do supermercado alheio, a maioria dos carrinhos que vejo estão cheios daqueles sucos açucarados (eca!) e comida pronta, inclusive quando na família tem crianças. Uma coisa inusitada daqui é o consumo de leite, eles bebem muito, independente da idade.

    Vejo também que eles compram muito aipo, cenoura, uva, pois usam nos aperitivo com molhos gostosos e muitas vezes, nada saudáveis.

    Ah, a propaganda da nutella aqui diz que é saudável para o filho tomar café da manhã, achei isso tão estranho.

    Aqui, conheço muita americana dona de casa e na minha idade (26 anos) elas já têm 2 ou 3 filhos. A rotina é puxada e muitas delas não dão conta de cozinhar, porém outras tantas cozinham bastante, mas eu só experimentei banquetes, nada do dia a dia :).

    Falando do lado científico (porque sou profissional da saúde), aqui nos EUA eles não relacionam o hamburguer, a batata frita e o litro de refrigerante diário, ao ganho de peso. Foi feita uma pesquisa enorme com várias universidades e esse foi o achado. Eu leio muito jornal aqui e tem sempre notas apontando achados científicos como comer fast food mais que 1 vez na semana é risco para desenvolver obesidade. Se você perguntar pra qualquer pessoa que lê jornal no Brasil, todo mundo vai saber, mas aqui, nem sempre...

    ResponderExcluir
  12. Lorna,
    Eu rio sozinho na rua com algumas coisas que eu vejo. Você que é psicóloga me diga, eu sou maluco? :-)
    Não é tirando sarro entende, é pela situação inusitada. Onde eu iria imaginar que iria encontrar ovos mexidos em caixa longa vida? Eu achei o cúmulo da preguiça.
    Nossa cultura também tem coisas engraçadas.
    Que coisa isso hein? Não associa com a obesidade? Nem depois do filme Super Size Me? Eu lembro que nesse filme o autor comenta como antigamente as donas de casa americanas cozinhavam todos os dias para os filhos e como isso mudou radicalmente.
    Até agora, tudo que eu comi aqui, pronto ou não foi muito bom. Agora tenho que fazer um regime porque exagerei hehehe
    Abs!
    Ps. Deixa eu te contar. Hoje ri de novo, fui em um escritório e a senhora que me atendeu tinha uma caneca gigante de refrigerante comprada no 7eleven de 2,5 litros! A caneca era gigantesca!!

    ResponderExcluir
  13. Eu também dou risada com algumas diferenças, mas os americanos também. Converso com algumas americanas que já estão planejando ver a copa do mundo no Brasil as vezes, elas dão muita risada quando falamos das diferenças. Por exemplo, aqui é normal as pessoas sairem de scrub (roupa cirúrgica) nas ruas, inclusive, vão jantar como convidadas, na casa de amigos vestido assim, é normal! Lá no Brasil é algo fora do comum e meio nojento.

    ResponderExcluir
  14. Eu ví pessoas no supermercado assim!

    Outra coisa que eu acho estranho e engraçado: Comer cachorro quente com feijão! hehehe

    Eles acham estranho de nós: Comer cachorro quente com maioneze!!
    Deram risada da minha cara. Ou comer a orelha e outras coisas mais de porco na feijoada...
    hehehe

    ResponderExcluir
  15. E aí renato... estou vendo que esse post tá rendendo nos comentários... será que é por causa dos acentos agora funcionais?? kkkkk
    Brincadeiras a parte, me responda uma coisa: é verdade que o meu querido pão de queijo já "vulgarizou" por aí??? Um colega meu, que mora em massachusetts, disse que em qualquer padaria se encontra, e aos montes!
    E sobre os supermercados brasileiros, já foi em algum? É caro aí?
    E uma curiosidade: minha mãe tinha um livro antigo de receitas da editora globo. Nele tinha váaaarias receitas que usavam "bagas". Fiquei encucado com aquilo, e, depois de anos, descobri que essa foi a tradução encontrada para "blueberries". hahahhaha

    ResponderExcluir
  16. Gabriel
    Agora acentuo as palavras em todos os posts graças a você. Sabia que o "seu" post já rendeu mais de 1500 visitas? Muita gente tinha essa dúvida e todos os dias dezenas de pessoas procuram através do google uma maneira de corrigir o teclado e chegam aqui. Obg!

