terça-feira, 16 de agosto de 2011

Se Não Bastasse os Jacarés…

Durante toda a semana aqui em Orlando, assistimos pela TV o caso da garota que, após nadar em uma parte de água parada do rio St. Johns, contraiu uma infecção rara cusada por um ameba. O nome da ameba é Naegleria Fowleri e pelo que pesquisei, existe em quase todos os lagos da Flórida e em algumas outras partes dos EUA.
Courtney Nash faleceu sábado às 4 da tarde

Acredita-se que somente uma pessoa desde a década de 60 conseguiu sobreviver à infecção causada por este microorganismo. Os registros mostram que 16 pessoas morreram só em Orlando na última década por contraírem a ameba. Segundo os especialistas, quando as águas de lagos e partes paradas de rios chegam a 26,6 graus Célsius a ameba reproduz-se rapidamente. A infeção ocorre quando a ameba entra pelo nariz ou ouvidos e instala-se nas mucosas. Em poucos dias ataca o cérebro e dificilmente a pessoa sobrevive. Pegou já era...você vai desta para uma melhor...
St. Johns River onde a garota e mais 5 familiares nadaram
Na TV, os especialistas estão orientando as pessoas a ficarem longe da água em dias muito quentes. Aqueles que querem se arriscar devem usar protetores para os ouvidos e nariz. Também deve-se nadar longe das margens e evitar causar distúrbio no solo do lago onde a quantidade de amebas é maior. Mergulhar também é outro risco.
Se não bastassem os Jacarés e Aligators, agora tem também essa ameba. Falei com o Robert que o jeito mesmo é nadar na praia. A melhor praia perto de Orlando chama-se New Smyrna Beach. Eu até mesmo tinha combinado com a Louise e o Bobby de passarmos o dia em New Smyrna Beach. E não é que pela televisão, eu fico sabendo que New Smyrna Beach é a capital mundial de ataque de tubarões? Fiquei passado, engomado e no cabide. E vem o Robert e pergunta: “Vamos todos então à praia no domingo?” e eu respondi: “Are you drunk?” (Bebeu é?) Ele comentou que é só não entrar na água que não tem perigo. Não existem casos de ataques de tubarões na areia. Engraçadinho...Já imaginou você cozinhando na areia com um calor de 40 graus e entrar na água só para molhar os pés? Passeio cancelado. E fica aqui o aviso a todos os turistas brasileiros...
New Smyrna fica aproximadamente 1 hora de Orlando

Foto aérea da praia de NSB com tubarões. Eu hein...
Bom, só me resta mesmo a pequena piscina aqui no quintal de casa. Meus dois únicos contatos com a água serão mesmo a piscina aqui da casa e o chuveiro porque, nem na chuva pode-se sair também, sabia? A Flórida é a capital mundial de pessoas atingidas por relâmpagos...Desde 1959, a Flórida tem mais de 350 casos de mortes por relâmpagos e mais de 1000 casos de pessoas feridas. Jamais diga aqui “Quero que um raio caia na minha cabeça se...” Você pode se arrepender amargamente.
Animal perigosíssimo que é observado de vez em quando
na piscina aqui do quintal
Nunca diga na Flórida: "Quero que um raio caia
na minha cabeça se..."
Já falei com o Robert e a Louise. Eu já fiz tanta coisa na vida, já visitei tantos países, 3 faculdades, 2 especializações, pelo menos 4 profissões, vivi em uma das cidades mais perigosas do planeta e nunca nada de ruim me aconteceu. O que mais me resta fazer? Se eu morrer infectado por essa bactéria, virar lanche feliz de jacaré ou tubarão ou se um raio cair na minha cabeça, quero que deixem a seguinte frase escrita na lápide sobre meu túmulo:
"Era só o que me faltava..."
:@

42 comentários:

  1. Kkkkkkkkkk, pelo visto o negocio por aqui anda perigoso pq ontem fui toda feliz me jogar no mar e percebi que mesmo com todo o calor nao tinha ninguém dentro da água. Comecei a ser cautelosa e entrar de vagar, de repente vejo milhões de águas marinhas kkkkk, tomaram conta do pedaço. Só tinha lugar pra elas no mar de Sunny Isles.

    ResponderExcluir
  2. Esqueci dessa também Vivian. New Smyrna Beach está infestada de algas marinhas. Na TV apareceram algumas pessoas queimadas. Aff...

    ResponderExcluir
  3. Meu Deus, e eu achando que a Florida era o meu paraíso!! Nossa, essa do lago me deixou assustada!!!Essa foto dos tubarões, ui, que medo!
    Eu tinha uma amiga que morava em Port Orange e um dia fui com ela pra New Smyrna Beach. Vi muitos golfinhos no mar,coisa mais linda!!!
    Renato, tome cuidado, please!!! E obrigado por alertar!!!
    Simone

    ResponderExcluir
  4. Simone!
    kkkk Tomarei muito cuidado! Nada de nadar fora de casa kkkkk
    Bjs

    ResponderExcluir
  5. Michelle Depenbrock16 de agosto de 2011 09:48

    Renato, assim voce me mata de rir... kkkk

    ResponderExcluir
  6. Você rí né? kkkk EU aqui tentando escapar da morte heheheheh
    Bjs

    ResponderExcluir
  7. Renato, me acabei de rir! pode deixar que aonde e estiver mesmo nao te conhecendo eu vou garantir a sua lapido com o "Era so o que me faltava..."!
    Voce eh demais!
    Agor falando serio, essas tempestades de raios e trovoes aqui me preocupam, outro dia depois de um trovao a minha casa tremeu toda, perguntei para minha amiga se ela sentiu o mesmo na casa dela e ela disse que sim e minha enteada tbm disse o mesmo. Nunca tive medo de tempestade, pelo contrario adoro dormir com o barulho da chuva, mas, aqui nos EUA tudo vai de 8 a 80! humpf

    ResponderExcluir
  8. Renato, muitas pessoas são atingidas por raios e não morrem. Ficam só com umas sequelas, mas sobrevivem com todas as funções mentais. Os tubarões não atacam humanos, mas aqueles que nadam em pranchas com roupas pretas de surfista e ficam parecendo foquinhas. Eu não gosto de tomar banho em nenhum canal, lago... e praia prá mim só se for azulejada. Cachoeira sim é legal. O negócio é água em movimento !
    Prá vc relaxar e se deslumbrar veja esse video com uma "handler" incrível (aumente o som !)
    http://www.youtube.com/watch?v=WK2LpUoqX6A

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola! Como é?!
      " as pessoas são atingidas por raios e não morrem"??? Vc sabe a quantidade de carga eletrica em um raio querida? Nao serio?! " os tubaroes nao atacam humanos, só os surfistas que parecem focas"?! Olha eu axo que vc deveria nao geralizar as coisas que fala,ou então as pesquisas que vc lê existem só ai onde vc.mora!
      Abçs

      Excluir
  9. Pipa
    Também fico preocupado. O bom é que é só ligar a TV e ver a gravidade da coisa. No Brasil a gente não fica sabendo de nada. Pode cair "granito" e inundar que a TV não dá aviso nenhum. Uma coisa que me dá medo aqui são esses telhados fracos e casas de papelão!
    Nesse ponto a laje do Brasil é melhor. Mesmo se tiver que fazer um churrasquinho pra galera após "bater" a laje kkkk
    Bjs
    Anita
    Gostei da sua explicação mas não arrisco não. Deixe os tubarões pra lá, que comam os surfistas.
    Vou ver o vídeo
    Beijão!

    ResponderExcluir
  10. Acabei de ouvir na TV. Três pessoas são atingidas por um raio no parque Discovery Cove!
    Oh My God!

    ResponderExcluir
  11. Renato,tô gargalhando aqui, kkk, era só o que faltava mesmo. Que coisa incrível essa ameba, será que não conseguem exterminar esse bicho? que estranho, será que há aqui no Brasil e nem se sabe? agora até eu fiquei com medo, apesar que nem entro em lago, rio, lagoa, mar...que triste a menina tão linda morrer assim, muito estranho não conseguirem salvá-la!!! Esses lagos são naturais Renato? Com tanta tecnologia no mundo e uma amebazinha mortífera, euheim. Bem me lembrei da aula de Biologia esse bicho se multiplicando horrores, aff!!!