    Quanto ao pão de queijo, nunca ví em nenhum lugar por aqui, mesmo porque não existem muitas "padarias" como no Brasil. Pão, a gente compra no supermercado. Mas ví sim na padaria brasileira ao lado do supermercado brasileiro. Vá em na página "comer" e veja minhas observações sobre o supermercado brasileiro. Só volto lá se precisar comprar algo muito específico.

    Agora, para todos os que estão lendo esse post:
    Conversei hoje no jantar com a família americana e o Robert me disse que uma família que come tudo preparado em casa, tudo fresco, representa menos de 1% da população americana. Eles concordaram com tudo que eu disse aqui no post.
    Bem, se eu "conheço muito pouco da cultura americana" e se "não devia falar de coisas que sei muito pouco" aí vai o depoimento de uma família americana que, com certeza, conhece sua cultura melhor do que qualquer brasileiro e tem autoridade para falar.
    De fato, se observarmos os supermercados de qualquer país, podemos perceber o que a população em geral, está consumindo.
    Abs Gabriel!

    ResponderExcluir
  17. Gabriel!
    Esqueci, ví na wikpedia que a tradução para Blueberry em português é "Mirtilo", "uva-d0-monte" ou "arando". Nunca tinha ouvido falar!
    Abs

    ResponderExcluir
  18. Excelente post, Renato!! Super interessante e completo, e as fotos ilustram tudo com perfeição! Eu também dou adepta do crockpot (ou slowcooker) e tenho um grandão que uso pelo menos uma vez por semana. É muito prático, mas evito publicar receitas feitas nele porque a maioria dos brasileiros nem conhece essa panela!
    Vou colocar seu link no Cinara's Place, OK?
    Abraços e feliz 2011!

    ResponderExcluir
  19. Obrigado Cinara!
    Eu comprei uma crockpot pra minha mãe pra levar na próxima visita ao Brasil.
    Obrigado! Eu também já coloquei seu link aqui!
    Seu site agora é meu preferido de receitas americanas!
    Abs pra você também!!

    ResponderExcluir
  20. OI, Renato
    Sei que Miami nao é uma referencia para o padrão americano, porem eu percebi que nos últimos anos os restaurantes daqui melhoraram muito. Antes, eu nem gostava de sair para jantar, hoje ha milhares de opcoes de lugares muito bons! Eu achava a comida muitas vezes preparada de qualquer jeito ou no microondas, agora ate os restaurantes mais modestos estao se esforcando pois a concorrencia é grande!!Sei que muitas pessoas realmente so comem coisa semi prontas, mas tb acho que ha excecoes. Eu adoro o foodnetwork!!

    ResponderExcluir
  21. Le
    Os restaurantes de Orlando também são excelentes. Comida boa mesmo.
    Obrigado pela visita e comentário!
    Abs

    ResponderExcluir
  22. Rena, é "thanksgivING" e "pumpikiN".
    abraços de uma velha aluna chegada na língua inglesa (:

    ResponderExcluir
  23. Obrigadu!!! Vou corrigir Já!!
    kkkkkkkkk
    Podia ter deixado o nome né?
    Bjs!