    ResponderExcluir
  12. Renato, isso eh verdade aqui eu fico espantada com a exatidao da previsao do tempo. Cansei de chegar em casa no Brasil encharcada pq na tv diziam que iamos ter dia ensolarado.
    Eu tambem tenho medo dessas casas americanas, fico pasma de ver essas casas de drywall e madeira. Somente uma casa em minha vizinhanca eh de alvenaria e isso porque ele mesmo construiu (ele e empreiteiro).

    ResponderExcluir
  13. Wilma
    Acho que nunca ouvi nada parecido no Brasil. Essa ameba é fatal. Ela causa uma infecção no cérebro quase incurável. Somente uma pessoa até hoje sobreviveu.
    Os lagos são naturais sim. Como minha professora disse outro dia "é sempre uma luta contra a natureza e a natureza sempre ganha" hehehe

    Pipa
    A casa aqui é de tijolos por fora e drywall por dentro. Pelo menos né?! Foi construída na década de 60 quando eles ainda faziam casas de alvenaria. Só as paredes internas são de drywall. Mas o telhado é de madeira. Pode sair voando a qualquer momento!
    Ui!

    ResponderExcluir
  14. Jeferson e Andreza16 de agosto de 2011 16:54

    Boa noite Renato. Acabo de chegar em casa e a Andreza me mostrou esse post. Apesar da matéria ser muito informativa e séria, não consegui parar de rir e deu pra relaxar bastante a tensão do dia a dia. Sou apaixonado por água, mas, entre relâmpago, ameba de lago e tubarão, prefiro o tubarão, pelo menos desse dá pra fugir. Estamos chegando, hehehehehehehe. Se possível, gostaria de saber o que você achou da matéria que eu coloquei ontem no blog. Abs.

    ResponderExcluir
  15. hahaha, a Flórida é felizarda hein! Eu não tinha ouvido falar dessa menina que morreu por causa da tal ameba Renato. Que coisa. Tão novinha. Ai que dó. Bom ter lido esse post... vou passar seu blog pra uma amiga brasileira que tá planejando em vir com o marido morar na Flórida. Pra ela ter uma noção de como as consas são por aí. Seu blog será ótimo pra ela.

    Abraço.

    ResponderExcluir
  16. Jeferson e Andreza
    Vou olhar sim o post no blog. Que bom que as besteiras da minha cabeça fazem as pessoas rir e aliviar a tensão do dia a dia. Contagem regressiva não é? Wohoooo
    Abraço

    Nani
    Ce vê!? Avisa a tua amiga assim ela já vem preparada. Mesmo assim é um lugar maravilhoso de se viver.
    Abs!

    ResponderExcluir
  17. Uma coisa que eu nunca entendi: por que as casas nos EUA são tão vagabundas? Para baratear a obra?

    Como a Florida é zicada, hein...

    ResponderExcluir
  18. Thais
    As casas nos EUA são, na sua maioria de madeira. Mas as casas da classe média. As casas maiores, como de artistas por exemplo, são de alvenaria. Eu acredito que seja pelo fato do custo e tempo de construção. No entanto são muito confortáveis. Com aquecimento e ar condicionado central, água aquecida em todas as torneiras e calefação que no Brasil é quase inexistente. Mesmo as casas de Orlando que são de madeira suportam furacões. Em 2006 eles tiveram 4 furacões de no mesmo ano e nenhuma casa foi destruída. Quanto a tornados, nem mesmo as casas de alvenaria do Brasil suportariam.
    abs

    ResponderExcluir
  19. oie Renato
    Vc já pensou em ser escritor. Vc é um crônista excelente.

    ResponderExcluir
  20. kkkk
    Reggie, obrigado. Eu nunca tinha escrito antes. Acho escrever uma tarefa difícil. Por incrível que pareça, as aulas de redação (em inglês) aqui dos EUA me ajudaram muito. Dá pra perceber a diferença lendo os primeiros posts.
    Quem sabe um dia?
    Abração!

    ResponderExcluir
  21. oie Renato
    Passei aqui para reler, sua crônica e ri muito quando vi o "Animal perigosíssimo", que nada agora na sua piscina. Ela tá fofa.