    ResponderExcluir
  24. Oi Renato. As suas dicas foram excelentes. Da próxima vez que for para lá, consultarei novamente seu site e tomar nota de todas elas. Como havia dito em outro comentário, estive nos USA por 60 dias, quando fui no WallMart nao sabia o que comprar!!! Tantos produtos de um mesmo tipo, precisava que a minha filha me acompanhasse para traduzir o que estava escrito nas embalagens, heheheh.., e me explicava o que era e onde era usado o produto. Eles têm uma grande variedade o que torna difícil de escolher, para quem nao mora, nao conhece, como meu caso. Mas mesmo assim me virei bem! Quando a minha filha nao podia me acompanhar pedia ajuda das americanas e assim treinava o meu magro ingles. :) Dessa forma unia útil ao agradável, aprender a língua e conhecer a comida. Muito diferente da nossa. Nos últimos dias da minha estadia nos USA, fiz um jantar bem brasileiro: arroz, feijão, carne assada com molho, farofa, maças em compotas, sobremesa: pudim, e bebidas: água, chá de pessego gelado e refrigerante, para 2 famílias americanas que foi um sucesso! Cada um repetiu pelo menos 2 x. Fiquei muito feliz. Obrigada pelas dicas. Um abraço.

    ResponderExcluir
  25. Que máximo Roberta!
    Eu também faço almoços e jantares brasileiros e os americanos adoram a nossa comida!
    Parabéns!
    Abs!

    ResponderExcluir
  26. É verdade que eles nao colocam catchup na pizza?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. blargh! catchup na pizza! revoltado, vc deve ser do rio de janeiro. em sp não se coloca catchup na pizza. q nojo.

      Excluir
  27. Adoro ler seu blog, comecei agora e já tô triste pq lí tudo, nao tem mais nada pra ler .

    TIve alguns amigos mormons de Salt Lake city , e uma vz eles foram fazer um bolo aqui em casa , acontece q o bolo só colocava água e forno, já tava pronto, era um bolo q vinha uma caixinha , fiquei assustado com aquilo, só água misturar e colocar no forno, e eles tinham mania de fazer panquecas e nao podiam ver um MARACUJÁ q ficavam sorrindo.

    ResponderExcluir
  28. Ô Lucas, obrigado!
    Olha, eu tento colocar um post novo toda semana. Não quero escrever diariamente como fazem por aí em alguns blogs. Quero postar assuntos interessantes, gostosos de ler com curiosidades, etc. Por isso às vezes demoro um pouco porque fico sem assunto. Mas tem paciência que os novos posts chegam
    No Brasil também tem bolo assim. Bolo Sol, tira da caixa e mistura com água ehehe
    Abração!

    ResponderExcluir
  29. Devem sim colocar catchup na pizza. Parece estranho mas eles acham ainda mais estranho colocar maionese no cachorro quente. Quando eu coloquei a primeira vez eles fizeram uma cara de uuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuu que nojo hheheheh
    Cada um com sua cultura não é?
    Abs

    ResponderExcluir
  30. Esse ovo na caixinha a Ana Maria Braga uma vez mostrou no programa dela.

    ResponderExcluir
  31. OLÁ RENATO. MUITO LEGAL ESTE TEU BLOG. MOREI QUATRO ANOS EM MIAMI E DOIS ANOS EM ORLANDO E SEI BEM COMO SÃO ESTAS COMIDAS E GOSTO MUITO DE ALGUMAS. EM ORLANDO NÃO HA PROBLEMAS EM ENCONTRAR COMIDA BRASILEIRA, POIS EXISTEM SUPER MERCADO, PADARIA E RESTAURANTES BRASILEIROS. NÃO DÁ PRA SE QUEIXAR. MAS CONFESSO QUE FORA DE LÁ, PRINCIPALMENTE NA ESTRADA, SENTI MUITA FALTA DO NOSSO CAFÉ E UM PÃOZINHO COM MANTEIGA. APROVEITANDO, ESTOU TENTANDO LEMBRAR, MAS NÃO ESTOU CONSEGUINDO, EXISTEM UNS PÃEZINHOS PARA MICRO ONDAS, QUE VEM EM EMBALAGENS TIPO LATAS, MAS QUE NA VERDADE É UMA ESPECIE DE PAPELÃO E QUE SÃO PRÁTICO E GOSTOSOS. EU COMPRAVA NO WALMART. GOSTARIA DE SABER O NOME PARA VER SE JÁ EXISTE ALGO SEMELHANTE NO BRASIL.
    UM GRANDE ABRAÇO E PARABÉNS.