    ResponderExcluir
  22. É só ela ver as toalhas que sai correndo e pula na piscina. Nada por uns 30 minutos sem parar!!
    Abs!

    ResponderExcluir
  23. Renato, voc6e consegue colocar humor na tragédia, um barato! Olha, meu marido disse que essa ameba selvagem é fogo mesmo, mas que tem cura e a cura é bem simples, porém, ninguém pensa nessa doença e só depois que a pessoa morre (leva de 2 a 3 dias) é que vão descobrir. Ele disse que essas xexelentas entram pelo nariz e ouvidos, vão direto para o cerébro e por lá fazem o estrago. Meu marido disse que um primo dele morreu assim, lá no interior da Bahia. Quando eu contei do seu post para marido ele disse "quem é maluco de querer tomar banho com os jacarés/crocodilos, tubarões ou essas amebas? Toma banho de psicina ou banheira, pelo menos vão sair vivos". Então tá...

    ResponderExcluir
  24. Lorna
    Engraçado vc falar que tem cura. Aqui dizem que todo mundo morre mesmo. A moça foi para o hospital no segundo dia que se sentiu mal e lá ficou uma semana recebendo tratamento.
    Tem uns pequenos lagos que a prefeitura monitora os jacarés e remove qualquer um que aparecer. Eu nado em lago azulejado, tendeu??
    kkkk

    ResponderExcluir
  25. Renato,não querendo te desanimar, mas nem nas piscinas estamos mais seguros. Há muitos casos fatais devido à sucção dos ralos . Muitas criaças e adultos já perderam a vida nas piscinas e jacuzzis pelo mundo. E a Flórida tem um alto índice de acidentes. beijão procê
    Simone

    ResponderExcluir
  26. Nossa não sabia que tinha bactérias nas piscinas. Aqui colocamos os produtos químicos religiosamente
    Bjs

    ResponderExcluir
  27. Renato nao publica esse comentario!
    Me senti lisongeada por vc ter me citado em um comentario no blog da Lorna.
    Gosto muito da maneira clara e direta que voce escreve.
    Nao sei se eh o seu caso, mas sei que alguns blogs vem sendo atacados por covardes q se escondem atras do anonimato que a internet proporciona.
    Eu sou do tipo que se eu gosto do blog eu sigo, leio e comento. Se nao gosto, nem lembro que existe. Nao considero ninguem ruim, apenas nao eh o meu estilo.
    Sou leitora do seu blog pelo fato de voce escrever clara e diretamente, alem de ser divertido!
    Mais uma vez obrigada pelo seu elogio!
    Um beijo,
    Pipa

    ResponderExcluir
  28. Ah Pipa, deixa eu publicar aquele comentário!
    kkkk
    Obrigado! Uma das coisas boas do blog foi conhecer todas essas pessoas do "bem"
    Bjs

    ResponderExcluir
  29. Vc é uma figuraça, kkkkkkkkkkkkk, quando estou meio preocupado e triste, lembro logo, ops, o blog do Renato, morro de rir. abrs querido

    ResponderExcluir
  30. Olá!
    tenho uma curiosidade... Nos EUA tbm existe o "hábito" de alguns infratores de "pinxar" casas, comércios, obras públicas que foram recém pintadas?

    Aqui no Brasil isso irrita bastante =/

    ResponderExcluir
  31. Obrigado André! kkkkkkkkkkkkk
    André, você é o que vem pra Orlando em Outubro não é?
    Abs

    Anonimo
    Aqui só tem "pinxação" em bairros muito pobres mas dificilmente em prédios públicos. E se for pego CADEIA!
    Abs

    ResponderExcluir
  32. hahaha

    Que barra,bro.

    Nessas horas tenho orgulho de ser carioca.Natureza impar.Mas aquela coisa,sem defeitos so o ceu.
    Que loucura essa ameba,hein?
    Po,os EUA deveriam parar de investir nas guerras e dar um uma ajuda pra populaçao nessas horas.Tanto dinheiro mas a ameba ainda vence.Caraca.

    Voce ja foi pra California?Morei la um ano de intercambio.