    ResponderExcluir
  32. EU DENOVO. SERÁ QUE PODERIAS POSTAR FOTOS SE ENCONTRARES? VALEU.

    ResponderExcluir
  33. Marcial
    Os produtos que você mencionou são da Pillsburg. Tem quase todo tipo de passa em embalagens de papelão. Eu adoro os cinnamon rolls da Pillsburg
    Aqui vai a foto ok?
    Abs
    http://acessa.me/fekq
    Por que vc digita em CAPS??
    :-)

    ResponderExcluir
  34. Ops!
    O nome correto é Pillsbury e não Pillsburg
    :)

    ResponderExcluir
  35. Morei 12 anos nos Eua, meu marido e filha saum americanos (e por sinal meu teclado tb lol) e faz um ano que estou no Brasil. MOOOORRRROOO de saudades dos Eua, principalmente de todos os restaurantes americanos (Ihop, Red Lobster, Apple Bee's, etc.), a diversidade da autentica comida estrangeira (Thai, chinesa, australiana, alema, mexicana, etc.)e tb da organizacaum e cultura em geral. Na minha opiniao, a gastronomia americana eh muito mais diversa que a brasileira. Qd volto pros Eua, soh sinto falta da verdadeira feijoada, os quitutes (coxinha, kibe, etc.) e eh claro, um churrasco (que posso encontrar onde for nos Eua)... jah quando venho para o Brasil... fantasio com as pies, waffles, pancakes, sweet corn, real lobster, egg nog, corn dog, chicken salad, um pure de batatas bem feito, comida de Thanksgiving etc. provindo dos Eua. O brasileiro usa knorr, alho e sal... jah o americano tem uma secaum no mercado soh de temperos diferentes que eu naum consigo achar aqui. Adorei seu blog, experimenta uma Hawaiian food, vc vai amar! Boa sorte pra vc!!

    ResponderExcluir
  36. Gostaria de adicionar que como vc comentou, poucos saum os que sabem realmente "cozinhar", na minha faculdade NINGUEM sabia fazer arroz sem a "maquina de arroz" e a primeira tentativa da minha colega de faculdade foi um fracasso total.
    Falta de tempo, preguica, facilidade de ter algo gostoso e barato sem esforco... Mas eles gostam bastante de inventar, meu marido mesmo vai sempre pra cozinha, sem dispensar o alho comercializado jah triturado e dentro de um recipiente (por exemplo).

    ResponderExcluir
  37. Olá!
    Obrigado! Deixe o nome da próxima vez. Olha, tem um post aqui de como configurar o teclado americano para acentuar em português. Digite na caixa de pesquisa "teclado americano" e siga os passos. Assim como você eu sinto saudades de algumas coisas. Mas descobri uma padaria brasileira que tem coxinha, pastel, etc
    Wohooo
    Abs!

    ResponderExcluir
  38. Izabella
    Outro dia fui em uma festa que tinha comidas deliciosas. Todas feitas por senhoras de idade americanas. Infelizmente acho que elas não ensinaram aos filhos porque a geração da minha idade é difícil mesmo encontrar alguém que cozinhe. Muito mesmo pelo motivo de ter muita coisa pronta e barata
    Abração!

    ResponderExcluir
  39. ooi gosteei muito dos seeu postt "
    Beijãum

    ResponderExcluir

Etiqueta cai bem em qualquer lugar, até na internet. Seja educado ao comentar e perguntar. Olá..., meu nome é..., por favor e obrigado são palavras que ainda estão em uso e mostram cordialidade. Afinal, o blog não é balcão de informações de shopping e embora eu esclareça as dúvidas de todos de bom grado, não ganho nada para isso.
Obrigado por comentar e abração!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...