    Abraço

    ResponderExcluir
  33. HAHAHAHAHAH!!

    Te achei pelo Brasil com Z, e ri muito com teus post!!!
    Muito bom!

    Bjos e bom final de semana!

    ResponderExcluir
  34. Renato estou lendo o seu blog há umas 3 horas e estou amando!!! Confesso q ler sobre os perigos destes foi um pouco chocante e decepcionante, qud assisto filmes ou séries sempre viajo na beleza deles ainda tenho na memória a cena do filme Dirty Dancing qud eles caem no lago uma cenea linda de se ver...( jacaré, crocodilo, ameba!!!! :o) Nunca mais verei esses lagos com os mesmos olhos. E eu achando q o frio fosse o motivo pros atores atualmente só aparecerem jogando pedrinha e nunca dentro do lago....Agora tá Explicado rsrssrsrs.... 4:00 da manhã vou dormir, amanhã voltarei atrás de mais´...rsrs to realizando aqui meu sonho de conhecer os States... Em breve estarei ai de verdade.... mas graças a vc ficarei bem longe dos lagos. Obrigada pela dica!!! E por favor cuidado heim!!!! rsrsrs :)

    Bjus!
    Mari.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Mari
      Tomamos cuidado sim!
      Bjsssss

      Excluir
    2. Renato,
      Vc já ouviu falar da bactéria comedora de carne humana encontrada em várias praias da Florida? Eu queria mudar para a Florida mas depois desses casos de morte devido à contaminação da tal bactéria mas como vou deixar meus filhos que são loucos por praia entrarem nas praias do estado? E quem garante que a ameba que come o cérebro não vai parar nas praias através dos vários rios que desaguam no mar? Como as pessoas estão se protegendo? Estou apavorada! Muito obrigada!

      Excluir
  35. Oi Renato!
    Estou planejando mudar para a Florida com meu marido e meus dois filhos. Todos somos loucos por praia e estávamos muito entusiasmados até ouvirmos falar da bactéria marinha que "come" carne humana. Ela penetra no corpo por algum ferimento da pele e destrói os tecidos levando a pessoa à morte. E toda criança tem algum machucadinho não é? Fiquei apavorada com o número de casos na Flórida e, além disso, fiquei pensando se essa ameba comedora de cérebro também poderia parar no mar e junto à bactéria comedora de carne humana acabarem com minhas chances de frequentar as praias do estado. Vc tem ouvido falar dessa bactéria? Acho que não vou conseguir deixar meus filhos entrarem no mar e talvez desista da Florida de vez...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Joana
      A Flórida é um lugar perigoso de se viver. A bactéria de cérebro tem só nos lagos. E eu vejo sempre gente de Jet Sky, como pode?
      Tem tubarões, jacarés, cobras, aranhas perigosíssimas e agora essa bactéria do mar.
      Outro dia vi na TV um velho que foi mordido por um siri e adquiriu a bactéria. Vc tinha que ver que horrível. O pior é que parece que é muito difícil de matar
      No entanto as praias estão LOTADAS todos os dias...vai entender?

      Excluir
  36. Caro Renato,
    Primeiramente, parabéns pelo seu blog e pelo bom público que o acompanha! Considerando a data do último post, espero que haja novas atualizações e que alguém possa me esclarecer uma dúvida simples:
    Viajarei com minha família para Orlando pela 1a. vez dentro de poucos dias. Gostaria de saber como é encarada a questão das gorjetas nos restaurantes e outros estabelecimentos. É algo opcional e espontâneo ou é quase uma obrigação? Ouvi várias versões diferentes. Como proceder???
    Obrigado!
    Um abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rafael
      Leia a página Comer bem e Barato em Orlando, no alto abaixo do título do blog
      Lá explica
      abs

      Excluir

Etiqueta cai bem em qualquer lugar, até na internet. Seja educado ao comentar e perguntar. Olá..., meu nome é..., por favor e obrigado são palavras que ainda estão em uso e mostram cordialidade. Afinal, o blog não é balcão de informações de shopping e embora eu esclareça as dúvidas de todos de bom grado, não ganho nada para isso.
Obrigado por comentar e abração!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...